Arquivo da categoria: Cinema e suas Curiosidades

Top 20 Cenas que Marcaram o Cinema – Parte 2

Dando continuidade ao nosso Top 20 Cenas que Marcaram o Cinema, trouxemos mais 10 Cenas de Filmes que fazem parte da história da Sétima Arte. Lembrando que o Top 20 não está exatamente na “ordem  correta” e que também ele representa a nossa opinião – mas claro que estamos abertos aos comentários de vocês. Vamos ao post!

Top 20 Cenas que Marcaram o Cinema – Parte 2

Top 20 Cenas que Marcaram o Cinema - Parte 2

Top Cenas do Cinema

Parte 1 > Parte 2

Top Filmes do Afontegeek

Nerds e Cultura Pop – Drama – Terror – “Capa & Espada”  Corridas e Carros – Aviões e Guerra – Filmes de Animação Disney/ PixarFicção Científica – Filmes e RobôsFilmes de NatalCenas Marcantes do Cinema

E lá vamos nós dar continuidade ao nosso Top 20 Cenas que Marcaram o Cinema, desta vez trazendo mais 10 filmes que fazem parte da história da Sétima Arte. Lembrando que este é um post que representa a nossa opinião, então é natural vocês terem mais filmes que gostariam de colocar na lista — basta deixar o comentário aí no post!

No finalzinho da lista temos dois filmes cujas cenas são tão marcantes que mesmo eu, que não cheguei a ver os longas ainda, conheço de “tanto ouvir falar”. Certeza que vocês também conhecem elas de algum lugar — e se viram os filmes, deixem ai a impressão que têm deles. Se não.. Ora! Vamos lá ver então porque estamos precisando, né não? kk

Vamos ao post!

Os Embalos de sábado à noite

O filme que transformou John Travolta em um astro usando tamanco: “Os embalos de sábado à noite”.  Este filme mostra a vida conturbada de um bando de adolescentes do subúrbio americano, e o que eles e o que a maioria dos jovens de hoje faz: que é ir para uma boate para se divertir.

Esta cena escolhida foi um grande sucesso, sendo satirizada diversas vezes  na história: e garanto que sua mãe e seu pai tiveram suas adolescência marcada por este filme.

by: rod

Dirty Dancing

Esta cena é inesquecível para quem assistiu ao filme.

by: rod

Star Wars – O império Contra-ataca

O grande clássico dos filmes Space Opera, Star Warstambém está presente neste Top 20, tendo a cena mais marcante de toda a serie, a famosa frase: “Eu sou seu pai” — nas mais diversas línguas em que o filme chegou: desde a cena original até as mais diversas dublagens.

Por acaso o site fala um buscado sobre esse filme seguindo o link, além de explicar o que quer dizer ‘Filmes Space Opera‘ neste outro link. Espero que curtam!

 

 

 

 

 

 

 

by: rod e AdminTB

O Exterminador do Futuro 2 – O julgamento Final

O filme mais humano e o melhor de toda a franquia “Exterminador do Futuro 2″ é a prova de o quanto James Cameron é bom no que faz. O objetivo do filme está presente ainda no filme: que é a ação e a perseguição.

Mas a nova dinâmica do filme feita por James Cameron que é tornar o seu vilão em herói e desenvolver um laço paternal com o garoto cuja missão era protegê-lo. Genial. A cena final quando o exterminador se destrói no final é tão forte que fica difícil não se emocionar. A trilha sonora é sensacional e o roteiro é perfeito.

Confira abaixo esta cena que marcou o cinema.

by: rod

Cantando na Chuva

Mais uma vez um musical… e que musical! Nada mais, nada menos que o maior musical de todos os tempos: Cantando na Chuva. E esta é a cena clássica do filme.

by: rod

Ao mestre com carinho

Um filme que mostrou que educação é a  maior chave para o futuro da humanidade. Ao mestre com carinho é um filme que mostra que a recompensa do reconhecimento ainda é uma das coisas que o ser humano busca.

Este é um filme que choca.

by: rod

Ghost – Do outro lado da vida

Patrick Swayze e Demo Moore protagonizam a estória de amor sobrenatural mais famosa do cinema. Ghost é um filme que encanta.

by: rod

Superman

Não gosto do Superman, na verdade odeio. Mas devo admitir que o clássico filme do herói azul e vermelho é incrível, quase me fazendo gostar deste herói.

 

 

 

 

 

by: rod

Casablanca

Casablanca-Two-Shot

E aqui começa dois filmes que eu ainda não vi — mas que com certeza verei. Coitado de mim né verdade? De qualquer jeito o romance em meio a 2º Guerra Mundial que mais marcou o cinema TINHA de estar aqui. E este final… com Lisa partindo.

 

 

 

by: AdminTB

Psicose

Psicose

Outra cena CLÁSSICA que eu ainda não vi o filme — eu sei, isso chega a ser um ultraje… não para o filme, e sim para mim mesmo. Mas levando em conta em que eu pensei em citar outro filme de Charles Chaplin, lembrar deste clássico da Sétima Arte é uma necessidade. E ver o filme também, diga-se.

