Arquivo da categoria: Games que todo Nerd/Gamer precisa Jogar

5 Games de Corrida Clássicos que eu Curto e quero Indicar

E lá vamos nós falar de mais games aqui no Afonte Geek! Desta vez é uma lista de games de corrida escolhida a dedo para te fazer começar a gostar do gênero — ou então para você que ama esse tipo de game, ter boas lembranças. Bem-vindos aos 5 Games de Corrida Clássicos que eu Curto e quero Indicar.

5 Games de Corrida Clássicos que eu Curto e quero Indicar

Eu admito para vocês amiguinhos e amiguinhas que tenho um fraco. Eu amo games de corrida desde… bom pelo menos eu amava na infância. E saindo um pouco dela também, diria eu. Acabei pegando uns bons games de corrida que joguei muito e resolvi trazer alguns deles para vocês talvez relembrarem, talvez conhecerem.

Lembrando que essa lista é do meu gosto e se vocês pensarem que “faltou algum”, não posso fazer nada sobre isso. Que tal comentarem e dizerem qual curtem?

Enfim, Vamos ao post.

Top Gear

Um CLÁSSICO Br. Publicado pela KEMCO no distante ano de 1992 (começo de vida do Super Nintendo), também conhecido como Top Racer, foi um verdadeiro divisor de águas… Só para nós brasileiros. Lá fora essa primeira versão não fez tanto sucesso assim não. Sua gameplay e trilha sonoras sem igual é o que mais fazem desse game ser um clássico do gênero.

As música, as fases demoníacas dos placões, os Password — eu tinha todos eles escrito numa folha de papel branca, junto com as do Mega Man II de NES. Acho que muita gente vai dizer que é O Melhor game de corrida já feito. Sem dúvida um exagero. Mas a junção de velocidade, pistas, placas e uma trilha sonora embasbacante fica na memória para todo o sempre, amém. E se eu falar mais serão apenas adjetivos.

NOSTALGIA!

Fonte: Wikipedia [Link]

F-1 World Grand Prix I e II

Saindo um pouquinho dos jogos com gameplay menos “severa”, mas ainda assim muito difícil em algumas fases, que é o caso de Top Gear, para entrar direto no que eu gosto de chamar de “Simuladores de Corrida do Tempo da Vovó”. A primeira versão do game foi feita em 1998 e a segunda entre 98-99, o que sugere que mal terminaram o primeiro, foram para o segundo.

Ambos feitos pera Paradigm e VideoSystem e se tratando de games oficiais da Formula One Administration Limited. Não vou mentir, se tratam realmente de games com um nível um pouco acima. Você realmente tem que gostar do gênero e advirto, vai quebrar um pouco a cabeça nas primeiras vez que for guiar os lindos bólidos.

Com gráficos mais polidos e a dificuldade menos acentuada, o F1 II acredito que seja mais convidativo para iniciantes, mas ambos são games excepcionais. Eu lembro de não ter conseguido zerar o F-1 1 em outro modo que não fosse o “rookie”, enquanto no II fui um pouco mais longe. Mas de qualquer jeito, sempre se consegue destravar imagens maiores quando se completa a jornada.

Fontes: N64 Brasil [Link]/ N64Brasil [Link]

 F-Zero X

Fantástico. Só posso dizer isso. Este eu zerei em todos os modos e dificuldades possíveis. Basicamente voltamos aos games de corrida com “realidade aumentada” aonde a gameplay que tem um foco maior para a diversão do jogador. Isso não o torna mais fácil, porém.Feito pela própria BIG N no ano de 1998 F-Zero X, continuação do F-Zero de SNES é pura LOUCURA.

Loopings absurdos, velocidades estonteantes e uma quantidade absurda de outros carros para destravar durante as várias fases, F-Zero X é um deleite para os fãs de velocidade. Para ser sincero com vocês, eu nunca vi muita graça do F-Zero para Super Nintendo… mas este aqui… lembro de ficar com o coração na mão em DIVERSAS fases, tanto pelos loopings quanto pela velocidade.

Jogaço que vale muito à pena mesmo!

Fonte: N64 Brasil [Link]

Mario Kart

Aqui meio que é um combo né verdade? Sido lançado o seu primeiro no distante ano de 1992 sendo que seu último foi o aclamado Mario Kart 8. Eu pude jogar as versões de SNES e N64 e fico morrendo de vontade de experimentar o Double Dash para Game Cube.

Acho que alguns de vocês devem estar se perguntando agora, “Mas Mario Kart deveria fazer parte de uma lista de games de corrida?”. Se você for levar em conta a gameplay e que a ideia é ser o mais rápido — não importando como — então sim, ele tem de estar aqui. Aliás ele PRECISA aparecer. Se não estivesse seria um sacrilégio.

É engraçado como esse game desperta a IRA– e as disputas com amigos e namorados/as sempre rendem boas!Mario Kart sinceramente é um clássico.

Fonte: Wikipédia [Link]

Biker Mice from Mars

Muita gente deve estar se perguntando agora porque não pus games como Rock in Roll Racing (que tem uma trilha sonora maravilhosa) ou mesmo Lamborghini. Bom… primeiro porque sou um “old-gamer”. Para falar a verdade, um very old gamer. Então era de esperar nenhum Forza por aqui, certo?

Segundo que acho Rock in Roll Racing muito travado e aquele game da Lamborghini me é odioso… Sim, eu não gosto nadica de nada de GTA ou de ficar fugindo da policia. Daí já viram né? Muitos games clássicos de moto ou de carro mais “divertidos” como Cruise in USA ficaram MUITO de fora. Votei para fechar com Biker Mice from Mars que se tratava de um desenho dos anos 90 que ganhou um game, vejam só!

Com visão isométrica com uma jogabilidade sensacional. Leve, fácil de se entender, e com cada “motoqueiro” com suas próprias facilidades ou dificuldades. Sem contar que tem uma dificuldade crescente em nível acentuadíssimo — não vou mentir, se você jogar no modo Hard as últimas fases são osso duro.

Vale à pena dar aquela conhecida.

Extra: Top Gear Rally

Indo para o finalzinho e tenho certeza que muita gente aí deve estar com uma carinha, “O quê? Nem mesmo Top Gear 3000?”. Pois é… Mas citar como extra Top Gear Rally? Eu tenho um motivo forte. A verdade e que se trata de um game com gráficos muito, muito ruins, com repetições de pista a esmo; não conta com o aclamado “nitro” dos games do SNES e ainda só para piorar, vem com uma seleção pequena de carros. Só coisa boa, né verdade?

A questão é que se trata de um game épico e muito, muito pouco conhecido pelos gamers, por isso vale à pena citá-lo. Gameplay sensacional aonde você tem que escolher qual a sua melhor dirigibilidade — sem segredo. Não tem motores para trocar. Pneus para escolher ou maluquices de tintas legais.

Aqui o negócio é você, a pista os outros dezenove competidores. Para um cara como eu que não gosta de complicações a não ser “Apertar Star e Play” não podia ser melhor. Se você não conhece esse game de 1997 pare tudo e dê uma jogada. Vale à pena.

Fonte:N64 Brasil [Link]


Esses são os games do gênero que mais gosto e queria trazer para vocês conhecerem. Se vocês tiverem mais alguns aí, ou discordam/concordam de minhas opiniões não se façam de rogados e comentem. Abração!

ps: Juro que não sou um nintendista!

Top 5 Games Violentos e Macabros que você Precisa Conhecer!

