Arquivo da tag: xxxHOLIC

Top 5 Mulheres Mais Lindas dos Animes! (Parte 2)

Cá estamos na PARTE 2 do Top 5 Mulheres mais Lindas dos Animes! Esse post é para você que é apaixonado/a por aquelas mulheres lindas e bem desenhadas dos animes. Bem vindos, e não esquecem de ver a PARTE 1!

Top 5 Mulheres Mais Lindas dos Animes! (Parte 2)

Top 5 Mulheres Mais Lindas dos Animes Parte 2

Mulheres Lindas dos Animes

PARTE 1PARTE 2

Mulheres + Marcantes dos Animes

Mulheres mais Poderosas dos AnimesMulheres mais Lindas dos AnimesTsunderes dos AnimesMulheres Moe dos Animes que DesejamosMilfs + Gatas dos AnimesCosplays Milfs dos Animes

Então você viu a PARTE 1, se matou de curiosidade e veio correndo ver a segunda parte, porque sabia que tinha uma mulher sexy — uma verdadeira sukubu — como Extra né? Tô sacando… kk. Por acaso separei algumas cosplayers com os links dos especiais aí durante o post.

Mas se você veio parar aqui e não tem a mínima noção do que trata o post, é melhor eu explicar antes de ir para as duas Mulheres Lindas dos Animes que faltam… mais a Extra. Coisas como character design e as personalidades delas.

O que é Character Design?

Yuuko Ichihara xxxHolic (1)

Se trata do “desenho da personagem”. Essa arte é o que deve ser “repetida” no decorrer do anime/mangá e respeitar o que o “designer de personagens” ou o/a mangaká especificou. No caso dos animes, parece haver um esforço do “character designer” em deixar os traços dos personagens não muito difíceis de desenhar, porque eles serão repetidos pelos animadores.

O processo parece ser o mesmo também com os mangás, porque o mangaká vai repeti-lo bastante. Um fato que acontece sempre é a mudança no traço da personagem com o passar do tempo nos mangás. É como se fosse uma evolução dela, do autor e da história, até fechar num “character design” único.

Maetel Galaxy Express 999 (9)

Isso acontece no anime só em caso de mudança de produtora ou mudança de público alvo — ou para acompanhar as mudanças dos traços do mangaká.

Em que se baseia minha lista?

Maetel Galaxy Express 999 (7)

Ela não é baseada em animes “moe“, ou nas personagens gostosonas. Então se vocês esperam ver aquelas mulheres bem gostosas, vejam o nosso Top 15 Animes Ecchi. A mesma coisa para aquelas personagens moe que dão vontade de beijar — para ver personagens assim vejam o nosso Top 15 Mulheres Moe dos Animes que mais Desejamos.

Fiz a lista pensando menos ainda nas personalidades mais comuns como as Tsundere, as Yandere… Para isso temos um Top 5 Tsunderes dos Animes que mais Amamos, e o especial “O que é Tsundere, Yandere, Kuudere e Dandere (moe?)” aqui no site. Qualquer coisa só ver os links.

Essa lista é baseada em duas coisas

Maetel Galaxy Express 999 (6)

NA ARTE das personagens. Se é uma arte bela, e que não parece só “personagem de anime” — ou que de algum jeito marcou toda a geração de animes. E Segundo, nas personalidades únicas de cada uma delas. Personalidade que deixou a arte ainda mais maravilhosa de acompanhar durante a obra. Sei que não vou agradar a todos mas…

Vamos ao post!

Belldandy – Ah! Megami-Sama (Oh! My Goddess)

"Ahh Beldandy samaaa"
“Ahh Beldandy samaaa”

Já falei muito de Ah! Megami-Sama e da Belldandy. Citei ela no Especial Cosplay das Deusas, no post do Fim do Mangá e também sobre uma Curiosidade para quem gosta de Oh! My Goddess. Isso não quer dizer que não posso falar mais focando na “deusa que todos gostam”.