 

by: AdminTB

Top 20 Cenas que Marcaram o Cinema - Parte 1E aqui termina o nosso maravilhoso Top 20 Cenas que Marcaram o Cinema, aqui do Afonte Geek. Caso você tenha visto alguma cena de um filme que marcou sua vida, deixa aqui o comentário e nos revele ela também. Ou se caso tenha visto Casablanca e Psicose, como ainda não vi… deixem suas impressões destes clássicos longas.

Caso tenha gostado do nosso Top 20 mas ainda não viram a Parte 1, não se faça de rogado/a, sigam direto pelo link e confiram mais 10 cenas que marcaram o cinema.

Certeza que você vai gostar – venha ver a Parte Um!

Top 20 Cenas que Marcaram o Cinema – Parte 1

Bem-vindos ao Top 20 Cenas que Marcaram o Cinema aqui do Afonte Geek. As cenas foram escolhidas a dedo por nossa equipe, e o Top 20 trás aquilo que em nossa opinião, representa algumas das melhores cenas da Sétima Arte. Espero que gostem e deem também a opinião de vocês!

Top 20 Cenas que Marcaram o Cinema – Parte 1

Top 20 Cenas que Marcaram o Cinema - Parte 1

Top Cenas do Cinema

Parte 1 > Parte 2

Top Filmes do Afontegeek

Nerds e Cultura Pop – Drama – Terror – “Capa & Espada”  Corridas e Carros – Aviões e Guerra – Filmes de Animação Disney/ PixarFicção Científica – Filmes e RobôsFilmes de NatalCenas Marcantes do Cinema

Este Top 20 Cenas que Marcaram o Cinema foi feito já há algum tempo por nossa antiga equipe e completado agora por mim, este que vos fala, seu amado AdminTB. Foram reunidas cenas de várias épocas da história do cinema, desde filmes mais modernos, até películas quase tão antigas quanto o próprio fazer cinema.

Todas foram escolhidas com cuidado e carinho, e representam claro, minha opinião e a do nosso amigo Rod, que foi quem escolheu a maioria delas. Espero que vocês curtam e que também deem a opinião sobre quais filmes mais poderiam ser listados — ou cenas que marcaram vocês mas que não aparecem neste Top 20.

Enfim, vamos a primeira parte do post!

Titanic

Uma das maiores histórias de amor do cinema, sendo imortalizada por uma cena que com certeza marcará todas as gerações.

by: rod

Scarface

A visão distorcida de um mundo perfeito, com um desfecho brilhante.

by: rod

by: rod

Forrest Gump

Simplesmente uma das histórias mais sensíveis e delicadas do cinema. A cena que expressa s dor de uma perda amorosa é a mais profunda e inspiradora do cinema.

by: rod

Rocky:  Um Lutador

Um grande filme contando uma história de superação, e passando a mensagem de sempre acreditar em si mesmo, até quando não houver mais quem acredite. Esta cena  fez muitas pessoas se arrepiarem, inclusive os jurados do Oscar que lhe premiaram como o melhor filme — se quiser clique aqui para ver a trilha sonora desse clássico.

by: rod

2001 – Uma Odisseia no espaço

O primeiro passo para a inteligência humana é mostrado de uma forma brilhante — filme que faz parte do nosso Top de filmes de Sci Fi.

by: rod

Curtindo a vida adoidado

Ahhh o que dizer… é curtindo a vida!!

by: rod

Pulp Fiction: Tempo de Violência

A cena é uma homenagem a John Travolta, que o consagrou no inicio da carreira.

by: rod

The Matrix

%28311009002153%29matrix_wallpaper5[1]

Cena Clássica do Neo desviando das balas: a verdade é que Matrix mudou a forma do mundo ver e fazer cinema com seus efeitos especiais. E você pode ver um pouco mais desse clássico do sci fi seguindo o link.

 

 

 

 

by: AdminTB

De Volta para o Futuro

de volta para o futuro back to the future

Outra cena mais do que clássica — principalmente se você também curte ficção científica. Difícil explicar… mas se você lembra ou ouviu falar… é porque ela é importante de mais para o cinema. E claro, você pode saber um pouquinho mais dele seguindo o link.

 

 

 

by: AdminTB

O Grande Ditador

o grande ditador

Algumas pessoas colocariam a cena em que Charles Chaplin faz um discurso no final do filme, falando sobre esperança e de como deixar essas loucuras que nos levam à guerra para trás. Mas eu escolhi a cena do Globo… porque tudo neste filme é um esplendor… e ela representa de forma genial e irônica, como nunca se viu, o desejo terrível de ter o mundo em suas mãos.

 

by: AdminTB

Top 20 Cenas que Marcaram o Cinema - Parte 2

Esta foi a Primeira Parte do nosso Top 20 Cenas que Marcaram o Cinema. Gostaram dos primeiros 10 filmes escolhidos? Espero que sim, porque foram todas cenas escolhidas com carinho e cuidado.

Caso você tenha gostado e queira ver as outras 10 cenas do nosso Top 20, basta seguir para a Parte Dois do nosso especial. Lembrando sempre que são nossas opiniões e estamos abertos a mais cenas do cinema que vocês tenham gostado e marcado suas vidas — é só comentar!

Vamos à Parte 2!