Nosso bom amigo Aldair voltou mais uma vez trazendo daqueles seus posts fofinhos e… digo, digo, para quem sabe, ele adora esses posts com coisinhas gore, sanguinolentas and assustadoras! Bem vindos a Top 5 Games Violentos e Macabros que vão te matar de susto!

Top 5 Games Violentos e Macabros que você Precisa Conhecer!

download

Mais um Top 5 baseado em games só que desta vez irei abordar um lado macabro e bastante violento onde gore, sobrenatural, loucura, genialidade, ódio, repulsa, perversidade e pureza se me misturam em volto a escuridão, fantasia e realidade.

Lembrando mais uma vez que não estou fazendo propaganda de violência gratuita, banalização de quaisquer tipo de religião ou crença. E longe de mim fazer chacota ou piadas sobre quem acha este assunto banal. O que estou fazendo aqui é apenas trazendo conteúdo. Se não lhe interessa é sua opção deixar de ler este post.

Desde já o respeito aqui é mutuo. E sem mais delongas caso esteja com vontade de ler… seja bem vindo!

5° Among the Sleep

among-the-sleep-skidrow-dowload-torrent

Game fantástico e bem perturbador. Encarne um bebe e seu urso de pelúcia falante que se aventuram a noite em sua casa. Porém aviso logo, eles não estão sozinhos. Uma sombra macabra está a sua esperita.

Este game possui uma trilha sonora excelente. O ambiente é de pura imersão e quando tudo está em silêncio até sua respiração pode lhe assustar. A percepção fica aflorada e o que pode parecer um game simples pode lhe surpreender e muito. Altamente recomendado. Prepare-se para sustos simples e certeiros.

4° Hotline Miami

tumblr_mqd0tfjqnd1qjajxmo1_r1_1280

Um jogo que me poupa uma explicação de sinopse muito aprofundada (possui dois games sendo o segundo com linguagem PT-BR). Nele você simplesmente se concentra em suas missões que geralmente são de assassinar todos que estão pela frente.

O game possui um estilo de câmera antigo com uma jogabilidade muito boa que flui perfeitamente lhe proporcionando uma ação frenética e ininterrupta conjugada com uma trilha sonora excelente. Essa combinação nos dá um resultado violento em todos os sentidos. Diversão sangrenta que aonde você precisa ficar atento para continuar de pé.

3° Hatred

hatred-is-the-second-game-rated-adults-only-by-esrb-470383-2

Eu já fiz um review deste game (clique para ler). Em resumo se trata de um game ultra violento e que não possuiu um enredo muito longo. Um cara que sente ódio pela humanidade e decide sair matado tudo e a todos de forma extremamente violenta. Jogo de extremo impacto e de violência gratuita bizarra, coisas que o fazem estar nesta lista em terceiro lugar por causa desta sua “simplicidade”.

2° The Binding of Isaac

w145083252921337197

Este game ganhou minha total atenção por sua historia um tanto quanto macabra. Uma mãe religiosa recebe um chamado de “Deus” a pedido que tire tudo de mundano do seu filho (Isaac) que está corrompido. Depois de tais pedidos ele faz o derradeiro: para que ela prove sua devoção que é o sacrifício de seu pobre filho Isaac. Com medo do que possa ocorrer consigo mesmo Isaac se jogo no porão de sua casa em uma fuga desesperada.

Depois desta rápida Intro somos entregues a um game incrível com uma jogabilidade simples e de rápido imersão. Uma trilha sonora depressiva e envolvente, inimigos medonhos, cenários repletos de segredos e armadilhas junto de um loop infinito onde cada fase será diferente mesmo que repetida. Como se não bastante, o jogo diversas vezes lhe dá escolhas que vão de bondosas a perversas. Coisas como pacto com o diabo em troca de maior HP, por exemplo são o que lhe esperam.

1° Fran Bow

steamworkshop_webupload_previewfile_170953686_preview

Uma garota esperta tem seus pais mortos por algo maligno e acaba por perder seu gato. Trancada em um hospital psiquiátrico ela tenta fugir e continuar a procura de seu gato. Sua unica ajuda é um remédio que tem um efeito macabro a deixando em um possível limbo rodeada de sombras que sussurram línguas estranhas. Nessas tais sombras quem governa é Remor: um ser sinistro que persegue a protagonista sem revelar o verdadeiro motivo.

Um game macabro ao pé da letra onde você se pergunta o que é real e o que não é. A loucura é tão presente que diversas vezes você ficará em dúvida se o que esta jogando é algo que realmente está acontecendo ou se só se trata de devaneios da garota que não suportou a perda dos pais.

Um game cheio de perguntas que só serão respondidas ao decorrer da jogatina. Uma observação: a algo ainda mais macabro neste game que foi carro chefe para que ele alcançasse o primeiro lugar, que foi a sua trilha sonora que se faz presente no mundo das sombras. Ela é composta por uma musica depressiva misturada a sussurros estranhos de gelar a espinha. Não se deixe imerso neste game ou pode ter efeitos pavorosos.

E assim eu acabo que este Top 5 games macabros de gelar a espinha! Espero que tenham gostado e até a próxima!

Top 5 Trilhas Sonoras dos Games que são Inesquecíveis!

Olá meus bons amigos e amigas, bem-vindos ao Top 5 Trilhas Sonoras dos Games que são realmente Inesquecíveis. Foram escolhidas aquelas trilhas que não são apenas sensacionais e fazem o jogador/a se sentir imerso no game, mas também aquelas que marcaram gerações! Bom post!

Top 5 Trilhas Sonoras dos Games que são Inesquecíveis!

top-5-trilhas-sonoras-dos-games-que-sao-inesqueciveis-wall

Olá meus queridos e minhas queridas amigas! Voltei mais uma vez para continuar nosso especial de games que venho fazendo. Desta vez vamos falar de 5 trilhas sonoras dos games que não são apenas extremamente imersivas e sensacionais, mas que são também parte da cultura pop em geral, e que muitas pessoas — até aquelas que não são gamers — conhecem.

A ideia é fazer um apanhado e trazer aquelas que podem ser consideradas as melhores (dos games), ou que de tão sensacionais são sempre lembradas. Claro que alguma música ou trilha inteira de algum game vai ficar de fora… algo normal — se você quiser acrescentar alguma, basta comentar. Mas a ideia é estar acompanhado entre a qualidade da trilha sonora e do quanto essas mesmas músicas, marcaram e ainda marcam, várias gerações.

Então vamos lá! Senta que lá vêm boas músicas!

1º – The Legend of Zelda: Ocarina of Time (N64)

zelda-ocarina-of-time-logo

Quem conhece um pouco do Afonte Geek sabe, que quando eu ou algum editor, fazemos posts de Top Listas, quase nunca as enumeramos. Foi assim como nosso Top 15 Animes Ecchi, 5 Curiosidades da História ou 5 Invenções que Mudaram a Humanidade. Então é muito raro fazermos isso. Mas aqui neste caso… foi preciso abrir uma exceção, justamente por conta desta obra-prima chamada Legend of Zelda: Ocarina of Time.

Por muitos considerado o Melhor Game do Século (se não o melhor, sempre figura entre os 5 primeiros), e o primeiro game a tomar nota 10 em muitas revistas especializadas. Mas o problema de Ocarina of Time não é somente sua gameplay, gráficos, imersão, história e tudo mais. Ocarina of Time tem mais: a sua Trilha Sonora ESPETACULAR.

