Arquivo da tag: Thiago Furukawa Lucas

Curiosidades dos Animes que Todo Otaku Precisa Saber! (Parte 2)

Bem vindos meus amigos and amiguinhas nerds, geeks e otakus, que adoram saber curiosidades curiosas que quase ninguém conhece! Desta vez vamos às Curiosidades dos Animes que todo otaku ou mesmo Otaku Precisa Saber! Fiquem com a Parte 2 deste Especial!

Curiosidades dos Animes que Todo Otaku Precisa Saber! (Parte 2)

10 curiosidades dos animes parte 2 wall

10 Curiosidades dos Animes

Parte 1 > Parte 2

Especial Curiosidades Geek

Games > HQs > Animes > Gatas dos Games  > História > Segunda Guerra Mundial > Aviões > Tecnologia Militar> Desenhos Animados > Invenções e Tecnologias que Mudaram o Mundo > Tecnologias Espaciais do Futuro

Olá queridos amigos and amigas… Bem vindos às Curiosidades dos Animes que todo Otaku Precisa Saber! Como desta vez foram várias as curiosidades “curiosas”, fui forçado a dividir este post em 2 partes: Essa aqui é a Parte 2 do Especial

Seguindo o link (Veja as Curiosidades dos Animes que todo Otaku Precisa Saber Parte 1) vocês podem ver a primeira parte desse especial, ou mesmo clicando ali em cima. Espero que curtam porque deu maior trabalhão viu! Lembrando sempre que qualquer dúvida podem clicar nos links das fontes citadas!

Boa leitura a todos!

As Armaduras do Anime Cavaleiros do Zodíaco (Saint Seiya) não foram Desenhadas por Kuramada!

Masami Kurumada e CDZMuitos fãs de Cavaleiros do Zodíaco (Saint Seiya) sabem dessa curiosidade, mas como ela não deixa de ser curiosa… cá estamos nós. Então, na verdade quem desenhou a armadura dos cavaleiros de ouro e bronze para o anime não foi Masami Kurumada, mas sim Shingo Araki!

Vou explicar melhor: Shingo Araki na verdade animou muitos episódios do anime e foi ele quem remodelou completamente o desenho das armaduras de bronze e ouro originais, feitas pelo Kurumada. Assim ele refez armaduras com peças que cobririam grandes partes do corpo dos cavaleiros e até mesmo os capacetes: para que se tornassem um atrativo visual para o público.

"Saint Seiya": Clássico dos Clássicos dos Shonens
“Saint Seiya”: Clássico dos Clássicos dos Shonens

Lembrando sempre que o próprio Kurumada tinha muita confiança no animador. E vamos combinar… Kurumada desenha mal pacas também. Ainda bem que existiu um Shingo Araki na vida dele kk.

Fonte: Wikipedia – Shingo Araki [Link]

O Mangá de Oh! My Goddess (Ah! Megami-sama) é a Mais Longa Série de Mangá Publicada nos Estados Unidos!

Ah! Megami-Sama vol 48 capa

Vai dizer que você não conhece Ah! Megami-Sama (Oh! My Goddes)? De maneira geral AMS (como nós fãs gostamos de chamar) é uma manga seinen de romance que conta a história de Keiichi que teve um encontro repentino com a deusa Belldandy.

AMS também é a fonte primária para todas as histórias de romance (no Japão) em mangá/ light novel/ anime que veio depois (AMS e também Video Girl Ai). Sejam os romances obras Shonens, Shoujos, Seinens, Joseis, eles sempre tem alguma referência do animes de AMS. Então se você está começando no mundo dos animes Precisa dar uma olhada no anime das deusas.

ah megami-sama

E para surpresa de todos… essa curiosidades vai para quem é fã de Oh! My Goddess (Ah! Megami-Sama) como eu: o mangá das deusas é a Mais longa série de mangá publicada nos Estados Unidos! O que me faz pensar o quão bem aceita e vendida AMS é por lá. Uma pena que ela já acabou não é verdade?

Aproveitando sempre para dizer que o Ah! Megami-Sama Scan postou o mangá traduzido das deusas Aqui no Afontegeek. Basta Clicar no Link para ler os Capítulos Traduzidos do Mangá das deusas pelo AMSScan pessoal!

AMSScan no Facebook
AMSScan no Facebook

Fonte: ComicVine.com: [Link] / O que são Animes Shonen, Shoujo e Seinen?: [Link] – Afontegeek

Diretor do Clássico Anime Serial Experiments Lain também Dirigiu REC!

autor de rec anime serial experiments lainEssa eu acho que nem todo otaku “velho de guerra” conhece. E pela grandiosidade da obra, com certeza merece aparecer aqui como curiosidade. Estamos falando do “anime original” Serial Experiments Lain (1998): um anime meio sci-fi, meio steampunk.