Top 10 Robôs mais Famosos do Cinema

Ficção científica é um gênero que como outro qualquer, possui seus apreciadores. O que torna uma obra em uma  ficção científica, é o  fator ciência como seu componente essencial. Alguns desses personagens acabam ficando marcados na história, então vamos logo a eles.

Top 10 Robôs mais Famosos do Cinema

Top 10 Robôs mais Famosos do Cinema wall

Top Filmes do Afontegeek

Nerds e Cultura Pop – Drama – Terror – “Capa & Espada”  Corridas e Carros – Aviões e Guerra – Filmes de Animação Disney/ PixarFicção Científica – Filmes e RobôsFilmes de NatalCenas Marcantes do Cinema

Então quer dizer que você como eu, adora os robôs que aparecem nos filmes de ficção científica que nem eu né? Neste post feito em sua maioria pelo nosso querido amigo Rod vemos alguns dos robôs mais carismáticos ou mais aterrorizadores da história do cinema!

Espero que curtam cada um dos escolhidos, porque foi com muito amor e sem nenhum interesse kk. Lembrando que caso vocês queiram conhecer 5 Filmes de Ficção Científica que realmente valem muito à pena, basta seguir o link viu galerinha. Certeza que não vão se arrepender.

Boa leitura!

RoboCop

Conta a história de Alex Murphy, um policial que atuava nas ruas de Detroit. Após uma perseguição aos suspeitos de um roubo a banco, Alex é brutalmente trucidado ao chegar na Velha Usina (local onde a quadrilha se escondeu), tendo sua mão direita estourada e logo depois seu braço direto arrancado com tiros de armas e seu peito fuzilado.

Ainda vivo levara um tiro certeiro no crânio dando assim o fim de Murphy pela quadrilha do maníaco Clarence Boddicker. Sendo assim transformado no RoboCop – O policial do futuro.  Clique aqui para saber um pouco mais desse filme clássico!

O Exterminador do Futuro

Na obra de ficção científica, um ciborgue (androide cujo esqueleto é recoberto por tecido vivo) com inteligência artificial, designado Cyberdyne Systems Model 101 – 800 Series Terminator (interpretado por Arnold Schwarzenegger).

Ele é transportado no tempo, de 2029 até ao dia 12 de maio de 1984, com o objetivo de alterar o curso da História e consequentemente, o futuro.

Wall-e

A história segue um robô chamado WALL·E, criado para limpar a Terra coberta por lixo em um futuro distante. Ele se apaixona por um outro robô chamado EVA, e a segue para o espaço em uma aventura que irá mudar seu destino e o destino da humanidade.

Se você quer saber mais tanto sobre o filme Walle-e, assim como também outras animações 3D da Disney/ Pixar que ganharam o Oscar, basta Clicar aqui! Certeza que vocês vão gostar!

Johnny Five – Um Robô em Curta Circuito

Esse é o Número cinco, também chamado Johnny Five, o incrível e adorável robô em curto circuito. Ele está de volta nesta acelerada comédia de ação que vai deixar a cidade de cabeça para baixo.

O curioso Johnny sai para um reconhecimento da cidade, mas alguns vadios de rua, um banqueiro ganancioso e uma gangue de pilantras percebem sua inocência e vêem sua passagem de alta tecnologia para faturar.

R2D2 e C-3PO – Star Wars

O pequeno robô R2-D2 é um dos principais personagens da saga Star Wars. Ele é um dróide astromecânico, responsável por manutenção e navegação de astronaves. Fala uma “linguagem” incompreensível, de bipes e ruídos (e inspirou Kenny, de South Park).

C-3PO é um “dróide de protocolo” (intérprete e relações-sociais) fluente em 6 milhões de meios de comunicação. Foi inspirado no robô de Metrópolis. R2-D2C-3PO são os únicos personagens da série a aparecerem nos 6 filmes interpretados pelos mesmos atores. Kenny Baker foi o ator anão que atuou dentro do dróide em cinco dos seis filmes da série.

E caso você queira saber um pouco mais sobre Star Wars e de outros icônicos filmes que fazem parte da Cultura-Pop, basta Clicar Aqui.

Andrew – O Homem Bicentenário

O roteiro é baseado num conto de Isaac Asimov e Robert Silverberg, do livro The Bicentennial Man and Other Stories, que mostra a trajetória de um robô em busca da liberdade.

Isaac Asimov é um dos autores clássicos de ficção científica, também teve o filme O Homem Bicentenário retratado no nosso post dos Top 5 filmes de ficção científica que você precisa assistir. Certeza que vocês vão curtir esse post — e conhecer clássicos do gênero como 2001: Uma Odisseia no Espaço e Blade Runner.

Rodney Lataria – Robôs

Esse simpático robô é Rodney Lataria sai de sua cidade natal, Rivet Town, em busca de seu sonho de trabalhar com o Grande Soldador que reside e trabalha em Robópolis.

Porém, os perigos o ameaçam de vida quando o descartável Dom Aço e sua mãe Madame Junta tentam acabar com os robôs fora de linha para dar lugar aos modernizados.