A trilha foi feita pelo mago… pelo gênio, Koji Kondo, que vai aparecer aqui nessa lista em mais um game. E é… um deleite. Todas as músicas, seus arranjos, tonalidades, melodias principalmente e tudo mais… eu mesmo toco no violão algumas dessas preciosidades. E preciso falar… um dos pontos marcantes de Ocarina of Time e que garante a total imersão do jogador no game… é essa magistral obra de arte.

A situação é engraçada porque Koji Kondo criou simplesmente tudo… desde a clássica música de abertura que vem desde o NES até a magistral Zelda’s Lullaby. E tudo isso sem espaço para CD… porque lembrem-se, Legend of Zelda: Ocarina of Time era em fita. Começamos do melhor, porque é preciso.

Fontes: IGN – Review nota 10 [Link]/ Wikipedia ING [Link] e [Link]/ Afonte Geek [Link] 5 Games que são Inesquecíveis / Outro link da OST no Youtube [Link]

2º – Sonic the Headghog I e II (Mega Drive)

sonic-i

E agora vamos para Sonic the Headghog! A situação aqui é engraçada, porque quem leu o meu Top 5 Games Clássicos que nunca joguei, sabe que nunca joguei Sonic na minha vida. Em compensação, eu acompanhava um amigo jogando, e agora vejo todas as gameplays que o amigo Velberan coloca em seu canal. Tudo isso para conhecer melhor o ouriço azul da Sega, mesmo que eu não tenho olhos de lince para acompanhar ele na tela.

Então vocês podem me perguntar… e como você conhece as músicas de verdade AdminTB? A questão é muito simples: apesar de nunca ter jogado Sonic, não posso deixar de admirar essa trilha sonora magnífica feita para os games 16-bit do ouriço. Tudo se torna meio irônico porque, apesar de não jogar, eu curto demais essa sonzera.

Assim como também falei no início do post, a ideia é unir o melhor das trilhas sonoras e o quanto elas marcaram a cultura pop. E é inegável o quanto as músicas do Sonic até hoje são lembradas e adoradas pelos fãs. Já vi versões heavy metal delas feita pela banda Mega Driver e praticamente as ouvi em todos os sites.

Mas é preciso deixar um adendo. Não estou falando dos games do Sonic com aquelas músicas meio rock pop que viraram a marca do ouriço pós-era 16-bit. Estou falando aqui APENAS das músicas compostas por Masato Nakamura da banda de J-pop “Dreams Come True“, aonde ele fez tão somente as trilhas sonoras dos dois primeiros clássicos do Sonic. Então não… todas as outras ~pós… bom talvez a trilha de Sonic CD e Sonic 3 (e Knuckles)…. mas sinceramente?

Vamos colocar aqui tão somente as trilhas de Sonic the Headghog I e II que são um deleite.

Fontes: Velberan – Trilhas Sonoras do Sonic [Link]/ Wikipedia [Link] e [Link]

3º – Mega Man II NES (NES)

mega-man-2-background

Essa situação aqui é meio engraçada. Lá atrás, quando eu era apenas um pequeno AdminTB e jogava no meu “famiclone” Dynavision III aqueles joguinhos com uns sons muito feinhos, a coisa que mais ouvia de minha mãe era “Hii AdminTB não sei como você aguenta essas músicas o dia inteiro!!”. O comentário se estende para minha irmã e meu velho… falar a verdade, as músicas 8-bits eram “feinhas” dado o pobre som do aparelhinho.

Mas de todas aquelas musiquinhas… duas se salvavam. Uma delas ainda vai aparecer aqui nessa lista. Enquanto a outra se trata justamente, da trilha sonora ÉPICA de Mega Man II. Quem me conhece e leu o meu Top 5 Games Inesquecíveis que você Também precisa Jogar, sabe que eu sou um fã dos games clássicos do Mega Man, assim como conheço pouquíssimo da fase X da franquia.

Mas principalmente Mega Man II e suas músicas SENSACIONAIS, apesar do pouco hardware de som do aparelho, até hoje são inesquecíveis. Assim como a introdução clássica de Sonic I ou a abertura de Zelda, é preciso falar aqui da música do Castelo do Dr Willy que possui versões diferentes feitas por várias pessoas, inclusive deixo uma aqui para vocês ouvirem.

Mega Man é Cultura Pop

Essa trilha sonora em especial foi feita por vários compositores diferentes, entre eles Takashi Tateishi, Manami Matsumae e Yoshihiro Sakaguchi. Palmas para todos eles porque além de músicas sensacionais, elas marcaram profundamente a Cultura Pop!

Fonte: Wikipedia [Link]

4º – Top Gear I (SNES)

top-gear-gameplay

Se eu falar isso será que alguém vai reclamar? A Trilha Sonora de Top Gear I é a melhor trilha sonora dos games de corrida ever. Alguém aqui discorda? Bom… talvez se você for gringo já que o game não fez muito sucesso por lá. E brazuca? Acho que não né? Até porque… se a trilha sonora de Top Gear não é a melhor dos games de corrida com certeza é uma das melhores.

E é ÓBVIO que essas obras de arte (que são apenas 5 músicas que ficam se repetindo em looping durante a jogatina) em formato musical tinha de aparecer neste Top 5 Trilhas Sonoras dos Games. Se não estivesse aqui — ou melhor, se ela não aparecer em listas de soundtrack de games em sites brazuca… desconfie, é uma lista mal feita. Falo sem medo de errar mesmo.

Feita pelo MÍTICO Barry Leitch, tem duas curiosidades interessantes: a primeira que a música Bliss da banda Muse foi inspirada na música título de Top Gear; e a segunda que o mesmo Barry trabalhou no game brasileiro para celulares Horizon Chase fazendo claro, a trilha sonora dele. E esse game brasileiro já ganhou prêmios disputando com empresas internacionais.

O carro azul!
O carro azul!

Mas voltando… Juntando a qualidade sonora do Snes (que é soberba) com uma trilha sonora dessa qualidade que é a de Top Gear… Se você nunca jogou esse clássico, faça o seguinte: dê play para ouvir essas músicas enquanto joga o seu game de corrida favorito. Ou ainda melhor: faça um favor a si mesmo e JOGUE TOP GEAR!

Fontes: JovemNerd – Noticias sobre o game brasileiro Horizon Chase [Link] e [Link]/ Wikipedia [Link]

5º – Super Mario Bros. (NES)

super-mario-bros-logo-nes

No decorrer do post eu falei de uma certa trilha sonora duas vezes, né verdade? Citei que o MESMO Koji Kondo que fez a trilha de Ocarina of Time apareceria novamente. Assim como falei de um outro game que meus pais e irmã não ficavam tão chateados de me “ouvir” jogar lá atrás, quando eu era apenas um “littleAdmintb”. Acho que vocês já podem adivinhar né?

Ás vezes eu fico assim pensando, como dois gênios se juntam duas vezes e nasce simplesmente, Mario e Zelda? Porque Shigeru Miyamoto não apenas esteve junto com Koji Kondo para fazer Super Mario Bros., mas também em vários outros games da franquia de Zelda. Ocarina of Time incluso, obviamente.