Lain é um dos animes que mais influenciou o mundo dos animes/ mangas, tanto pela sua temática trabalhada, quanto pelo estilo de roteiro e direção. Na verdade, mesmo obras mais contemporâneas como Sword Art Online e Madoka Magica bebem muito da influencia de Lain até hoje!


SPOILLERRR

serial experiments lainEnquanto SAO levou consigo o conceito de “Transferir a mente para a Rede”, Madoka levou a ideia de “tornar-se uma deusa” — ambas ideias expostas primeiramente em Serial Experiments Lain.

Na verdade, se você está começando a ver animes indico fortemente que veja, porque ele aborda até “Teorias da Conspiração” e digamos que “adivinhou” o “bullyng online” — num tempo que não existiam redes sociais e quase ninguém utilizava a internet.

Fim do Spoiler


rec animePois muito bem, apesar do criador original de Serial Experiments Lain ser Yasayuki Ueda (que também é o produtor) ele teve exatamente o mesmo diretor de animes como REC e Kino no Tabi (ambos animes indicadíssimos). Como ainda não vi Kino no Tabi, posso falar bem de REC: se trata de um seinen de romance cujo mangá perde muito na história comparado com seu anime de 9 episódios de 12 minutos cada.

E por que o anime é tão melhor que o mangá? Pela direção e roteiro maravilhosos feitos pelo incrível Ryuutarou Nakamura, que mudou a história em pontos certos e fez ela se tornar + dinâmica e prazerosa. É uma pena que Ryuutarou Nakamura que nos brindou com Serial Experiments Lain, REC, Kino no Tabi e outras obras, nos tenham deixado tão cedo: em 2013 com apenas 58 anos. Deus esteja. Ficaram conosco essas obras primas!

Fontes: Animelist – Serial Experiments Lain [Link] /
Ryuutarou Nakamura [Link]

Hideaki Anno: Autor de Neon Genesis Evangelion é também o diretor de Karekano (Kareshi Kanojo no Jijou)

Hideaki Anno dirigiu Karekano e EvangelionEssa é outra curiosidade que eu acho que todo fã de anime mais “velhaco” sabe, mas que exatamente por ser inusitada tem de aparecer por aqui. Então, Hideaki Anno que é praticamente o dono de Neon Genesis Evangelion (porque o cara é o produtor, o diretor, “quem escreveu” e até o “key animator” do anime kk) também dirigiu (co-dirigiu na verdade) um “clássico” dos animes shoujo: Karekano (Kareshi Kanojo no Jijou).

Exatamente meu caro amiguinho e amiguinha, o mesmo diretor de Evangelion foi diretor, roteirista e “o que + ele tenha sido” de um anime shoujo lançado em 1998. Até ai… nada de muito anormal né? O inusitado é que ele saiu da direção da animação de Karekano porque teve disputas com a Mangaka da obra kkk.

Neon-Genesis-EvangelionProcurei saber melhor o motivo da briga… eu vi esse shoujo há muito tempo atrás e digamos que “tudo” o que vemos em Evangelion também vemos em Karekano: fundos vazios com pensamentos, conversas estranhas no final… se percebe “quem é o dono” da obra.


SPOILLERRR

karekano: "rei dos shoujos"
karekano: “rei dos shoujos”

A grande mudança é que  segundo os fãs que leram o mangá, Hideaki mudou o final: em certa parte do mangá o “herói” da estória “estupra” a mocinha (isso mesmo… os fãs que leram o mangá contam que o herói estupra a mocinha!).

E parampampam… tal fato JAMAIS ocorre no anime. Na verdade até a ideia de que eles transaram é “velada” até certo ponto da história que fica “óbvio” que eles transaram (“Ahh então aquele dia na casa dele.. ahaamm…”).

Fim do Spoiler


karekanoImagino que a briga entre a Mangaka e Hideaki foi justamente por essa mudança. E vocês, concordam?

ps: E como já é quase costume por aqui: siga o link para ler a Review do Anime Neon Genesis Evangelion pessoal!

Fontes: Animelist – Neon Genesis Evangelion [Link] /
Hideaki Anno [Link] /

Yuu Kamiya – No Game no Life: Primeira obra de um Brasileiro a se tornar um Anime!

Yuu Kamiya (Thiago Furukawa Lucas) brasileiro autor de no game no lifeEssa é uma curiosidade meio “antiga”, mas como sei que muita gente ainda procura saber “sobre o mangaká brasileiro que teve um anime feito a partir de sua obra” cá estamos nós. Para falar a verdade, posso dizer que o Afontegeek foi um dos primeiros sites a noticiar o fato 🙂 Então né?