Optimus Prime – Transformers

Optimus Prime é o protagonista do universo Transformers. Ele é o lider dos Autobots, um grupo de robôs heróicos do planeta Cybertron, e detentor da Matriz da Liderança em quase todas as suas versões.

Seu maior inimigo é Megatron, líder dos Decepticons, que na maioria das séries já foi amigo de Optimus em Cybertron. Sua forma alternativa é sempre um caminhão, exceto na série animada Transformers: Robots in Disguise, no qual Optimus virava uma carreta.

Marvin – Guia do Mochileiro das Galáxias

Marvin O Guia do Mochileiro das Galaxias
Marvin O Guia do Mochileiro das Galaxias

Esse veio de um filme ligeiramente novo, mas que com certeza faz parte de todos os filmes que um nerd deve assistir e conhecer. Aliás… aproveite e conhecer os Top 10 Filmes Nerds que fazem parte da Cultura Pop escolhidos por seu amado AdminTB.

Voltando ao Marvin… ele é um robô meio depressivo que acompanha uma nave roubada do governador da galáxia. Nave esta roubada pelo próprio governador… bom o filme é uma comédia daquelas bem nerd e merece ser muito assistido — Clique aqui para conhecer um pouco mais do Guia do Mochileiro das Galáxias!

Marvin O Guia do Mochileiro das Galaxias
“Não Entre em Pânico”

Assim como também o Marvin meio que faz parte de alguns dos momentos mais épicos do filme, e consegue salvar “o mundo”, justamente por ser… depressivo. Carismático até a gota, Marvin merece e muito estar nessa lista!

Top 8 Atores que Mais Mudaram de Aparência para fazer Filmes!

E lá vamos nós para mais um Listas TOP aqui no Afontegeek! Desta vez dos 8 Atores que mais mudaram a aparência para fazer filmes! Espero que curtem e que se espantem como eu ao ver como eles ficaram!

Top 8 Atores que Mais Mudaram de Aparência para fazer Filmes!

atores que mais mudaram wall

Cá estava eu pensando num último post “top listas” para postar aqui aos nossos queridos amigos e amigas que sempre frequentam nosso querido Afontegeek. Zapiando em sites de cinema, acabei encontram essa lista direto no Hollywoo.com (com 14 nomes!). Desses 14 escolhi sete que estão na lista — e o último foi eu mesmo quem fez.

Espero que curtam e que se espantem como eu me espantei ao ver a cara deles e delas.

Tom Hanks em O Naufrágo

Tom Hanks

Uma transformação clássica! Tom Hanks se transformou completamente, fisicamente no decorrer do filme. De acordo com a ABC News, para que isso fosse possível, foi filmado em 2 partes no decorrer de 16 meses! Hanks relatou que perdeu + de 22 kilos entre as partes das filmagens!

Charlize Theron em Monster – Desejo Assassino

Charlize Theron

A sempre alta e magra atriz (e linda pacas também!), Charlize Theron teve que fazer um esforço bem grande, para ganhar peso ao vivenciar a serial killer Aileen Wuornos. Eles também tiveram que retocar sua pele com uma tinta de tatuagem translúcida, para dar a pela dela aquele tom meio “ofuscado”, assim com também “fizeram um tratamento especial” nos cabelos da Charlize. E claro, finalizaram o trabalho de “enfeiamento” com uma Dentadura!

John Travolta em Hairspray

John Travolta

Para o musical (que na verdade era um remake, vejam só!), John Travolta atua como Edna Turnblad, uma gorda e corajosa mulher. Para “se tornar ela”, Travoltar teve que passar um longo processo, que incluía uma “roupa de gordo”, uma peruca, e claro, um monte, eu disse um monte, de Maquiagem!

Christian Bale em Trapaça

Christian Bale

Christian Bale depois de fazer de tudo que é possível e imaginável para perder + de 27 kilos e fazer O Operário, e depois de malhar bastante para atuar como o Batman, no fim ganhou + de 18 kilos para fazer seu filme criticamente mais aclamado — e ninguém sabe ao certo como depois ele “cabia” nas câmeras rs.

Gwyneth Paltrow em O Amor é Cego

Gwyneth Paltrow

Gwyneth Paltrow foi outra atriz que teve de vestir “aquelas roupas de gordo” para fazer esse filme. Ela contou à W Magazine, que quando ela vestia “o traje”, estranhos até iriam evitar a pobre moçoila: “No primeiro diz que eu a vesti, eu estava em Tribeca Grand e andei para a entrada do lugar. Era tão triste e tão perturbador. Ninguém fazia me olhava nos olhos porque eu era obesa”.

Cate Blanchett em Não Estou Lá

Cate Blanchett

Cate Blanchett fez Bob Dylan para esse filme, lá para a época do meio dos anos 60. Ela se transformou completamente com uma peruca, óculos de sol e roupas de homem, para ficar entre os outros seis atores que também faziam Dylan, mas nas suas outras fases de sua vida.

Anne Hathaway em Os Miseráveis

Anne Hathaway

Anne Hathaway perdeu + de 11 kilos para fazer Cosette, uma prostituta faminta neste filme. Ela disse que basicamente, teve passar fome ela mesma, enquanto teve uma pequena ajuda de uma nutricionista.