Mas aí alguém pode perguntar… AdminTB fale sério, a trilha do Mário clássico do nintedinho merece aparecer aqui? Olha… assim como todo ser humano do planeta Terra sabe o que é um “pikachu” e reconhece Mário ao ver o chapeuzinho vermelho, lembra dele também só de ouvir a música tema do encanador bigodudo. Estamos falando de uma das trilhas mais conhecidas e marcantes — e também bem feitas — do Mundos dos Games.

super-mario-bros-mario-vs

E exatamente por ter marcado tanto e ser reconhecida por qualquer pessoa em qualquer lugar do planeta, que essa trilha sonora “simples” tinha de aparecer aqui. Por fazer parte da Cultura Pop como um todo.

Fontes: Wikipedia ING: [Link] [Link] e [Link]

5-games-inesqueciveis-que-voce-precisa-jogar
Clique para ver o post

É isso pessoal, espero que tenham gostado da minha listinha. Como eu disse a ideia foi unir qualidade e presença na vida das pessoas de forma geral. Se você acha que poderia ter mais alguma, não se faça de rogado e nem seja tímida, deixa seu comentário aqui que só agrega ao post. Aproveite e veja nossa lista de 5 games inesquecíveis pessoal!

Como sempre aquele imenso obrigado, abraços!

5 Games Inesquecíveis que Você Também Precisa Jogar

Acabei de fazer um post aonde conto um pouco da minha história negra como gamer — daqueles games que ainda não joguei ou que sou completo noob, por um motivo ou outro. Mas agora vamos tratar daqueles 5 Games Inesquecíveis que você Precisa Jogar e é certeza, para todo mundo que jogou é inesquecível!

5 Games Inesquecíveis que Você Também Precisa Jogar

5-games-inesqueciveis-que-voce-precisa-jogar

Continuando nossa série de posts de games, este vos escreve vem direto do “Top 5 Games Clássicos que Todo Mundo Joga mas não Marcaram Minha Vida“, então meio que eu precisava fazer um post com o oposto — com games realmente muito bons e que certamente marcaram a vida de muita gente além de mim.

Até porque preciso afastar a ideia de “AdminTB seu Noobão“, já que aos meus 18-20 aninhos eu era um gamer assíduo. Então, além de conhecer muita coisa boa, ter zerado games bem difíceis acho uma boa ideia compartilhar um pouquinho de minha experiência com outros gamers que gostam de falar de suas aventuras gamísticas.

Enfim, vamos ao post!

Super Mario Bros./ Super Mario World

super-mario-bros-e-super-mario-world

Aqui eu resolvi colocar esses dois gigantes juntos, porque senão seria um Top 7 — um pouquinho mais embaixo na lista também têm outro lugar dividido por dois games. Mas então… como falei no post anterior, eu tive um velho Dynavision III que eu sinceramente adorava, apesar daquele controle monstruoso de manche. Foi a partir dele (e com aquele controle) que eu zerei Super Mario Bros.

Foi uma das minhas primeiras conquistas como gamer e recordo de ter chamado a família toda (que já estava de saco cheio de ouvir a musiquinha do jogo) para ver a minha vitória. Lembro como hoje daquele Bowser do capeta soltado martelinhos e eu vencendo-o e o jogando na lava. HA! CHUPA ESSA BOWSER — aqui no bairro chamavam ele de Koppa… e ainda chamam.

super-mario-bros-mario-vs

Depois eu tive em mãos o meu suado Super Nintendo, que por ter ficado com aquele amarelado característico eu o customizei, colando umas imagens do Hulk nele inteiro, num tempo que ninguém falava nisso. Eu achava que tinha ficado uma porcaria, mas todo mundo quando via Abria os olhos e “nossaaa”, hehehe. Enfim, voltando.

Primeiro game dele? Claro, Super Mario World. Eu zerei de todos os tipos e formas possíveis. Pelo caminho das estrelas, trocando a cabeça dos koopa troopas, tudo mesmo. Eu fiz miséria com esse game. Fechei todas as fases possíveis e impossíveis — era um verdadeiro mestre. Depois eu ainda consegui a fita de Super Mario World2: Yoshi’Island que eu também amava e zerei diversas vezes — O JOGO BÃO!

super-mario-world-koopa-mario-heads
Sim… eu fazia isso aê!

Mega Man Clássico (NES)

mega-man-2-background

Se você veio de lá do post dos 5 Games que não Marcaram minha Vida, sabe que eu zerei Mega Man I, II e III. Realmente não lembro se cheguei a fechar (zerar) o IV também… enfim. Primeira vez que tive contato com aquela fitinha maravilhosa de Mega Man II foi na casa de um primo que tinha a versão do NES americano. Aquela caixa cinza parecia uma coisa do outro mundo!

Ele mesmo me deu a fita dele para eu zerar no meu Dynavision — que eu rezei o caminho inteiro até em casa para funcionar… pois é, eu não sabia “nada de nada”, naquela época. Então ele “funfou”…. um sentimento de delicia sabe? Acho que as crianças de hoje não sentem mas esses prazeres kk. Enfim. Eu zerei ele com um brother que tinha um Megão — o que comentei no post.

mega-man-2-air-man-fase

Eu passava as Fases, ele vencia os Chefes. Depois com o tempo, ambos zeramos sozinhos cada um no seu Dynavision — ele também comprou um depois de um tempo. Agora o mais incrível… é que zeramos ele TAMBÉM com o controle de Manche — LITERALMENTE ÉPICO — do Dynavision. Cara quando vejo imagens daquele controle e lembro que eu manjava demais com ele, me pergunto como eu era tão fodão naquela época e hoje sou tão noob kk.

E o game? Jogaço, extremamente difícil e muito recompensador. Depois de velho, como já falei lá em cima, me dei o trabalho de Zerar Mega Man III, o I e talvez o IV. Puuutz. Que jogos, que trilha sonora. Joguem logo também!

Top Gear

top-gear-capa-snes

Outra fita que eu sentia aquele prazer que subia pelo corpo, sempre que eu colocava ela no meu SNES. Aquela música, aqueles gráficos, aquelas fases do demônio dos placões, os Password — eu tinha todos eles escrito numa folha de papel branca, junto com as do Mega Man II de NES. Caramba… que JOGÃO.

Acho que muita gente vai dizer que é O Melhor game de corrida já feito. Eu acho um certo exagero porque sou fã do gênero e adorei ter zerado Formula-1 I e Formula-1 II para o Nintendo 64, mas ainda hoje, aquela junção de velocidade, pistas, placas e uma trilha sonora embasbacante ficam na memória para todo o sempre, amém.

top-gear-gameplay

E se eu falar mais serão apenas adjetivos. Se você ainda não conhece essa obra-prima, Meu Amigooo ou Minha Amigaa… Vai conhecer porque é uma das coisas mais perfeitas já feitas. E sim… zerei ele sem cheats ou ajudas e dava aula de pilotagem nos amigos quando vinham aqui em casa. Eita tempos bons — aproveite e veja um pouco da trilha sonora desse clássico seguindo o link!

O carro azul!
O carro azul é o melhor!

Wesnoth/ Civ . evolution

wesnoth-e-civ-evolution

Agora eu escolhi dois games de PC. Eu tenho uma história um pouco curta com games de computador, mas os joguei. Zerei MK2, o Action RPG Silver e mais alguns games de FPS zerando sempre quando apareciam. Mas desses de PC os que sinceramente me fizeram… como dizer… perder dias da minha vida e virar um semi-zumbi, foram Wesnoth e Civ. evolution, que é um game free baseado em Civilization II.

Wesnoth é um game Opensource que se trata de um RPG de estratégia em turnos, primeira feito para Linux (se não me engano) e depois para todas as plataformas. Ele ainda mantém seu site online e agora conta com várias outras campanhas — na época que eu jogava, ainda tinha uma versão online, muito travada, mas muito, muito boa.