Belldandy é a inspiração de quase todas as heroínas na maioria dos animes que vi. Desde shoujos como Itazura na Kiss com a Chris, passando por haréns como Ai Yori Aoshi com a linda Aoi. E a arte de Belldandy inspirou também, desde animes mais antigos como Love Hina, passando por Accel World, CLANNAD e até Amagi Brilliant Park. Tivemos quase um “antes-depois” da Bell: no que diz respeito aos cabelos, posição dos olhos e personalidade das personagens.

Ah! Megami-Sama O Filme 5

Por ela ser meio “me finjo de bobinha…” que é próprio das Personagens Moe, ela tinha de aparecer aqui na lista — e por ela ser “referência moe” Belldandy também aparece no Top 15 Mulheres Moe dos Animes. Na verdade, se você ver uma personagem calma, doce, amorosa, “perfeita”, “boa dona-de-casa-meio-mãe”, pode ter certeza que teve alguma inspiração na deusa.

Vamos combinar… Ela é como uma mulher “já mulher”. Que sabe o que quer… que espera que seu amado se mostre homem e capaz de ser Homem — tanto em caráter, ética e principalmente em suas ações. Talvez por causa de sua beleza, de sua “humildade”, ciúme extremo e do fato de ser “já realizada enquanto mulher”, que muitos desejam encontrar uma Belldandy em suas vidas.

Belldandy

Especial Cosplay Ah Megami-Sama e da Cosplayer Yaya Han

Maetel – Galaxy Express 999

Maetel Galaxy Express 999 (5)

Meu Deus é realmente emocionante falar de Galaxy Express 999! Feito pelo mangaká Leiji Matsumoto, ganhando Anime de TV e também filme, dirigido pelo gênio Nobutaka Nishizawa se trata de uma Epopeia Espacial, ou como gosto de chamar: Space Opera — assim como Star Wars e Star Trek. Space Opera? Explico o que é esse gênero Aqui.

Fato interessante que o próprio Leiji Matsumoto supervisionou o filme Interstella 5555 da banda tecno Daft Punk — com review de um álbum aqui no site.

Maetel Galaxy Express 999 (3)

Mas voltando… Não posso falar muito porque estragaria todo o suspense e mistério em torno dela no filme Galaxy Express 999 — quero que vocês vejam. Agora, falando da personalidade… Maetel lembra um pouco a Belldandy no quesito “Mulher já realizada enquanto Mulher” (sendo que veio quase 20 anos antes da deusa). Mas se a Bell ainda guardava um pouco de “inocência”, ou do “se fingir de boba”, Maetel não.

Ela é muito consciente de si e de seu corpo, e não precisa “se fazer de linda”. Não porque ela pense ser, ou que ela seja, mas porque ela é íntima de si mesma. Não tem intuito de mostrar ou esconder, mas de ser o que ela é.

Maetel Galaxy Express 999 (8)

Maetel também tem aquele lado mãe de guardar seu amado, assim como também espera que ele corresponda com força, coragem e segurança — até porque ela também precisa de segurança. Maetel é daquelas mulheres que eu diria ser difícil de achar, assim como também difícil de conquistar. Mas que quando feliz, te faz o cara mais feliz do mundo.

Falando de sua arte… Leiji Matsumoto fazia basicamente o “mesmo character design” para todas as personagens femininas. Talvez por ela ter uma aura de “Monalisa” e deusa-mãe que ela se torna tão linda!

Maetel Galaxy Express 999 (14)

Maetel nua, ou vestida com seu gorro e roupas de frio — que foram a inspiração para o character design da Irisviel de Fate/ Zero, que tem um Especial Cosplay no site — é aos meus olhos, mesmo tão parecida com todas as mulheres que Leiji fez, a mais bela da lista. Difícil explicar… Maetel mesmo aparentando ser tão jovem é mulher em si, sensual, doce… Quero uma!

Fonte: Myanimelist – [Link]

EXTRA – Yuuko Ichihara – xxxHolic

yuuko xxxholic
yuuko xxxholic

Outra personagem que já apareceu no site e ganhou um Especial de Cosplay. Vi as duas temporadas de xxxHolic e vou dizer a vocês… paixão. Provavelmente uma das personagens mais sedutoras e assustadoras que já acompanhei. Ela (que eu desconfio não ser humana) é de longe uma das melhores Milfs que vi.