Eddie Murphy em Norbit

Eddy Murphy Norbit

Para terminar essa lista, eu não podia deixar de citar o grande Eddie Murphy em uma das suas melhores comédias: Norbit. Para quem não sabe, ele mesmo atuou como o Norbit, Rasputia e também o Sr.Wong que foi quem criou o pequeno menino magrelo no seu orfanato. O filme também foi indicado ao Oscar de melhor maquiagem, digamos que merecidamente.

Pois é, enquanto fazia o post com as escolhas feitas pelo site em inglês, que deixo como fonte ai embaixo, eu meio que me senti na obrigação de citar o Eddie Murphy, que eu não tenho ideia como ele viveu ele, ele mesmo e mais outro personagem, tudo no mesmo filme e de forma hilária!

Abraços!

Fontes:
Hollywood.com [Link]
Wikipedia [Link]

Os Melhores Beijos do Cinema!

Mais um post da série “Top listas”, desta vez com os Os Melhores beijos do Cinema! Mais um texto que trago de língua inglesa para vocês, meus queridos amigos e amigas. Espero que curtam cada uma dos beijos. Venham comigo!

titanic

Os Melhores Beijos do Cinema!

E lá vamos nós para mais uma lista aqui no Afontegeek. Direto de um site gringo para vocês meus amigos! E como fiz um trabalho de tradução acabei excluindo um dos kisses porque ele não tinha um vídeo — mas você pode ver a lista em “english” no link que deixo a abaixo.

Meio que eu não vi a maioria dos filmes, então me ausentei de dar quaisquer opinião. Engraçado que um desses da lista me deixou meio “será que posto ou não?” mas acabou que eu deixei sim ele ai.

Bons momentos românticos pessoal!

Anna e Kristoff, Frozen

Eu poderia te beijar“, diz Kristoff enquanto ele carrega Anna no ar. Nós assistimos este casal “animado”, numa aventura para salvar a irmã dela, Elsa, da ira dos aldeões hostis. A conversa nos guia até se transformar num forte abraço. As princesas Disney sempre têm o seu grande beijo, mas poucas vezes o beijo foi tão esperando como o de Anna.

Sandra Bullock e Bill Pullman, Enquanto Você Dormia

Você geralmente espera um casal que se beija — um beijo mesmo, não um selinho — antes deles realmente estarem envolvidos um com o outro, mas este não é o caso de Lucy (Sandra Bullock) e seu verdadeiro amor Jack (Bill Pullman).

Ela pretendia ser a noiva do seu irmão em coma, mas o par acabou por pular o certo, e ir direto para o casório depois que Jack (e sua familia) compreenderam que eles não poderia ficar sem Lucy. Selar uma proposta de casamento com um beijão nunca foi tão doce!

Matt Damon e Emily Blunt, Os Agentes do Destino

O filme sobre uma agência secreta que controla a vida de todo mundo é um pouco bagunçado. O que não pode ser esquecido, entretanto, é a química que existe entre Damon como um político e Blunt como uma mulher misteriosa.

Blunt segue Damon até o banheiro masculino em Waldorf Astoria, e “do nada” começa uma conversa sobre casamento. Como isso vai para um beijo apaixonado? E o que mais eles fizeram no banheiro mesmo em?

Michael Cera e Kat Dennings, Nick e Norah – Uma noite de Amor e Música

Cera e Dennings são adolescentes que se “pegam” num beijo, momentos depois de se conhecerem, enquanto Dennings pede para que ele seja seu namorado por “cinco minutinhos” para que ela possa enganar sua rival (que acontece de ser a ex do rapaz) para que ela não pense que a Kat “não está pegando ninguém”.

O beijo de verdade, porém, veio mais tarde, quando Dennings (Norah) pega o aficcionado por guitarras Nick para ver a Electric Lady Studios. Uma coisa leva a outra, e rapidinho Dennings e seus lábios vermelhos estão dando seus amassos.

Heath Ledger e Jake Gyllenhaal, Brokeback Mountain

Muito tem sido feito através dos anos, sobre a cena de amor entre Ledger and Gyllenhaal, liderando o discurso hilário de Jonah Hill em Knocked Up sobre a falta de “coisas explícitas” no filme. A paixão dos dois tomaram o filme inteiro, mas tem algo de muito especial sobre a vontade “louca”, na cena aonde o Ledger vê Gyllenhaal voltando da janela do seu apartamento, e o agarrando, da um abração nele.

E como o Ledger (Ennie) empurra o Gyllenhaal (Jack) para a escada, e os dois se atracam como um par de lobos famintos, jogando o medo para o vento (eu ia dizer fora do armário, mas tudo bem). Mesmo depois de 10 anos, a cena não perdeu nada do seu impacto original.

John Cusack e Ione Skye, Digam o que Quiserem

Poucos romances adolescentes têm sido tão influentes como a historia de Cameron Crowe, aonde um grande empresário cai de nível, e ainda assim pede para sair com a menina. Como você já pode esperar, tem um montão de beijos antes dos dois ficarem com os dois pneus arriados, incluindo um doce abraço na chuva.