Delfador seu MITO!
Delfador seu MAGO MITO!

As campanhas variam, desde você ser um jovem príncipe cuja rainha que matou seu pai, também quer te matar, e você conta com elfos e um mago poderoso para te ajudar, até ser um Mago Negro em busca de se tornar um Lich e dominar todo o Reino de Wesnoth. Lembro ter perdido dias inteiros jogando essa delícia. Se você tiver tempo sobrando… dê uma olhadinha.

Civ. evolution (baseado em Civilization II), eu realmente fiquei surpreso ao descobrir que o game é bem famoso no meio. Também um game de estratégia em turnos, e você é basicamente um administrador de um país, que começa no tempo da pedra — e vai evoluindo até os tempos de hoje. Enfrenta todos os outros países numa busca desenfreada para DOMINAR O MUNDO.

TENTAR DOMINAR O MUNDO!
TENTAR DOMINAR O MUNDO!

Na infância eu adorava desenhos como “Pink e Cérebro” e um game que versa sobre dominação mundial em português era um sonho virando realidade. Eu lembro que consegui chegar a zerar algumas vezes — uma delas quase realmente dominei o mundo inteiro. Se você se animou ao menos em o conhecer, vou dar uma dica: a vitória está sempre “Ao Infinito e Além!”

Lembro da dificuldade que tive para “largar” os dois… foram semanas inteiras, meses até. Ainda bem que sai disso.

Legend of Zelda: Ocarina of Time

zelda-ocarina-of-time-logo

Agora… essa coisa linda. Zerei ele ao meus 11-12 anos, talvez mais. O que falar desse clássico em? Considerado por muitos como o melhor game já feito e um dos primeiros a levar notas 10 em revistas conceituadas… é um ápice. Não dá para descrever como ele marcou minha vida. Sem dúvida o game mais imersivo que já joguei — muito graças a sua trilha sonora sem igual, devo dizer.

Lembro até hoje da primeira vez que encontramos Ganon, ainda criança, e Link empunha a espada para o enfrentar. Ou então quando encarei o Dark Link a primeira vez, a Ocarina jogada por Zelda enquanto escapava da fúria de Ganon, ou o destino de todo o reino de Hyrule jogados no colo de uma criança — que se torna adulto para empunhar a Master Sword (Espada Mestra).

Cena que até hoje Arrepia

Outro dia conversando com amigos gamers/nerds, perguntei a eles se eles ainda tinham vontade de ver/jogar Épicos. Alguns responderam que animes ainda os fazem sentir “aquela coisa”, e vamos combinar que para um nerd, séries como Star Wars são inesquecíveis. Mas como um “ex-gamer“, uma das poucas coisas que me fariam querer ver um épico, sendo game, anime ou filme, ainda é Legend of Zelda.

Realmente parece um monte de bobagem faladas por um fã… Mas se você nunca jogou Ocarina of Time, eu posso dizer que está perdendo uma das maiores oportunidades da vida de sentir uma verdadeira imersão num Épico. Legend of Zelda: Ocarina of Time é um game clássico e necessário para todo gamer.

Fontes: IGN [Link] / Afontegeek – O que é um Épico (Explicando a Jornada do Herói) [Link]

A primeira vez no Hyrule Field... Inesquecível
A primeira vez no Hyrule Field… Inesquecível

É isso pessoal, espero que tenham gostado dessa minha pequena e humilde lista dos 5 Games Inesquecíveis que todo mundo Jogou e que marcaram muito minha vida. Eu sei que aí do outro lado da telinha (ou do monitor) vocês também têm sua lista de games que mais adoram e que mais marcaram suas vidas. Oras… comente para nós e nos diga quais mais marcaram e até se alguns destes games também fizeram parte de sua vida!

Aquele abraço a todos!

5 Games Clássicos que Todo Mundo Joga mas que Não Marcaram minha Vida

Que tal postagens sobre games em? Sim… o Afonte Geek é um site que envolve toda a cultura pop e games fazem parte dela. Então cá estamos para aqueles 5 games clássicos que todos já jogaram e marcaram a vida de todo gamer… menos a minha. Por quê? Vamos descobrir!

5 Games Clássicos que Todo Mundo Joga mas que Não Marcaram minha Vida

5-games-classicos-que-nao-marcaram-minha-vida-wall

Pois é pessoal, finalmente vamos falar um pouquinho de games aqui no site. Na verdade, este que vos escreve conta pouco de suas jogatinas porque há muitos anos deixei de jogar. Sério… última coisa que peguei para gamear foi Legend of Zelda: A Link to the Past e Breath of Fire II. Muito do motivo de ter parado de gamear é pela falta crônica de dilmas/temers e também, tempo.

Mas… eu já joguei muito — e como! — na infância e adolescência, então conheço muita obra prima e resolvi trazer um pouquinho dos meus conhecimentos sobre elas. Inclusive já fui editor de um site de games para N64, vejam só! Tanto que temos até uma “contra-lista” com 5 Games Clássicos que Marcaram minha Vida.

Voltando… Apesar de meu histórico gamístico, tiveram aquelas obras clássicas que ou nunca joguei, ou não me dava bem jogando. É sobre esses games que marcam vidas, mas que não marcaram a minha por um motivo ou outro, que vou falar agora!

Vamos ao post!

Sonic

sonic-i

Ahh… pois é, nunca joguei Sonic. Mas como assim nunca joguei? O primeiro motivo é que eu participava ativamente da “guerra dos consoles” dos anos 90 e claramente, eu era um Nintendista. Então eu tinha um Super Nintendo, claro, e nem queria saber de Mega Drive — vacilo eu sei!

Coisa curiosa que um dos ex-editores do site é fã do Sonic (clique no link para ver um post que ele fala das suas experiências com os games do ouriço) e hoje em dia eu adoro ver os gameplays do Velberan, com ele desvendando as fases do Sonic. Também adoro essa trilha sonora clássica dele, tanto que esses primeiros jogos do Sonic aparecem na nossa lista de Melhores Trilhas Sonoras dos Games. E na infância eu até que curtia ver um brother jogando o ouriço mas…

sonic-2-looping
Loopings e mais looooopings!

Minha grande dificuldade com ele até hoje é a VELOCIDADE. Nunca consegui acompanhar ele pulando e saltando naquelas velocidades absurdas e me perdia na tela quando o amigo/irmão camarada alugava aquelas fitinhas. Quem sabe um dia eu “recupero” o tempo perdido e não experimento algo do ouriço azul né? Se eu conseguir acompanhar ele “voando” é claro.

Resident Evil

resident-evil-1

Como é que eu nunca joguei Residen Evil? Calma, não riam da minha cara ainda, existem bons motivos. O primeiro deles é que na época que o Playstation One estava bombando eu não tinha grana — e depois do meu suado Super Nintendo ter esgotado a sua vida ao meu lado, eu meio que não queria mais ser um true gamer.

Outro motivo é que eu sempre… como direi… tentei escapar de games com monstros, zumbis e essas coisas. Então dá para imaginar que clássicos como Doom e Quake vão passar batidos por aqui. Sei lá… Acho uma coisa mais humana sentar o sarrafo em gente do que em monstros.

re3nemesis
Dá até vontade de jogar viu

Mas e hoje em dia, por que não jogar né? Apesar de ver e curtir muitos clássicos do terror como O Exorcista e Tubarão eu nunca tive aquela vontade de jogar um survivor horror. Quem sabe um dia, né? Pelo menos o primeirão para ver se curto — ou ao menos aquele que tem o Nemesis que todo mundo comenta.

