Arquivo da tag: video girl ai

Top Músicas de Animes! (Parte 4)

Como no último Top Músicas de Animes tivemos muitos animes de drama, no de hoje escolhi algumas músicas sensacionais de animes de ação que muita gente conhece ou deve conhecer! Vem comigo!

wolf-s-rain-cheza

Top Músicas de Animes! (Parte 4)

Parte 1 > Parte 2 > Parte 3 > Parte 4 > Parte Final

E cá estou novamente trazendo mais uma seleção de algumas das melhores músicas de animes! E já estamos na Parte 4! Claro que elas são um tanto do meu gosto, mas dessa vez contamos com a ajuda de um amigo para fazer a escolha de uma música.

E como eu havia prometido, dessa vez teremos músicas bem Animadas — porque a Parte 3 só tivemos músicas lentas.

Enfim, vamos ouvi-las!

Sora no Otashimono (Encerramento)

Sora-no-Otoshimono-wallpaper-sora-no-otoshimono

Essa é uma indicação de um grande amigo meu: o mano Arlan que mostrou a música, há um bom tempo no face. Como eu não gosto muito do anime fiquei surpreso com essa música sensacional — pena que não achei uma versão com as letras…

Pois bem, fiquem com esse ótimo e calmo encerramento, mas esperem, porque a próxima da lista é bem mais heavy metal!!

Gosick (Encerramento)

gosick1

Esse é um daqueles animes muito bem falados e que oras, vejam só, eu também indicio. É até engraçado falar isso porque geralmente costumo ver animes mais desconhecidos, como Serial Experiments Lain e Video Girl Ai (VGA), mas no geral, dá para dizer que mesmo hoje, Gosick tem ganhado muito status… não duvido que logo, logo seja considerado (se já não é) um anime cult ou “must to see”, como Lain ou VGA.

A versão está traduzida para português. E não podia ser mais heavy metal, mais Nightwish… Só faltou chamar a Tarja Turunen!

BlackRock Shooter (abertura)

black_rock_shooter

Eu acabei encontrando as duas versões, a Abertura, e também uma versão completa da música. Essa abertura está traduzida em inglês. E o que dizer?

Bom, só posso falar que ela é cantada por uma Vocaloid (eu sei, eu também acho bizarro). Saca vocaloid né? Vozes gravadas e depois “cantadas” a partir de um programa de computador. Eu sei, ficção científica. Mas real!O pior que essa música não sai da cabeça!

BlackRock Shooter (Versão Completa)blackrock shooter

Essa maior, também em inglês eu gosto mais porque a música está completa, com esse final que infelizmente não aparece na Abertura e é Muito Bom!

Já que estou aqui, reforço a promessa de um dia fazer uma Review de BlackRock Shooter, que apesar de correr o risco de ser achincalhado, eu gosto Muito mais do que Madoka Magica (Madoka que já ganhou review aqui no site e eu despejo todo meu hate no post… ou não). Claro, o argumento de BlackRock Shooter é muito bom: É sim preciso vivenciar as tristezas, para aprender com elas e crescer como pessoa!

Fate/zero (Abertura – 2º Temporada)

fate zero animekida wallpaper assassin beserker caster

É interessante saber que a primeira temporada de Fate/Zero não é assim, muito boa, mas tem diálogos realmente excelentes — meio que ela te segura para a segunda temporada que é um Ápice, outra obra-prima (desta vez shonen) da Type/ moon.

E se você se interessou pelas duas temporadas, saiba que a mesma produtora (Ufotable) que faz cenas Majestosas de ação, virá com Fate/zero III, ou melhor, vão refazer Fate/stay night com os mesmos recursos gráficos que tornaram essa série, um dos melhores shonens que eu já vi na vida!

Wolf’s Rain (Abertura)

wolfs rain

Wolf’s Rain é um dos animes com uma das melhores trilhas sonoras que eu já pude ouvir. Essa abertura mesmo eu ouvia quase todo dia e noite enquanto assistia o anime. Um primor de trilha sonora — só perde para a de Guilty Crown, porque aí é covardia.

Essa é uma versão com tradução em inglês e espanhol, então meio que dá para ver um pouco da letra. Agora fica aqui meu comentário de que…  não gostei muito do anime, hehe. Mas é só minha opinião pessoal, calma, rs!

Wolf’s Rain Coração Selvagem (Bônus)

wolfs rain humanos

Pois é, lá estava eu vendo o anime, acompanhado a vida dos personagens que mais gostava — que me ajudaram a ver o anime até o final;  eles são os personagens “humanos” — quando vi uma música em português, um MPB! Quase caí da cadeira!