Foi assim até que Skye (Diane) finalmente descobre (depois de tanta pegação) que ela precisa do John (Lloyd). Ela o distrai durante a sessão de “sparring”, e ele acaba com o nariz sangrando por causa do Don “O Dragão” Wilson, momentos antes deles se entregarem aos amassos e carinhos (ammhammm).

Leondardo DiCaprio e Kate Winslet, Titanic

Voltando a 1997, parecia que toda mulher no planeta queria troca de lugar com a Kate Winslet (Rose). O romance a bordo do navio destruído deixou a audiência em prantos enquanto os créditos subiam. Na cena icônica, DiCaprio (Jack) leva a Rose até a borda do navio e abre seus braços, fazendo-a sentir o vento… muito bem, vamos deixar ela mesma falar: “Eu estou voando, Jack!” Rose exclama, antes dela se virar para Jack, e seus lábios se encontrarem com os dele (putz coisa romântica!).

Não importa o que aconteceu depois, Valeuzão Celine Dion, nós temos a certeza que os corações deles vão continuar (juntos).

Cary Ewles e Robin Wright, A Princesa Prometida

Desde a invenção do beijo” Peter Falk (narrador) faz entoar sua voz na fantasia de amor mega adorada de Rob Reiner “Existem cinco beijos que são considerados os mais apaixonados, os mais puros. Mas este em questão, os deixou para trás“.

Este é o final feliz com o poderoso beijo que Ewles (Westley) dá em Wright (Buttercup). Para um garoto que “estava morrendo” a pouco tempo, e uma mulher “quase forçada” a se casar com um príncipe — sem mencionar a viagem pelo pântano de fogo — o beijo que mais parecia como uma recompensa.

Molly Ringwald e Michael Schoeffling, Gatinhas e Gatões

Ringwald (Sam) teve um aniversário incrivelmente ruim. A família dela preocupada com o casamento de sua irmã, esquece o aniversário da pobre coitada, e o fazendeiro nerd (Anthony Michael Hall – é isso mesmo?!) aposta um par das calcinhas da azarada menina em uma aventura para fazer dinheiro (que tipo de coisa foi ele fez, eu não sei, rs).

Para piorar, ela é completamente caidinha no cara “mais velho”, Schoeffling (Jake Ryan). Na saída do casamento de sua irmã, ela se desprende da multidão, e “oh wait!” o Jake está esperando ela. Como toda fantasia de adolescente (que eu não entendi necas!) esse ainda não é o final. Sam finalmente ganha seu bolo de aniversário e recebe um beijão do Jake. Quase que aconteceu um incêndio, mas com certeza foi romântico. (E eu não entendi NADA dessa historia — e que nome de filme em?!)


"O nome dela é Kate Winslet" rs

Sabe o que eu gostei da lista? Tirando o último filme, que eu realmente não entendi patavinas da história, curti todas as indicações. E claro, dona Kate Winslet, na verdade nós queríamos estar no lugar do Dicaprio; até hoje ela ainda me apaixona — ainda acho minha Rose…

Abraços!

Hollywood.com: [Link]

Top 10 Celebridades que não Envelhecem!

Mais um post do nosso querido “Listas Top“, que conta com uma verdadeira seleção de “o melhor do melhor” de qualquer coisa que nos caía na telha. Desta vez são as Top 10 Celebridades que não Envelhecem mesmo com o passar do tempo!

Top 10 Celebridades que não Envelhecem!

Will Smith wallBem pessoal, tem um bom tempo que achei essa lista online, e bom, meio que não me dei ao trabalho de fazer uma pesquisa sobre a carreira de cada um, porque afinal, quase todo mundo conhece um pouco da história deles.

Caso não saibam, na descrição de cada imagem quando eu achei necessário, coloquei não apenas o nome deles, mas também um papel de importância. Também quero agradecer aos queridos leitores Débora e Glaydson que sabiam o nome de uma atriz que eu havia esquecido o nome: A Kate Hudson!

Vocês são Nota 10!

Alguém lembra o nome dela?

 

E palmas para Halle Berry e Jennifer Aniston, porque eu simplesmente não sei qual é a foto de antes e depois. Lindas demais as duas. Para terminar, a tradução do texto em inglês nas fotos, acho que é sem problemas: por exemplo “12 years of difference”, são “12 anos de diferença“, agora não me perguntem qual a foto do “before” (antes) e “after” (depois).

Abração!

Galeria

Este slideshow necessita de JavaScript.

[Link]

Top Filmes Horríveis que Destruíram (ou Quase) a Carreira dos Atores

Bem vindos a de uma nossas listas “Top Alguma coisa“. Dessa vez traduzimos uma lista com os Top Filmes Horríveis que destruíram as carreiras dos atores. Boa leitura pessoal!

mike myers guru do amor

Top Filmes Horríveis que Destruíram (ou Quase) a Carreira dos Atores

Alguns deles forçaram os atores abandonarem suas carreiras, outros tiveram que dar um tempo… Essa lista foi feita pelo site DeathandTaxesmag.Com (que ora está morto e rest em pieces) e estou trazendo ele para aos amigos e lindas leitoras, com pequenos comentários, como sempre costumo fazer.