The King of Fighters

the-king-of-fighters-97

Esse é daqueles que eu simplesmente não joguei, por ser um perfeito e completo NOOB. É engraçado porque aqui no bairro os arcades com “The King” (como os camaradinhas chamavam), bombavam demais e eu sempre ficava olhando aqueles montes de marmanjos jogando e ficava doido para participar também.

Até que um dia tomei coragem, enfrentei os petelecos e empurrões do pessoal para “pegar uma mão” e…. TERRÍVEL. É irônico porque eu já zerei Street Fighter Alpha 2 de Arcade mesmo — vejam só — mas conseguir fazer “3 Holis”, “2 tchacas” e “4 meia-luas completas” numa única partida é algo que até hoje eu tento entender como a garotada consegue.

the-king-of-fighters-97-screenshot

Então jogar games como Tekken (que exige combinações de botões) ou até Street Fighter aonde os especiais não vão tão longe como em KOF eu consigo numa boa. Mas KOF…. Cara, como vocês conseguem? Ahh sim… vocês sabiam que a SNK agora é chinesa?

Mortal Kombat

mortal-kombat-ii

Ahh… aquela doce lembrança das “casas de game” aqui do bairro me vêm a mente quando penso em Mortal Kombat. Já joguei diversas versões clássicas dele: MK1, MK2 e MK3. Eu sou muito bom em jogos de luta que exigem combinações rápidas de botões (leia-se COMBOS) mas em MK… o motivo de nunca ter tido vontade de “zerar” qualquer MK clássico é o mesmo de não ter vontade de jogar Resident Evil.

Pois é… nunca gostei de imaginar enfrentando coisas como Goro ou Montaro. São monstros velho, é impossível que um carinha que solte rajadas de gelo vença um diabo com corpo de cavalo e tronco de demônio. Eu sempre via o manolo no seu Mega Drivezão enfrentando o Montaro e imaginava, “Eu não quero jogar essa zuera”.

mortal-kombat-montaro-vs-sub-zero
VIXEE

Podem me julgar por nunca nem ter feito um Fatality. Na verdade até já fiz alguns quando enfrentava os manos em algumas partidas naquelas “casas de game”. Mas sincero? Não tenho a menor vontade de pegar um MK ainda hoje. Resident Evil talvez, só para zerar mesmo — dizem que ele é HARD.

Só que para quem já zerou Mega Man I, II, III e IV e Ninja Gaiden não tem game difícil. Aproveitando o ensejo… Que tal lembrar daquela Trilha Sonora épica do filme em? E ver cosplays da Sonya Blade, Kitana, Jade e Mileena? He, he, he.

Mega Man X

mega-man-x-gameplay

Eu acabei de dizer que zerei uma penca de games do Mega Man né verdade? Eu tinha um clone do NES (saudoso Dynavision III que só depois de velho eu descobri para quê serviam aquelas duas entradas de cartucho… VACILOO!), então conheci facilmente uma das versões do Mega Man e zerei ela com um velho brother.

Depois de adulto fiz o trabalho sozinho, zerei todos os outros — sem cheats e qualquer coisa do tipo. Mas o Mega Man X… quando eu tive meu Super Nintendo nunca tive um cartucho em mãos, apesar de conhecer ele daquelas casas de jogatina. Quando fui pegar nele, agora também adulto, essa coisa de coletar ítens nas fases, e o que mais me deixa maluco… ter de voltar em fases que já se venceu o Boss para pegar um ítem… mano… Isso não é de Deus.

mega-man-x-snes-sigma-4th-level
MALDITO SIGMA!

Por conta desses vários ítens espalhados em determinas fases — QUE EU NÃO TENHO E NEM NUNCA TIVE PACIÊNCIA em buscar — realmente nem quero pensar em jogar (ao menos não agora). Vale o mesmo para franquias como Metroid (clique e veja os cosplays da Samus) e o clássico Castlevania: Symphony of The Night. Eu sei… sacrilégio…

Mas gosto mesmo de correr e pular. Essa de ficar procurando coisas dá mais não. Sigma por exemplo, me venceu porque eu não coletei “life” o suficiente… esse tipo de coisas jamais aconteceria no Mega Man clássico.

Extra: Tomb Raider

tomb-raider-playstation-gameplay-screenshot-1

Como eu acabei de falar, meio que depois da geração SNES e Mega Drive minha vibe para games acabou, então já dá para imaginar o motivo de eu nunca ter jogado Tomb Raider. Sim… eu não cheguei a ter um PSone, então né? Meio que se trata de outra franquia que realmente eu fiquei devendo.

Antes de tudo calma. Como eu falei que não tenho saco de coletar ítens não é para se imaginar que nunca joguei um bom RPG — pelo contrário, eu geralmente coleto tudo em todos os lugares de um RPG. Minha vibe “ruim” são em games do tipo “pule para salvar a princesa” e ainda ter de coletar coisas que necessariamente não são para completar uma fase… AFF. Enfim, voltando.

tomb-raider-lara-croft
TETEIA!!

Sempre achei a Lara Croft uma linda (tanto que assim como a Samus de Metroid eu fiz especial de cosplay das duas para o site) e na verdade se trata de outro game que eu não teria motivos em “não jogar”. Quem sabe um dia né verdade? Aí aproveito e pego também Final Fantasy VII, Resident Evil e Crash Bandicoot para fechar os games do PSone.

Fonte: Obsolute Gamer [Link] – algumas imagens da Lara

gta-vice-city-gameplay

Pois é… nem FF VII eu joguei. E GTA? JAMAIS. Eu sou do tempo que tinha de haver sacrifício para salvar o mundo, e não para ser um “ladrão gigolô”. Podem me julgar! E ahh sim… se vocês também tiverem aqueles games que todo mundo já jogou menos vocês, claro, não deixem de comentar!

Aquele abraço!

Top 5 Games Hentai Rape Japoneses Muito Polêmicos (+18)

E nosso bom amigo Aldair volta do “além” trazendo um Top 5 Games Hentai de Rape com conteúdo extremamente polêmico! Acho que esse tipo de post vai para aqueles/as interessados até naqueles hentais (mangás) que tem essa temática — lembrando sempre que se tratam de games e não de apologia a nada pelo amor de Deus! Olha lá seu nível de politicamente correto viu? Enfim, vamos ao post!

Top 5 Games Hentai Rape Japoneses Muito Polêmicos (+18)

33bb1450e77634b6

 

O Conteúdo deste post é +18 e vai ser tenso porque os games que são comentados tem uma temática forte e são muito mais do que apelativos. O  estupro nesses games é levado ao pé da letra de uma forma clara, nua e crua (sic) — ou seja, trataremos de games extremamente polêmicos, até mesmo para o mercado asiático.

Tenho obrigação de deixar o aviso que os motivos do post são para mostrar que tais games existem. Não estou fazendo apologia à violência sexual de forma alguma! Aqui só esta sendo posto conteúdo e em nenhum momento é feita indicação, insinuação ou citação de aprovação de qualquer coisa.

Lembrando que Estupro e Pedofilia são crimes e abominações que não deveriam existir. A ideia do post é abordar esses games polêmicos e trazê-los aqui a motivo de curiosidade e conhecimento do publico. Afinal, sabe-se que games não incitam a nada: as pessoas que fazem atos cruéis são cruéis, com ou sem games. Tenho certeza que como adulto/a você sabe disso.

