Animes e Roteiros: Respondendo aos Comentários (Parte Final) – Entendendo Animes!

Para você, amigo ou amiga que me acompanhou até na série Animes e Roteiros, nesta parte final eu estou respondendo algumas perguntas e comentários que me foram feitas por amigos e leitores nossos. Vamos a elas.

Animes e Roteiros: Respostas aos Comentários

fonte:noticiasanimeunited.com.br

Especial Roteiros de Animes

Roteiros Clássicos> Roteiros Modernos> Roteiros Pós-Clássicos> Respostas aos Comentários

Muito bem senhoras e senhores, amigos e leitores do nosso querido AfonteGeek, que andou tendo números incríveis de leitura nos últimos dias, estou a cá, para finalmente, dar um término à minha tese sobre roteiros de Anime.

Para dar uma relembrança, aqui os links dos três posts: Primeiro sobre os Roteiros Clássicos de animes, depois os Roteiros Modernos e por último os Roteiros Pós-Clássicos.

Primeiro Comentário

O Primeiro que recebi, é justamente do fato de eu ter citado Cavaleiros do Zodíaco, para apontá-lo como exemplo de anime que tem roteiro Clássico; a critica veio de um amigo otaku, que entende MUITO de animes, e se baseia no fato de eu não lembrar quase nada de CDZ.

Eu durante o post, deixei bem claro que não iria avaliar o enredo de qualquer anime em questão — inclusive de CDZ — e que na verdade, o roteiro é a forma de se contar a historia, não a historia em si.

Também deixei claro que Roteiros Clássicos possuem:

“-Explicações sempre que possível
-Diálogos no meio dos combates
-Costumam ter andamento bem mais linear
-E outras coisas…”

Contudo, devo dizer que meu amigo tem sim muita razão, porque não é sábio falar do que não se conhece. Procurarei agora só falar daquilo que já vi inteiramente; ficou a dica para mim.

O Segundo Comentário

The Mad Scientist

The Mad Scientist (Sci-fi mas não é Roteiro Moderno)

É muiiito parecido com o Terceiro e são os que mais me fizeram pensar; o segundo veio de um amigo leitor, o seu Felipe, que infelizmente não deixou email ou site — Felipe mano, aparece aê!

Ele falou que os animes que considero possuir roteiros Modernos, na verdade são animes de gênero Sci-fi, e meio que me desculpa, afinal — como eu sempre digo — não conheço o mundo dos animes. Sou só um cara que vendo Geass,  encontrou genialidade nos desenhos.

Contudo vi diversos outros animes que não são Sci-Fi e mesmo assim são modernos: todos pautados no mistério. Um exemplo que sempre gosto de deixar: Nazo no Kanojo X.

A tese dos roteiros Modernos:

-Não faz explicações de Tudo, só o realmente necessário ao andamento da historia;
-Pouquíssimos diálogos enfadonhos nas lutas/reviravolta da historia
[Na maioria das vezes, e graças a Deus, não temos mesmo!];
-A ação/motivação dos personagens contam a historia;
-Prestar atenção é vital, porque você pode perder muita coisa da historia, pela falta de muitas explicações.

 Terceiro Comentário

Feito pelo grande Chefe-Master [aka:Don Rodrigo], onde ele me disse, que na verdade os animes que considero Clássicos, são animes Shonen, ou seja, animes feitos para jovens,  com enfoque maior na ação.

Então são essas as criticas que recebi. Confesso que fiquei muito feliz com elas; primeiro porque são coments em textos chatos — eba! — e segundo que como não entendo muita coisa deste mundo [anime/mangá] é sempre bom dar um olhar para aquele que como eu, está aprendendo agora sobre essas verdadeiras obras de arte — tirando Tsubsasa Cronicles, hehe, brincadeiraaa!

Respondendo aos amigos

Dragon_Ball_Z_Filme_7_720p_Blu-ray_HUGOKAMUS

Devo repetir que meu amigo otaku — que não deixou eu dizer nome dele [RODRIGO] — tem total razão em afirmar que não posso falar daquilo não lembro totalmente; apesar que podia ter falado de DBZ em vez de CDZ. Mas ai caio na critica feita pelo Chefão, e a de Felipe, oras, DBZ e CDZ são Shonens, assim como o Guilty Crown que cito como exemplo de Moderno, é só um exemplo de roteiro de animes Sci-Fi. Resumindo, caí num mato sem cachorro. [fala serio!]

Mas confesso que não sei. Apesar que falando de roteiros de Filmes, temos mesmo isso, roteiro de filme de comédia é diferente de roteiro de ação, de terror… Mas sempre que vejo um anime novo, ou sei de um anime mais antigo, por uma review, ou por alguém, ou vi um primeiro episódio, eu vejo elementos dessas minhas teses que defendo.

Claro que o fato de eu ver, não significa que seja assim de fato, pode ser que só eu veja — e que tudo seja um opinião minha. Então temos uma conclusão ambígua aqui. Pode ser que tudo seja opinião minha.

Conclusão

Koi Kaze: Obra-Prima

Koi Kaze: Obra-Prima

Entendendo Assuntos Nerd e Otakus da Cultura Pop

O que são Animes Shonen, Shoujo e Seinen?O que são Animes feitos de Visual Novel? Quais são os tipos de Roteiros de Animes? – O que é uma Graphic Novel? – O que são Filmes Space Opera?O que são Épicos, Romances e Novelas? – O que são Animes e Cartoons? — Como são os Desenhos (Cartoons) da Atualidade e do que eles Falam? O que é Tsundere, Yandere, Kuudere e Dandere (Moe) dos Animes?

O que posso dizer sem dúvida, é que cada anime sendo uma obra-de-arte Única, vai depender da forma de como cada autor resolver contar sua história, e qual objetivo ele visa. E nada tira minha tese de mim, na verdade, uma humilde opinião, que cada vez mais, mangakás estão escolhendo formas diferentes das habituais de se contar uma história, mesmo que mantenha objetivos comuns, como a amizade, o amor, a mentira…

Abraços a todos! Brigadão pela atenção, nos vemos no Discutindo Animes! Não, não vou dizer sobre qual falarei… Mas dessa vez só vou falar daquilo que lembro, hehe! Fui!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s