Também tive de fazer certas edições e censuras na tradução porque eu sou desses. E como o site não está mais no ar (ao menos não essas matérias) vocês vão ter que ficar com meu post e fim de história. Mas e ai, curioso ou curiosa para saber quais são esses filmes terríveis? Vamo lá.

Elizabeth Berkley, “Showgirls”

Elizabeth berkley

O que agora é considerado um clássico “cult”, já foi visto como uma piada por Hollywood durante uma década. “Eu sei que isso parece que foi feito para ser engraçado, humilhado, rejeitado” ela disse para a Out Magazine em 2011. “Aquele não era um bom tempo em minha vida, aos 21 anos eu tinha que andar basicamente tendo que dar minha cabeça à nível nacional” — não sei o porquê, mas acho que vi esse filme, e gostei o.O.

Mike Myers, “O Guru do Amor”

Mike Myers

O que era para ser a volta da estrela de “Austin Powers” em 2008, acabou se transformando numa espinha sendo espremida.

A Paramount levou um rombo de $13 milhões de Obamas desde a exibição dessa maravilhosa comédia (número quatro nas bilheterias), e Myers discretamente se esquivou do cinema e da tv desde então. Um repórter não estava surpreso no lançamento do filme e queria perguntar para Myers no tapete vermelho: “Então, de onde veio a ideia de fazer Borat?” (Ele não perguntou isso, mas você sabe o que ele quis dizer.)

– Eu vi algumas cenas desse filme e não consegui passar disso. Realmente uma bomba. Nem preciso dizer mais do que isso. Muito diferente dos Austin Powers que são coisas de mestre. Sobre a piadinha “sem-graça” do final, fica meu comentário que Borat é genial e recomendo a todo mundo. Se bem que foi uma ironia, hehe.

Sean Connery, “A Liga Extraordinária”

Sean Connery

Sean Connery se aposentou depois desse filme *horrível chegar aos cinemas. Eu acho o filme até que bom sim, não vejo esse exagero todo. Só acho que isso sim, poderia ter sido muito melhor. Ficou um filme fraco comparado ao que o Sean Connery (pombas é o Sean Connery!!) poderia fazer.

Cuba Gooding, Jr., “Cruzeiro das Loucas”

Cuba Gooding Jr

Numa entrevista feita em 2006 ao New York Time, Cuba admitiu o erro que ele fez com a *malfadada comédia: “Eu estava errado em muitas coisas… Isso foi também por dinheiro. Quando eu fiz “Cruzeiro das Loucas”, eu pensei que estava na hora de fazer alguma coisa para me tornar um Cara de 20 milhões de Obamas.

– Minha opinião? Adoro esse filme. Engraçadíssimo, sexy, meninas lindas, descontraído, diversão pura. Esse cara é um chato. Se bem que o Cuba agora anda fazendo muitas comédias românticos e sabemos que ele é um gênio: que o diga Homens de Honra.

Geena Davis, “A Ilha da Garganta Cortada”

Geena Davis

Na época A-lister era um escritório que só fazia sucessos como a “Liga de Mulheres” e “Os Fantasmas se Divertem”. A indicada ao Oscar Geena Davis estrelou o filme de “grande orçamento que não se sustenta até o fim do filme” do seu então marido: “A Ilha da Garganta Cortada”, que trouxe a bancarrota da Carolco Pictures — O filme levou à falência a produtora o.O.

Sofia Coppola, “O Poderoso Chefão: Parte III”

Sofia Coppola

Críticos pegaram pesado na estreia da filha de Francis Ford Coppola naquele filme terrível que foi a terceira sequência de um dos maiores já feitos. A sorte dela foi ter voltando para o Castelo Coppola e não saiu até ter se tornado uma ótima diretora. O que é sensacional!

Kevin Costner, “O Mensageiro”

Kevin Costner

O filme de $80 milhões de Obamas de orçamento teve um retorno de menos de $18 milhões para o caixa, e foi a segunda bomba na vida da estrela do filme. Dois anos Antes, “Waterworld” quebrou num orçamento de $175 milhões de Obamas e nunca recuperou totalmente seu status A depois dessas produções. Ainda bem que ele já foi o senhor Kent. Salvou a carreira dele.

Ben Affleck, “Contato de Risco”

Ben Affleck

“Aquilo foi realmente difícil pra mim, assistir como amigo dele, porque eu não acho que aquilo foi justo com ele”, disse Matt Damon ao Shortlist em 2011. “Como seu parceiro como escritor/roteirista, eu sei o quanto ele é ótimo…Eu estou feliz de vê-lo tão bem, e ele voltou a velha forma.”

— Todo mundo aqui no Afontegeek sabe que tanto eu quanto o PierrotGluton achamos ele um péssimo ator. E ambos pensamos que ele não devia mais fazer o Batman de jeito nenhum. Você pode ler Aqui o texto que eu fiz sobre, e Aqui o texto do Pierrot onde argumentamos o quão ruim que ele é.

Susan George, “Mandingo – O Fruto da Vingança”

Susan George

Fãs da atriz britânica marcam esse peça do picante período de 1975 como uma que marcou permanentemente Susan George como uma atriz de se expõe além da conta, bem mais do que uma artista femme fatale deveria fazer.