Falando da Arte… Yuuko é longilínea, com braços e pernas muito longos, rosto marcante — que vibra entre o sensual, o misterioso e o cômico — e com seios beeem fartos kk. É uma arte linda, porque conceitualmente falando “parece feio”, mas as meninas da CLAMP deram tudo de si e ela ganhou também aquela “aura” de monalisa + malvada… como uma sereia de tempos imemoriais — a arte da Yuuko e até alguns olhares dela me lembram a Rea de Sankarea

yuuko xxxholic
yuuko xxxholic

A Bruxa das Dimensões (ela também aparece em Tsubasa Chornicles que tem review no site) ou uma feiticeira em xxxHolic, tem uma arte que merece estar aqui. Talvez não pela sua personalidade… eu não gosto muito da Yuuko como gosto de todas aqui… Mas ela não aparecer seria um sacrilégio. Yuuko é daquelas mulheres que pode te consumir…

Se você deixar.

Especial Cosplay da Yuuko (com outras Milfs) no Afontegeek

Conclusão

Yuuko Ichihara xxxHolic (5)

Como já disse, todas as artes fogem do estereótipo dos animes — mesmo que a Belldandy seja inspiração do moe, e por isso mesmo mereça aparecer. E como só fugir dos estereótipos como o Moe excessivo, ou as personalidades comuns como Tsundere, Kuudere, e etc, não foi o bastante,  vou falar um pouco mais:

Sanka-Rea
Rea de Sankarea

Lain é aquela menina da sua escola que você sempre se atraiu, porque ela parece tão misteriosa… A Rea é simplesmente linda demais para você não querer ela ao seu lado. Lain e Rea são as “lolitas” de nossa lista. Aquelas “Jovens Mulheres” atraentes que deixam qualquer um doido.

Re-l Mayer - Ergo Proxy (1)
Re-l Mayer a guerreira

Re-l Mayer é a “intrusa”. Aquela mulher forte e independente, que não precisa de você. Você que precisa dela! Guerreira e dominadora, você mataria para ela te deixar tocar as pernas torneadas que a Re-l treina todos os dias pela manhã.

Belldandy e Maetel se assemelham muito. Ambas são maternais, doces, fortes e independentes. Por isso esperam que seu parceiro corresponda tanto em coragem quanto em caráter. Apesar de serem diferentes por Maetel ser “A mulher Mais Velha que você vai conhecer na sua vida“, enquanto Belldandy ser “A que vai amadurecer junto com você“, ambas amam de modo incondicional.

Maetel Galaxy Express 999 (4)
Maetel e Tetsuro de Galaxy Express 999

Por fim Yuuko, a Súcubo! Dominadora e sexy, sugará sua alma se você permitir. Exatamente por ser mais velha, não usa sua sabedoria “para o bem” como Maetel, mas para ter você cada vez mais a seus pés. Seus “atributos” físicos e psicológicos não estão ali “porque ela se sente mulher”, mas para te dominar melhor.

yuuko GIF
Yuuko.. que súcubo linda

Só de descrevê-la fico “alegrinho”kk. E se me perguntassem, diria que Yuuko prefere meninas que meninos — pois é, pois é, pois é!

————————————-

Rea Sankarea (3)
A Rea às vezes parece a Yuuko quando ainda era adolescente rs

Top Animes que valem à pena Assistir

Animes de Ficção Científica – Animes Seinen – Animes de Drama – Animes de Ação (Shonen) – Animes Shoujo – Animes de Romance – Animes de Ação e Romance – Animes Haréns – Animes Ecchi – Animes de Comédia

Muito bem meus queridos amigos and amigas, quer dizer então que vocês gostaram das últimas duas escolhidas, só que por acaso ainda não viram as outras que compõe o Top 5 Mulheres +Lindas dos Animes né? Basta vocês irem para a PARTE 1 deste post…

Obviamente a primeira parte temos as duas lolitas e uma mulher muito linda e guerreira… Vale à pena ver caso você ainda não viu! E aqui me despeço pessoal, espero que tenham gostado!

Abraço!

O que é Tsundere, Yandere, Kuudere e Dandere (Moe) dos Animes?