Enfim, sem mais delongas vamos ao Top 5 games de “Rape” mais “politicamente incorretos” das terras nipônicas!

5° Polygon Love 2

top_pl2oka

Este game em si não é rape. Nele você cria uma personagem a coloca no cenário desejado e a partir daí tu faz cenas de sexo. Porém ele esta aqui por causa de sua versão especial.

Sua Versão especial é LOLICON e a forma como se acarreta as cenas é como se fossem forçado, por submissão. E se parar pra analisar é mais do que estranho no modo normal… imagine na versão lolicon. *Cena +18

4° Rapelay

download

Este game é muito conhecido (existe vários reviews, videos e etc  sobre ele pelo mundo da internet). Para quem está lendo e não o conhece ele.

Rapelay é um game onde você irá abusar de três personagens em locais distintos e ao decorrer do game poderá acarretar em total controle do antagonista (jogador) para com suas vítimas. Ele até poderia estar em primeiro colocado, porém o game já nos coloca na situação e os demais meu caro, serão ainda piores. *Cena +18

3° Real Play

caknaahwoaayucq

Real Play é no mesmo estilo que Rapelay. O que o diferencia é a agressividade e impacto das cenas, demonstrando o ato de rape (estupro) bem mais realista. Desde seu começo, o gráfico dele também é mais estilizado. Fora o antagonista que fica com uma expressão de estuprador compulsivo. O game pelo que notei é o mais recente mostrando que o mercado de “Hentais Rape” pode ou não estar em alta (‘-‘). *Cena +18

2° Biko (Saga)

biko-3-thumb01

Biko é um game bem antigo e já possui uma digamos, trilogia (tava com preguiça de editar a capa de cada um por isso tá aí a do terceiro).

Este game já é um tanto mais pesado pelo simples fato de que nele você precisa perseguir suas vítimas até um local ao qual você possa dominá-la e abusá-la sem ser visto (é meu caro, este game quer que tu encarne o papel literalmente). Em uma análise rápida o game chega a assustar por causa disso e também pelo seu leve teor de violência. *Cena +18

1° Capture Girls

untitled31

O Number One é um game para lá de polêmico. Ele lhe coloca a comando de um personagem que aparenta ser na casa dos 30 anos que decide sair de casa (não estou traduzindo não, só estou colocando o que eu achei a partir do visual mesmo)  e começar a capturar garotas.A partir disso o game nos da um cenário 3D onde tu corre atrás das garotas em uma FUCK vila no meio do nada com casas demolidas no meio de uma floresta. Quando você alcança as garotas elas caem e daí tu “ataca”.

Uma observação para o que acontece no menu do game a partir que tu captura alguma garota: Você desbloqueia a aba “EXTRA” que é um cativeiro com as garotas que você capturou em fila da primeira para ultima. Sendo assim você faz o que quiser com elas: primeiro lugar mais do que “merecido”.

É… para quem pensa que só existe hentai visual novel ou aquelas edições em flash de vídeo ou edições de beat-up ou plataforma, saibam que nem precisa ir pra Deep Web pra encontrar algo chocante. *Cena +18

Espero que tenham gostado e até a próxima.

Top 5 Curiosidades das Gatas dos Games que você Precisa Saber!

Cá estamos nós para + um post de Curiosidades Geek! Desta vez vamos falar do Top 5 Curiosidades das Gatas dos Games que você Precisa Saber! Espero que curtam cada uma dessas curiosidades — desta vez com duas extras! Boa leitura!

Top 5 Curiosidades das Gatas dos Games que você Precisa Saber!

Top 5 Curiosidades das Gatas dos Games

Especial Curiosidades Geek

Games > HQs > Animes > Gatas dos Games > História > Segunda Guerra Mundial > Aviões > Tecnologia Militar> Desenhos Animados > Invenções e Tecnologias que Mudaram o Mundo > Tecnologias Espaciais do Futuro

Esse é um post interessante. Na verdade fiz ele porque enquanto faço os especiais de Cosplay do site (que está nas fontes citadas),  sempre acabo pesquisando sobre as personagens, seus criadores, como elas nasceram e etc.

Então meio que essa é uma reunião de todas as Curiosidades das Gatas dos Games que considerei mais interessantes enquanto fazia as pesquisas. Espero que curtam — e lembrando sempre que para ver + sobre cada uma delas, basta seguir as fontes… nesse caso, os Especiais de Cosplay de cada uma Delas — clicando direito nos links.

Boa Leitura!

Lara Croft – A Mais Conhecida Heroína dos games Segundo o Guinness Book

lara croft

Essa curiosidade eu acho bem legalzuda: Lara Croft é a mais famosa personagem feminina dos games, listada no “The Guinness Books of World Records” — sendo assim considera pelos críticos e pelos fãs como um dos personagens + influentes da cultura nerd/pop.

Outras curiosidades legais sobre Lara é que o criador de Tomb Raider, Toby Gard (também é o character designer), queria fazer algo parecido com Indiana Jones. Como não deu lá muito certo, ele partiu para ideia de fazer uma heroína que primeiro se chamara Laura Cruz (e seria daqui da América do Sul).

bianca beauchamp cosplay lara croft
bianca beauchamp cosplay lara croft

Lara Croft – Cosplay Gata da Semana Especial

Até que evolui para que Lara fosse uma inglesa — e reza a lenda que seu nome foi escolhido numa lista telefônica. O nome completo dela é “Lara Croft Mandy DeMonay”. Também “reza a lenda” que o Toby Gard não queria que Lara tivesse os seios tão volumosos… Diz ele que “Eu só queria que quando eles a tiraram das minhas mãos eles não tivessem deixado os seios dela tão grandes.” — SEI.

Fonte: Lara Croft – Cosplay Gata da Semana Especial [Link] – Afontegeek

Samus-Aran (Metroid) é a Primeira Heroína Popular dos Games e seu Nome foi inspirado no do Rei Pelé!

samus aran curiosidades wall

Pois muito bem, Metroid foi um game lançado para NES feito pelo genial Gunpei Yokoi (criador do Gameboy!), e pelo que pude pesquisar, também foi o primeiro game que sua protagonista e Heroína (Samus Aran), se tornou Popular sem  utilizar apelo sexual — sendo que só se descobria que Samus era mulher, quando se zerava o game (que é o primeiro da franquia). Então… Metroid foi lançado em 1986 antes mesmo do game RPG Phantasy Star que é protagonizado pela Alisa!

Fica também a curiosidade que o nome Samus Aran foi inspirado no do Rei Pelé. No Japão o nome de Pelé “Edson Arantes do Nascimento” se pronuncia “Samus Arantes”, que foi o que inspirou o nome Samus aran. Não acredita? Ora essas… sigam o link da NintendoBlast aqui nas fontes!

Samus (Metroid) Cosplay – Gata da Semana Especial

Cosplayer PixelNinja Samus Zero Suit (Metroid)
Cosplayer PixelNinja Samus Zero Suit (Metroid)

Fontes: Samus (Metroid) Cosplay – Gata da Semana Especial [Link] Afontegeek / NintendoBlast [Link] / GuiantBomb: [Link] Female Protagonists (ING)

Chun-li é Primeira Personagem Feminina dos Games de Luta!

Chun li Street-Fighter

Pois muito bem senhoras e senhores, como vimos a Samus Aran é a primeira personagem feminina a se tornar uma HEROÍNA realmente popular nos mundo dos games.