Ela nunca se recuperou disso, e no lugar se entregou a séries de Filmes feitos-para-tv e esquecíveis de Drive-in. Mas ela ainda é responsável por alguns dos melhores filmes “cult” do anos 70. Vejam “Straw Dogs” e “Dirty Mary, Crazy Larry.”


E acabou! Eu como não entendo bem de cinema, considero que a lista foi muito bem feita. Só tive que, como deixei claro no começo, censurar algumas coisas por não concordar imensamente com a opinião original. Além do que, o Ben Affleck ao meu ver continua sendo horrível mesmo, não tem jeito!

Abração pessoal!

O Ben Affleck tem a ver com o Batman barriguinha?

Batman é um dos heróis mais populares da DC Comics, mas na verdade até a minissérie (The Dark Knight Returns-1986 by Frank Miller) Batman era mais lembrado pelos POW… POFF… do seriado televisivo da década de 60.

Imagem da série televisiva da década de 60.
Imagem da série televisiva da década de 60.

O Ben Affleck tem a ver com o Batman “barriguinha”?

Nos desenhos animados, era um coadjuvante principal no Superamigos, e seu cinto de utilidades e batveículos eram a sua maior referência, fora as piadinhas sobre Robin… mas vamos pular essa parte. Até então a imagem que se tinha de Bruce Wayne era a de um playboy (alguém ai lembra de na biblioteca do apartamento em que morava ele descer por um mastro de poli dance – Ah louca???).

Na DC houve uma salada de frutas com a história de Batman, existiram as fases sombrias também. Mas, realmente quem deu o grande BOOM da coisa foi Frank Miller, ali Batman tornou-se ao invés do playboy bon vivant, o homem rico e cínico (Alfred atrás de Bruce e ele: “faça um cheque” é memorável).

Capa da mini -série Cavaleiro das Trevas de Frank Miller - 1986
Capa da mini -série Cavaleiro das Trevas de Frank Miller – 1986

Ali realmente as pessoas o viram como um homem sombrio e capaz de antever as coisas a partir de uma simples notícia… um homem sem piedade.

Então saiu no cinema a Quadrilogia do Batman, com Michael Keaton como Batman em dois, Val Kilmer e George Clooney fechando. O primeiro foi muito bom, (apesar de que Keaton parecia um cara com torcicolo, por conta da fantasia de Batman que lhe arrumaram).

O segundo já me deixou com sono, e os últimos dois dessa fase são ótimos… para você que tem insônia. Renderam muito dinheiro… bilheteria… diretores bons e péssimos… roteiros interessantes e terríveis desastres.

Vilões memoráveis (Nicholson como Coringa, e De Vito como pinguim, Pfeifer como Mulher-Gato foi delicioso… o Robin… bem… pula), e alguns micos. Então vem a Trilogia de Nolan, com consistência, apesar desaparecerem algumas coisas que não curti como uns veículos e tals… mas beleza… deu pra aceitar. Christian Bale se saiu bem em Batman. Aí… eis que surge a notícia da filmagem do confronto entre Super Homem e Batman… Baseado em???

Cavaleiro das Trevas de Frank Miller. Nem sei quem foi chamado para ser o super escoteiro, mas surgiu  a notícia de que Ben Affleck faria o Batman. Não sei realmente dizer se estou certo, mas fico com o pé atrás.

Porque? Bem, Keaton era famoso por comédias, foi uma aposta e pessoalmente acho que deu certo já que a ideia era de um Batman mais velho mesmo. Mas, quem era Christian Bale antes de Batman? Bale era um desconhecido do grande público.

Da esquerda para direita: Keaton, Kilmer, Clooney e Bale.
Da esquerda para direita: Keaton, Kilmer, Clooney e Bale.

E Ben Afleck?

Chegamos a questão. Famoso por papéis de mocinho, o que realmente não mede o talento de um ator. Tudo em papel de mocinho é chavão… lugar comum. Poderíamos falar do micão em Demolidor, mas ali temos que nos deter, vejamos: Demolidor nos quadrinhos virou o cara depois de Frank Miller (lembram dele?) em A Queda de Murdock…

Ben Afleck em Demolidor
Ben Afleck em Demolidor

Mas o filme que fizeram?

Pelamordedeeeuuuussss… que &*%¨&$%¨ de filme foi AQUILO (nem chamo de aquele), O roteiro mais ruim que poderiam fazer, Murdock tomando banho de ervas??? (Palavrão) Que foi aquilo? O rei do crime virou uma piada.

Como desperdiçaram o Michael Clark Duncan daquele jeito… é pecado… e me largaram a direção na mão de um cara que fazia filmes água com açúcar pra Disney… nasceu morto. Por isso a lembrança de Ben Affleck ficou tão associada a um herói canastrão.

Bruce Wayne num momento relax by Ben Afleck
Bruce Wayne num momento relax by Ben Affleck

Mas pera… Canastrão? – Ator mocinho/canastrão (associação básica). Se for pra apostar, aposto que não serve pra Batman… Ele parece ser o Jack Johnson e não o Batman. Ben não tem cara de quem pode ficar preocupado com algo, muito menos com outro micão em sua carreira. Mas para quem é fã, “matar” o Batman é crime mortal.