Você sempre quis entender o que é Tsundere, Yandere, Kuudere e Dandere (Moe) que aparecem nos animes, mas nunca encontrou um site para explicar? Sempre quis entender aquelas meninas mais doces, as mais briguentas ou as assassinas que aparecem nos animes? Então Você veio ao lugar certo!

O que é Tsundere, Yandere, Kuudere e Dandere (Moe) dos Animes?

O que é Tsundere, Yandere, Kuudere e Dandere (Moe) dos Animes

Entendendo Assuntos Nerd e Otakus da Cultura Pop

O que são Animes Shonen, Shoujo e Seinen?O que são Animes feitos de Visual Novel? Quais são os tipos de Roteiros de Animes? – O que é uma Graphic Novel? – O que são Filmes Space Opera?O que são Épicos, Romances e Novelas? – O que são Animes e Cartoons? — Como são os Desenhos (Cartoons) da Atualidade e do que eles Falam? O que é Tsundere, Yandere, Kuudere e Dandere (Moe) dos Animes?

Cá estou para explicar algo dos animes ou quadrinhos. Vocês podem ver mais textos dessa vibe do Afontegeek ai em cima no “Entendendo Assuntos da Cultura Pop”. Como o nome do site é A Fonte Geek, é natural tentarmos ser a Fonte para os amigos/amigas nerds e otakus.

Dessa vez vamos tratar das personalidades que mais aparecem nos animes. Explicando o que quer dizer Tsundere, Yandere, Kuudere e Dandare (as meninas mais moe). E como nem só de moças vivem essas personalidades, além de citar alguns exemplos de mulheres vamos fazer um traçado com os homens.

E com a realidade também.

O Termo “Deredere”

Ah! Megami-Sama
Mais amável que a Belldandy de Ah! Megami-Sama não dá… Tirando quando ela tá com ciúme… kk

De maneira geral os animes/ mangás separam as personalidade em gêneros. Isso é bem coisa de japonês, mas no fundo faz sentido — parece que na “vida real” eles também fazem isso para exemplificar as personalidades das mulheres (e aposto que eles também têm termos para as personalidades dos homens).

Tudo começa do termo “deredere” que significa “tornar-se amável”. Eu diria que é “como se é enquanto se está apaixonado, amando”. Então os outros termos são junções de palavras com outros significados e o termo “deredere“.

Tsunderes

Taiga de Toradora
Taiga de Toradora

O termo Tsundere é a junção entre “Tsuntsun” (uma onomatopeia) que significa “frio, brusco” + “deredere”. Ou seja, daquelas meninas que amam de uma forma mais… “briguenta”. Algumas das Tsunderes mais famosas são a Taiga de Toradora, Asuka de Evangelion e a Louise de Zero no Tsukaima. Veja nosso Top 5 Tsunderes dos Animes quem mais Amamos!

O normal das Tsunderes é que elas sejam meio… brutinhas, às vezes sadomazô, dominadoras e que sabem brigar bonito — é bem comum a gente ver Tsunderes dando chutes, distribuindo cacetadas e dando socos na cabeça dos protagonistas desavisados.

Asuka - Evangelion
Asuka – Evangelion

Para meu espanto elas sempre aparecem em Haréns Ecchi (siga o link para ver o Top 15 Animes Ecchi do Afontegeek) e também não tenho ideia de como elas conquistam os corações dos marmanjos por ai. É muito comum a gente ver pessoas defendendo com unhas e dentes a Asuka de Evangelion ou a Kirino de Ore no Imouto. Eu sinceramente não entendo, porque Tsunderes não são minha vibe kk.

Kirino - SO COR RO
Kirino de Oreimo

Mas esse jeito que Ruma Livros ou que taca a Espada de Madeira na cabeça dos outros, pode ser para esconder uma fragilidade ou uma personalidade amorosa. Meio que esse é resumo de quase todas as Tsunderes. Uma mulher que muitas vezes tem medo das pessoas à sua volta e então parece ser bem malvadona — tudo uma casca para esconder uma flor. Mas às vezes ela é só uma Haruhi Suzumiya.