Mas a nossa querida Chun-li (criada pela Capcom) do game Street Fighter é considerada como A Primeira Personagem Feminina nos Games de Luta (né incrível?!). Ela apareceu pela primeira vez no clássico Street Fighter II, no longínquo ano de 1991, e apesar de não ser uma das mais fortes, muito provavelmente era a mais rápida de todo o game!

Chun-Li Cosplay – Gata da Semana Especial

Elin-Kuzunoha (Japonesa)
Elin-Kuzunoha (Japonesa)

Outra curiosidade interessante sobre a Chun-Li, é que simplesmente Não se Sabe Quantos Anos ela tem! Óia que loucura? kk

Fonte: Chun-Li Cosplay – Gata da Semana Especial [Link] – Afontegeek

Morrigan – Ela era pra ter sido “Kawaai”, mas terminou se tornando… Gostosa uma “deusa”!

Morrigan-onimushasoul-capcomhero

Essa é boa (sem trocadilho). A Morrigan Aensland, personagem do game Darkstalkers, de autoria da Capcom, fez a primeira aparição no game Vampire / Darkstalkers: The Night Warriors em 1994. Os seus desenhistas “safados” foram os character designers: Akira Yasuda (Darkstalkers) e Aya Takemura (Namco X Capcom) — que são provavelmente japoneses. Ô terrinha para fazer personagens gostosas!

Pois então, durante o desenvolvimento (o desenho dela) havia se pensando em duas personagens: uma mulher gato +sensual e uma vampira + kawaai desu. O Problema é que os safados quando terminaram a Morrigan, a nossa súcubo, perceberam que a “vampira” tinha ficado bemm gostosa. Gostaram do resultado final (porque não são bestas nem nada) e assim nasceu ela como a conhecemos. Meio sem querer querendo kkk

Morrigan Cosplay Plu Moon (brasileira)
Morrigan Cosplay Plu Moon (brasileira)

Morrigan Cosplay – Gata da Semana Especial

Outras curtinhas: alguns dizem que a Morrigan na verdade não é má. Ela só não entende a diferença ética entre bondade e maldade, ao mesmo tempo que sente o maior prazer em “dar uma surra” nos seus oponentes. O que faz dela, na verdade, uma anti-heroína. E como ela aparece muito em outras franquias de games de luta, meio que ela assumiu o papel de Protagonista de Darkstalkers.

Fonte: Morrigan Cosplay – Gata da Semana Especial [Link] – Afontegeek

Kasumi – A Protagonista de Dead or Alive foi feita para ser uma Venus!

kasumi

Basicamente estamos na “Seção japa de como fazer personagens femininas Gatas Pacarai” kk. Então… A Kasumi é protagonista de DOA, que é um game feito pelo Team Ninja and Tecmo (Koei Tecmo). Dead or Live, e portanto, a Kasumi, nasceram em 1996 criado pelo mano Tomonobu Itagaki. E diferente da Chun-li, sabemos que Kasumi possui 17 aninhos.

Para meu estranhamento o senhor Tomonobu Itagaki, disse que a vê como uma espécie de Vênus. Digamos assim… bom o cara é japonês e lá eles adoram meninas vestidas com roupas escolares, sem nenhuma maldade kk. Além de claro, lutadoras gatas lutando em roupas comprometedoras que deveriam atrapalhar no combate… ele entende do que tá falando kkk.

Kasumi Cosplay (DOA) – Gata da Semana Especial!

katyuska moonfox kasumi cosplay
katyuska moonfox kasumi cosplay

Nas palavras dele: “Uma estética única de perfeição – o hiperreal, o exagerado, o “hiper-corpo”. kkkk É um jeito bonito de dizer: Eu fiz ela mega hiper gostosa porque eu quis, tô nem aê! kkk

Fonte: Kasumi Cosplay (DOA) – Gata da Semana Especial! [Link] – Afontegeek

Top 5 Curiosidades das Gatas dos Games extras poison e mai shiranui

EXTRA 1 – Mai Shiranui era para ter sido só “Mais um Ninja” em Fatal Fury

mai shiranui 2

Essa é outra curiosidade que “Só vemos no Japão”. Os criadores de Fatal Fury na verdade, iriam fazer um outro ninja com as habilidades da Mai Shiranui… Quando simplesmente deram na telha de fazer uma mulher! HA! E aí devem ter pensado: se vamos fazer uma mulher ninja, vamos fazer uma GOSTOSA! Assim nasceu a Mai, hehehe.

Brincadeira… (ou não) a aparência sexy da Mai foi inspirada no estilo ninja Kunoichi de assassinar: aonde primeiro se seduz as vítimas para depois as matar (deve ser uma morte boa né?).

Mai shiranui Plu Moon (brasileira)
Mai shiranui Plu Moon (brasileira)

Mai Shiranui Cosplay – Gata da Semana Especial

E para completar, a Wikipedia nos diz: “De acordo com uma publicação da Neo Geo Freak, partes do corpo de artistas japonesas reais foram usadas como modelo para as de Mai.” — japoneses têm bom gosto, isso é indiscutível.

Fonte: Mai Shiranui Cosplay – Gata da Semana Especial [Link] – Afontegeek

EXTRA 2 – A Poison é Primeira Personagem Transexual dos Games (e foi tudo por “acaso”)

Poison_USF4 Character_Select pequena jpg

Nhaa esse é um “daqueles causos difíceis de acreditar”. A Poison foi criada por Akira Yasuda (Capcom) e apareceu pela primeira vez no clássico game “beat ’em up” Final Fight (1989). Ela era um das inimigas recorrentes no game, ao lado de umas personagens “muita parecidas” com ela, chamadas “Roxy” — se você jogou esse clássico, deve se lembrar mais ou menos das duas.

E a coisa interessante sobre a Poison, é que ela foi originalmente concebida como uma um inimiga “Feminina” em Final Fight. Mas logo depois do lançamento do game, se recebeu o “conselho” que o publico norte-americano chiaria porque “teriam de lutar contra uma mulher”.

poison cosplay its raining neon
poison cosplay its raining neon

Poison Cosplay – Gata da Semana Especial

Por causa disso, o personagem foi repensado como uma… “Futanari”: leia-se Transexual. Mesmo depois da mudança, a Poison e sua “colega” Roxy foram trocadas por personagens masculinos nas continuações do game (ao menos nos USA).

Pode-se dizer que por causa “do medo dos americanos” que provavelmente “Não iam querer bater em mulher” — olha a Lei Maria da Penha! — a Poison acabou se transformando na Primeira Personagem Trans dos Games! E é claro que ainda hoje, a Capcom e os seus desenvolvedores definem a Poison como… “duvidosa”, “ambígua”… Na verdade esse é o tipo de assunto “pra mais de metro”, é ou não é? kkk :3

Fonte: Poison Cosplay – Gata da Semana Especial [Link] – Afontegeek

——————————-

lara croft cosplay Lena-Lara
lara croft cosplay Lena-Lara

Espero que vocês tenham curtido todas as curiosidades. Lembrando sempre que todas as personagens citadas já têm seus cosplays aqui no site e os links dos Especiais de Cosplays estão no fim de cada um dos posts. Não vou mentir que deu um misto de “prazer com trabalho” fazer esse post e cada um dos especiais.

Curtam também essa galeria aqui das Gatas.
Aquele abraço!

Galeria de Imagens das Gatas dos Games