São eles: o detetive Hubb que ficou o anime inteiro atrás da sua amada ex-esposa Cher (ela que havia pirado na batatinha por causa dos experimentos com Cheza, a menina-flor), e claro o caçador de lobos Quent, que se não me falha a memória já havia perdido a sua “cadela” Blue nesse ponto do anime.

Esses três juntos faziam cenas, que iam desde a coisa mais cômica do mundo, até a mais emocionante. O Quent e o Hubb juntos então (sem a Cher) eram Impagáveis.

Cheza a 'menina-flor'
Cheza a ‘menina-flor’

Meio que essa música é deles três. Ela toca exatamente no momento que o casal acima pensa numa vida depois que todo ‘o mito’ que é contado no anime termine — vamos dizer assim, um apocalipse provocado, e eles estavam no meio da confusão.

Pois bem, essa música MPB é cantada pela Joyce Silveira Moreno, ou apenas Joyce, e é um primor (e tem tudo haver com os três). Deixo Aqui um Link da Wikipedia caso queira saber mais da vida dela.


Então ficamos por aqui pessoal. Caso vocês queiram ver a Parte 1, Parte 2 e Parte 3, bastam seguir os links. Outra coisa que a Parte 5 já está pronta, e se eu fosse você ia correndo ver.  E nossa, fiquei feliz de relembrar de BRS… bons tempos! Espero que tenham gostado :).

Até a próxima!

Video Girl Ai – Review: Um dos Clássicos Seinen de Romance dos Animes

Quer dizer que você gosta de animes, principalmente de animes de romance, né verdade? Caso contrário não viria aqui para ler a review do seinen de romance, Video Girl ai. Mais um dos textos escritos pelo amigo Pierrot Glutton, ele fala um pouquinho desse anime que é um verdadeiro clássico do gênero. Curiosos? Vamos à leitura.

Video Girl Ai – Review: Um dos Clássicos Seinen de Romance dos Animes

“Obrigada por escolher o meu video, Meu nome é Ai Amano e tenho 16 anos. E você como se chama?”
“Por que você está tão triste?”
“Entendo… Seu amor não é correspondido..”

Com esse dialogo começa o anime Video Girl Ai, baseado no mangá de Masaku Katsura publicado entre 1989 e 1993. Os OVAS (não houve anime seriado) lançados encerraram antes da finalização do mangá.

Muito se fala sobre o purismo do conteúdo do mangá em relação ao que é colocado nos animes, bem… isso é outro papo também. Hoje iremos falar sobre o que VGA (Video Girl Ai) apresenta.

video girl ai 3

História

A história é sobre um protagonista, Youta Moteuch que não tem sorte no amor (novidade), e que por um milagre do destino (novidade) obtém um auxílio para o amor não correspondido. Falar sobre a história é algo que ao meu ver corta o barato de toda a parada.

video girl ai 4

Então podemos ir falando que esse anime possui algumas referências até hoje utilizadas em eroges, como a abertura onde o personagem alvo se apresenta. O interessante é que isso é de bem antes de games modernos e avançados (sei lá quantos bits que têm hoje) com uma possibilidade maior de jogabilidade.

Algumas coisas no formato que achei muito bom é que os episódios duram em torno de 22 minutos, com extras muito interessantes e que acho que deveria ter sido mantido, como um em que o autor da uma pequena entrevista, ou uma das cantoras da trilha sonora que também se apresenta.

video girl ai 6

Referências

Como história a coisa toda é agradável, não chega a causar suores nos olhos, mas não é insossa. Não há perdas excessivas, mas algumas perguntas ficam no ar. Talvez o mangá tenha respostas, porém é interessante notar que o formato utilizado é comum aos de hoje, sendo que são poucos os atuais que tenham uma qualidade boa como VGA.

Os japoneses são famosos por melhorarem aquilo que outro faz, porque podemos notar indiretamente a inspiração do filme Mulher nota 1000 (em inglês Weird Cience de 1985), quando uma mulher sai da tela. Mas podemos notar claramente que isso foi mera referência.

Pode-se dizer que a Ai foi uma das primeiras "Tsunderes". Ela não é bem uma Tsun por causa do seu jeito meigo... Mas é quase uma "proto-tsundere".
Pode-se dizer que a Ai foi uma das primeiras “Tsunderes”. Ela não é bem uma Tsun por causa do seu jeito meigo… Mas é como uma “proto-tsundere”.

Conclusão

Enfim, é um anime que vale a pena assistir pela quantidade de influências que se apresentam. Não apresento como influência original, mas que muitas coisas saíram dali… saíram.

video girl ai 5
Vai dizer que você não lembra do olhar da Belldandy de Ah megami-sama? — Não conhece AMS? Assista junto com VGA!!

 

Galeria de Imagens de VGA (Click para Ampliar)