Watanuki de xxxHolic - Tsundere por Natureza
Watanuki de xxxHolic – Tsundere por Natureza

Menos comum em Animes Shoujo (ou qualquer anime) os “Homens Tsunderes” são peça rara. Geralmente aparecem em animes “Harém ao contrário” ou comédias. Citando alguns: o Tamaki de Ouran High School (mesmo tendo minhas dúvidas), o Watanuki de xxxHolic e o Mikorin de Gekkan Shoujo Nozaki-kun.

Dandere (As Meninas mais Moe)

Nagisa de CLANNAD
Nagisa de CLANNAD

Dandere vem da palavra “damnari” que quer dizer silencioso e “aquele que fala pouco” + deredere; são as mais tímidas. Eu meio que discordo um pouco do termo, tanto que ele não é tão usado no ocidente. Além disso, imagino que as Dandere sejam o tipo de personalidade que os japoneses “gostariam de ver” em uma mulher.

Eu prefiro muito mais o termo “Moe”. Indico a leitura do texto “Falando sobre Moe“, porque ele explica bem. Mas no geral, meninas Moe são tão presentes nos animes que me é natural falar. Temos até um especial aqui no site das Top 15 Mulheres Moe dos Animes que + Desejamos!

Sento de Amagi Brilliant Park
Sento de Amagi Brilliant Park

Então… Vamos tentar explicar isso: Nem toda personagem Moe é Tímida (Dandere). Tem duas personagens com personalidades diferentes e com Character Design “idênticos” que vou usar para explicar: a Sento de Amagi Brilliant Park e a Belldandy de Ah! Megami-Sama.

Ambas são Moe, mas são muito diferentes. A Belldandy — que inspirou o desenho da Sento — se finge de boba, e no inicio tem medo de encarar suas emoções. A Sento já é mais… ignorante, quebra o cacete, mas é bem retraída. Não dá para chamar nenhuma das duas de Dandere, porque elas não são tímidas como a Ryou de CLANNAD.

Belldandy "atacando" -- mesmo que enfeitiçada, hehe.
Belldandy “atacando” — mesmo que enfeitiçada, hehe.

Vamos dizer assim: Uma Menina Moe, ou seja, doce e que sabe conquistar com um olhar “sapequinha” sem ser vulgar ou Tarada kk… nem sempre é uma Dandere. Agora toda Dandere é Moe. Um exemplo ótimo para as Dandere é a Nagisa de Clannad. A Nagisa é Moe + de 8mil e ao mesmo tempo é tímida, calma, e forte feito uma rainha.

Acho que deu para entender né?

Ki-ja o rapaz ultra moe de Akatsuki no Yona
Ki-ja o rapaz moe de Akatsuki no Yona

E tem personagem masculino moe? Nos “haréns ao contrário” têm. Assim de cabeça eu lembro do Ki-ja de Akatsuki no Yona. O cara é tão moe que eu quase fiquei balançado kk.

Yandere

Yuno de Mirai Nikki - Yandere Master
Yuno de Mirai Nikki – Yandere Master

O termo Yandere veio da palavras “yanderu” que quer dizer “estar doente” + “deredere”… mais ou menos como “estar doente de amor” — fazer loucuras… Até ferir o amado/a. Aqui temos uma coisa bem interessante para continuar falando do Moe. Por exemplo, as Tsunderes sempre são aquela “armadura” que desabrocham em doçura e fragilidade — toda Tsundere tem seu momento Moe. Aliás todas as personalidades têm.

Mas no caso das Yandere costuma ser o Oposto. Elas na maioria das vezes são Moe, tímidas, com aparência de boazinhas… tudo para esconder aquele ciúme doentio. Um exemplo clássico de Yandere é a Yuno de Mirai Nikki. Ela consegue mudar fácil do sorriso apaixonante para um olhar psicopata.

Yuno "mode moe"
Yuno “mode moe”

Na verdade o termo acaba explicando como algumas pessoas podem parecer carinhosas, desde que você sempre faça o que elas querem.  É como um aviso — olhe bem quem você está namorando.

