Animes e Roteiros: Roteiros Modernos (Parte 2) – Entendendo Animes!

E para dar continuidade a série de Roteiros de Animes, vamos para a Parte 2, falando o que seriam os seus Roteiros Modernos. Como sempre dou alguns exemplos de Animes mas sem spolers deles!

Animes e Roteiros: Roteiros Modernos

Especial Roteiros de Animes

Roteiros Clássicos> Roteiros Modernos> Roteiros Pós-Clássicos> Respostas aos Comentários

Continuando nosso especial sobre roteiros, dessa vez vou falar um pouco sobre um anime que tem o roteiro que é justamente o oposto dos roteiros Clássicos. Se você não viu a Primeira parte aonde eu falo dos Roteiros Clássicos, basta segui o link!

Guilty Crown (click para ver uma review sobre o anime) cuja historia é simplesmente não-linear, não possui muitos diálogos em combates — somente pequenas frases mesmo, até agora não vi nada de batalho “pela honra”, só algo mais…forte — e que sim caros amigos, ficamos sem saber um par de coisas até, até…agora!

-Mas seu Tassio, como assistir um anime assim?

guilty-crown-page

História não-linear

Pois é, pelo andamento não-linear da historia, o que vai te levar a acompanhar o anime é simplesmente a vontade/mente/psicologia dos personagens, ou seja, o que os motiva a fazer as coisas e portanto o que faz o enredo e a história caminharem. Simples assim. Nada de dizer que a armadura de bronze é mais fraca que a de prata, simplesmente os fatos mostram as coisas.

Não existem explicações diretas de ‘poderes’, ou pausas para que coisas sejam ‘ditas’ por alguém. Animes com este roteiro exigem muita atenção do espectador, para que se possa realmente entender o que está acontecendo. As cenas são diretas, rápidas e precisas, não têm muitas partes enfadonhas de personagens sem algum sentido na trama central.

Mas é justamente as qualidades deste tipo de roteiro, que podem afastar os mais acostumados com o antigo. Como tudo parece ser muito rápido — o que faz parecer 25 min passarem em 10, o contrario do roteiro antigo, que as vezes faz parecer 50 minutos — muita informação necessária é contada em imagens! Sim amigos, não há muito diálogos que expliquem as situações, as ações falam por si mesmas, e é você quem deve entender o que está rolando.

Ahh imagem Moe!!

Resumindo o Roteiro ‘Moderno’:

1) Não faz explicações de Tudo, só o realmente necessário ao andamento da historia;
2) Pouquíssimos diálogos enfadonhos nas lutas/reviravolta da historia [Na maioria das vezes, e graças a Deus, não temos mesmo!];
3) A ação/motivação dos personagens contam a historia;
4) Prestar atenção é vital, porque você pode perder muita coisa da historia, pela falta de muitas explicações;
5) Foco principal no MISTÉRIO, não importa qual seja o gênero ou a classificação do anime.

Outro anime que teria esse tipo de roteiro, seria Nazo no Kanojo X, cujo tem uma Critica aqui mesmo no Blog, o que me faz pensar que esse tipo de roteiro prima pelo Mistério.

Conclusão

O que essa foto quer dizer? Que vai ter nova temporada? Mais mistérios rondam nossa querida história de amor com saliva [ecaa!]

Entendendo Assuntos Nerd e Otakus da Cultura Pop

O que são Animes Shonen, Shoujo e Seinen?O que são Animes feitos de Visual Novel? Quais são os tipos de Roteiros de Animes? – O que é uma Graphic Novel? – O que são Filmes Space Opera?O que são Épicos, Romances e Novelas? – O que são Animes e Cartoons? — Como são os Desenhos (Cartoons) da Atualidade e do que eles Falam? O que é Tsundere, Yandere, Kuudere e Dandere (Moe) dos Animes?

Só pra reforçar uma coisa, muitas boas historias acabam realmente mal contadas, ou  ruins mesmo, por causa de roteiros mal feitos. Ás vezes até uma historia não tão boa — o que não é o caso de Guilty, com um suspense bem elaborado — fica ótima com um roteiro bem feito.

Acho que este é o motivo de se procurar dar uma renovada nos roteiros mais clássicos, que as vezes, deixam a historia ‘lenta’ demais; mas de qualquer jeito, mesmo com os ‘modernos’, deve-se tomar o máximo de cuidado; nada que bons roteirista/diretor não façam — afinal, ela pode ficar tão corrido e mal explicado, que agente pode simplesmente, não entender nada.

serial experiments lain

Serial Experiments Lain – Outro bom exemplo de anime com “Roteiro Moderno”

E para ver a última parte desta série sobre os Roteiros dos Animes, basta seguir o link e ver sobre os Roteiros Pós-Clássicos. Boa leitura!

Então é isso, ficamos por aqui meu povo. Nos vemos na parte final deste especial. Fuiiii!

ps:”Essa teoria dos três tipos de roteiros, é só uma tentativa de entender como são feitos os animes, de uma pessoa que está só começando a os assistir; erros são comuns, naturais e esperáveis, então peguem leve pessoal, hehe!”

2 Respostas para “Animes e Roteiros: Roteiros Modernos (Parte 2) – Entendendo Animes!

  1. Só discordo com uma coisa, o roteiro de Guilty Crown não é moderno, é o estilo de roteiro mais batido de animes sci fi, mas tudo bem você não ver muito animes.
    Fora isso é um ótimo post!!!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s