Outra personagem Yandere clássica é a Kotonoha de School Days — clique no link para ver uma imagem +18 dela, hehehe; para quem gosta de gore! Eu fiz uma Crítica (sem spoilers) e uma Review (com spoilers) do Anime também. De modo geral, ela é moe, bem doce, quase tímida (Dandare), mas vai mostrando que tudo pode desmoronar e mostrar quem ela é por dentro!

Soo-Won o cara Yandere de Akatsuki no Yona
Soo-Won o cara Yandere de Akatsuki no Yona

Um fato interessante é que recordo de poucos personagens Yandere homens. O mangá de Karekano talvez tenha essa vibe… já que o amor entre os protagonistas não termina bem segundo as fãs. E também de Akatsuki no Yona que Soo-Won é um carinha extremamente moe/ psicopata.

Fazendo um paralelo com esse assunto (poucos personagens Yandere masculinos) eu não lembro de um que o romance durasse. Já quando a Yandare é “ela”, os fãs torcem para que o casal fique junto. Outra curiosidade, que no ocidente temos muito mais histórias de homens psicopatas que matam suas esposas… meio coisa do “O Inimigo mora ao Lado”.

Kuudere

Rei Ayanami - Evangelion
Rei Ayanami – Evangelion

Espantem-se, porque o termo veio da forma como os japoneses pronunciam a palavra inglesa “cool”; cool quer dizer “legal”, mas também, “frio” e “gelado”. Logo “cool” + deredere” são aquelas personalidades que “amam de um modo mais frio”.

“Como assim veio do inglês?” Isso é bem comum. Um exemplo clássico é da palavra “Kissu”. No Japão, até o fim da Segunda Guerra Mundial não havia termo para “beijar na boca”, porque era um coisa que só se fazia dentro de quatro paredes, entre duas pessoas que se amam. Foi por causa da influência americana que “beijo na boca”, passou a “ser coisa comum” e ganhou um nome: “Kissu”.

Isso explica porque "beijar" em shonens e seines é mais raro de acontecer do que em shoujos
Onegai Teacher – Isso explica porque “beijar” em shonens e seinens é mais raro de acontecer do que em shoujos

E eu costumo amar as Kuudere. Não porque elas são frias ou não demonstram sentimento. Mas é como se lá dentro tivesse um forno queimando! Não tem o exemplo das Tsunderes, que a “brutalidade” é uma casca para uma flor? Aqui a frieza sempre esconde uma candura enorme.

Irie - Itazura na Kiss
Irie – Itazura na Kiss

Já Kuudere Masculinos são os  que mais têm nos Shoujos. Como o Arata de Chihayafuru, o Irie de Itazura na Kiss, o Nozaki-kun de Gekkan Shoujo Nozaki-kun. Na verdade é o tipo comum para  “Badass” dos animes. Talvez porque a mulher japonesa os veja como os “homens perfeitos” — frios, másculos, mas com um coração que só elas sabem chegar.

Kore wa Zombie Desu ka 6
Eucliwood de Kore Wa Zombie

Claro que esse também é o tipo de personagem óbvio para fazer “ecchi de comédia” como a Nozomu de Kanokon, e a Eucliwood de Kore Wa Zombie. Só que nas mãos de autores sérios, essa timidez excessiva está ali porque a personagem sofreu uma dor muito forte ou esconde um segredo angustiante, tendo a doçura escondida. Dois exemplos de Kuudere clássicas são a Kanade de Angel Beats e Rei Ayanami de Evangelion (ambos animes com reviews aqui no site).

Conclusão

Urabeeee
Urabeeee

Para concluir, quero dizer que bons personagens ficam quase impossíveis de se identificar se pertencem a algum gênero. A própria Belldandy de Ah Megami-Sama que não podemos chamá-la de Dandare, assim como a Urabe de Nazo no Kanojo X e a Yuuko de xxxHolic (clique nos links para ver o Especial Cosplay da Yuuko e a Crítica de Nazo).

Quando um autor/ autora quer dar profundidade, esses gêneros somem. Ou porque eles se “misturam” dentro de uma personagem, ou porque “não se encaixam” nelas. E isso é Excelente! Por exemplo, como você vai chamar a doida da Kaga Koko de Golden Time? Ou a própria Urabe que oras é doce, oras bate em todo mundo, outra é tímida que não acaba?

Kanade e Otonashi de Angel Beats
Kanade e Otonashi de Angel Beats

Na verdade o que todos esses gêneros falam é que dentro de cada mulher (ou cada pessoa), sempre se esconde alguma coisa que não se mostra nas aparências. A Rei de Evangelion pode parecer fria, mas nutre amor por Shinji porque é clone da mãe dele. A Kanade escondeu um lindo segredo “só porque ninguém nunca lhe perguntou“.

Ou a Taiga que vivia solitária e a Nagisa que com sua família enfrentou muito sofrimento, sempre tentando sorrir e ajudar as pessoas que ama. No fundo, esses gêneros só demonstram que dentro das pessoas sempre há muito mais do que aparentam.

Haruhi e seu jeito Sucubu de ser
Haruhi e seu jeito Sucubu de ser

Menos a Haruhi. Ela não presta kkkkk

Fontes: Wikipedia: Tsundere [Link] /Wikia.hero – Kuudere [Link]

Tsubasa Chronicles – Review: É um Anime Muito Clichê?

Quem gosta de Tsubasa Chronicles ai? Pois é, neste texto vamos falar um pouco da história do anime/manga, falar um pouquinho sobre a recepção do público, e bem, dissertar sobre o primeiro episódio do anime! Vem comigo!

Tsubasa Chronicles – Review: É um Anime Muito Clichê?

tsubasa chronicles

Quem diria que a seção “Piores Animes que já Vi!” ia ganhar logo de cara, um anime da CLAMP né, verdade? Ela que conta com obras como Haruhi Suzumiya e Kimi ga Nozomu eien.

Mas antes tudo, primeira coisa que eu devo dizer aos fãs que já devem estar com vontade de me trucidar, é que este texto se trata tão somente da minha opinião pessoal, meu gosto e blábláblá. MAS, antes que comecem a “me bater”, devo dizer também que minha opinião será baseada em argumentos e premissas lógicos, logo, vai dar um “trabalhinho” bater “ni mim”.

Primeiro eu sei de alguns fatos

tsubasaO Anime de Tsubasa acabou tendo diversas mudanças com relação ao mangá, inclusive o nome, vejam só. Coisas foram cortadas, como o sangue das lutas, e até, acho eu, os personagens parecem “alongados”, mais “grandões mesmo” com relação ao original.

Muitas dessas mudanças se devem porque o anime passou na NHK que se bem lembro, é uma tv educativa/pública — não ia pegar bem ver sangue e ‘amor’ num desenho que passa na tvCultura Nippon. Meio que eu entendo bem essas mudanças. Parece que até o horário não era viável: passava muito cedo.

Também devo acrescentar que Tsubasa e xxxHOLIC — este que eu não vi, mas dois amigos meus viram e gostam bastante — são interligados.

E aqui meus amigos, começa minha critica

Duas histórias é meio complicado?
Duas histórias é meio complicado?

A ideia é genial. Contar num mundo paralelo as histórias de Syaoran, Sakura e seus friends, mas dentro de uma perspectiva Shonen, e além disso, poder transportar estes personagens para outros de outro mangá, no caso xxxHOLIC e a sua “bruxa das dimensões”.

Parece realmente a ideia mais genial do mundo, inclusive, para trazer àqueles fãs que gostaram de Card Captors Sakura, Chobits e tudo mais. Mas caros amigos, como acompanhar duas histórias diferentes? Este é o primeiro ponto. Nem quero imaginar a pressão que era ler duas histórias.

tsubasa facepalm Ep52Então como “ideia” a coisa parece ser genial. Mas como FATO parece ser no mínimo bastante difícil se ver as duas. Sem contar a incrível repetição de personagens, que convenhamos, é preguiça de criar/desenhar personagens diferentes.

Além disso, quem lê um Shonen? Sabemos que é destinado a “garotos jovens”. Mas xxxHOLIC não é um Seinen? Como fazer duas histórias serem uma, para públicos diferentes? Aqui eu acho que meu argumento é frágil — um fã dos personagens não se importaria.

Difícil de fazer, difícil de ler, ‘repetitivo’ até certo ponto por serem as mesmas personalidades em universos diferentes. Por que fez tanto sucesso? Creio que assim como procurar as “Cartas Clow“, procurar a “Mente de Sakura em forma de asas” deve atrair o leitor — rapaz eu achei isso o BICHO! Mas sejamos sinceros…já vimos esse filme, não?

Nossa..só tô batendo e nem falei do anime

Sakura pronta para ser salva!
Sakura pronta para ser salva!

Pois é, antes que alguém me pergunte, não vi o anime inteiro. Faltou-me paciência. Falando a verdade, não passei do Primeiro episódio, que começo a relatar agora:

Achei o começo genial. Meio rosado e com as musiquinhas, muito boas por sinal, sempre ‘entrando no momento certo‘, mas até ai nada de mais. Gostei do ‘love’ entre Syaoran e Sakura, dele ser “arqueólogo” e tals. Também tinha aquela tensão que os outros reinos participariam de uma busca que envolveria a ‘bruxa das dimensões’, vi tipo, “olhaa, legalzudo”.

Gandalf é você?
Gandalf é você?

MAS AÍ, apareceu…o Lelouch! E era o irmão da Sakura!!! Bomm tuudo beem. Mas então também surgiu o Yukito!! A coisa tava ficando cada vez melhor. Até chegar a linda cena entre Lelouch e Yukito, quando a Sakura foi dormir, ou saiu, e Lelouch com um cara de “ahaam” falou para o Yukito: “Finalmente estamos aqui sozinhos“, ahaaaam! rs

Nossa, se eu já estava quase rindo do começo rosinha com as músicas milimetricamente colocadas, a partir daí foi riso o episódio inteiro.

Eram cenas como: “DO NADA” aparece Lelouch com uma espada para ajudar o Syaoran, e lutando demasiadamente fodão, do lado o Yukito dando uma de Gandalf, aquela correria…e o melhor: um dos manolos dos outros reinos, malvadão.

Agora a última cena do episódio, e tenho CERTEZA que os fãs não notaram: Todo mundo chega em bolinhas rosinhas na casa da “bruxa das dimensões” vindos de cima — de cima da ‘onde’, ninguém sabe — menos o manolo malvadão de um dos reinos. Nãao, ele é mau, ele vem DE BAIXO, from Hell, rs! E para completar — esse diretor é um gênio — ele faz uma pose fodástica exatamente na hora que a músiquinha termina.

Nessa hora eu não estava mais me aguentando de rir. Eu e meu amigo, pausando cada cena sen-sa-ci-o-nal para rir e comentar. Ou seja, não tinha mesmo como continuar depois de uma maravilha dessas tão lotada de clichês.

Para finalizar

tsubasa_chronicle_shunraiki-42218
100% das imagens que achei: Syaoran com cara de “Lelouch”, Sakura com cara de coitadinha — clichê!

Eu sei que tanto o manga de Tsubasa RESERVoir CHRoNiCLE quanto xxxHOLIC devem ser grandes histórias. Mas creio que deu muito trabalho para acompanhar ambas. Também acho uma pena que fizeram uma adaptação tão ruim de Tsubasa, o que não aconteceu com o segundo — porque xxxHOLIC parece ser consenso: manga/anime como uma das melhores obras das Clamp.

Muito Chi não é?
Muito Chi não é?

Uma história com universos paralelos contada pela visão de Syaoran tentando salvar sua amada Sakura, sem mais o kawaai ou moe de Card Captors, com uma pitada de HOLIC, com certeza dava para ser um bom anime. Mas adaptações são assim mesmo. Algumas não respeitam os mangakás, e creio que essa foi uma delas — assim como a TERRíVEL adaptação de Yume Tsukai!

Por fim, não retiro nenhum de meus argumentos sobre a ‘boa ideia’ que foi unir duas histórias, mas que a realização não deve ter sido nada fácil, tanto para as Clamp, quanto para os leitores. Também não tiro os clichês da história como salvar a donzela e tudo mais. E haja dor de cabeça…

Abraços!