O nome do brasileiro é Thiago Furukawa Lucas, mais conhecido no meio dos mangás como Yuu Kamiya. Na verdade ele é também o primeiro artista de manga estrangeiro a ser reconhecido no Japão e logo vindo do Brasil!

no game no life wall 1A coisa é meio engraçada porque ele é casado com uma moça chamada Hiiragi Mashiro, que por acaso é assistente dele.Também por acaso Yuu Kamiya outro dia (apesar de muito ocupado) esteve no Brasil para lançar o mangá/ Light novel de No Game no Life por aqui.

No Game no Life é o nome da obra que virou anime — uma animação excelente por sinal, feita pela MadHouse e que eu recomendo Muito! E só para fechar… a Alemanha pode ter vencido de 7×1, mas não tem um mangaka com anime e tudo trabalhando no Japão kk.

Fontes: Afontegeek – Yuu Kamiya: Primeiro Brasileiro terá anime de sua Autoria estreando esse Ano! [Link] / No game no Life: Mangá e Light Novel serão Lançados no Brasil [Link]


Espero que tenham curtido o post viu pessoal! Aproveitem a vejam a PARTE 1 desse especial sobre as Curiosidades dos Animes!

Vejo vocês lá!

Yuu Kamiya: Primeiro Brasileiro terá anime de sua Autoria estreando esse Ano!

Essa é uma das noticias que mais orgulho de ter trazido aqui para o site. Primeiro, porque foi realmente em “primeira mão” — quase nenhum site havia noticiado.

Segundo, que foi sobre um brasileiro bombando no Japão, e tendo um anime (No Game No Life) estreando baseado em sua obra. Parabéns Yuu Kamiya! Ahh… e o anime é muito bom!

Yuu Kamiya: Primeiro Brasileiro terá anime de sua Autoria estreando esse Ano!

no game no life wall

E finalmente voltando, apesar de eu ainda estar no período de avaliações, desta vez o Afontegeek trás mais uma daquelas notícias especiais que não se vê por aí em qualquer site. Se trata da notícia do Primeiro Brasileiro a fazer sucesso nas terras nipônicas.

Acabei vendo ela enquanto dava uma zapiada no forum Minnasuki que frequento para falar do mangá de Nazo e vez ou outra, postar alguma matéria daqui do blog. Quando de repente, vejo um dos amigos do fórum comentando os animes da nova temporada de outubro — temporada que vem com Little Busters Refrain, que estou louco pra ver — o anime, No Game no Life.

no game nO amigo Thanos veio com a informação de que um querido brasileirinho era autor da Light Novel cuja o anime se baseou. Se bem recordo, light novels são como livros ilustrados — eu dei uma olhada na LN de Spice and Wolf, e mais parece com roteiros de animes junto com ilustrações.

Então, antes de começar a falar do querido brasileiro que certamente deixou um monte de gente aqui querendo ser ele, vamos ver um pouco do anime No Game No Life.

 O Anime

Vou deixar a sinopse traduzida do anime, que parece ser um ecchi de aventura que fala sobre games, dominação mundial, etc. Vou deixar a sinopse e depois, um pequeno trailer do anime.

a Sinopse

A história de ‘No Game no Life‘ se centraliza em torno de Sora e Shiro, irmão e irmã que têm a reputação como brilhantes NEET (Não trabalha, não estuda, não fazem nada) hikikomori (trancados em casa) — Vale uma adendo: são jovens que não saem de casa e não vivem mais socialmente; as famílias japonesas são muito preocupadas com esse problema já que são uma sociedade tradicional — gamers que se tornaram lendas urbanas (?) na internet.

Esses dois gamers já consideram o mundo real apenas como um “jogo ruim”. Um dia, eles são convocados/escolhidos por um garoto chamado ‘deus’ para um mundo alternativo. Lá, ‘deus’ proibiu a guerra e declarou que este seria um mundo em que “tudo seria decidido através de games” — até mesmo fronteiras nacionais.

A humanidade foi levada para uma cidade que sobrou por outras raças. Sora e Shiro, os irmãos “inúteis”, serão os salvadores da humanidade nesse mundo alternativo?

Well, let’s start playing.

Sword Art Online - 09 (11)

Vendo essa sinopse consigo lembrar de muitos animes. Desde Sword Art Online que foi sucesso na temporada passada, até Yumeria que é um ecchi de fantasia muito antigo, mas com um enredo parecido. De qualquer jeito é claro que vou dar uma olhada para assistir o que nosso querido amigo fez — afinal, até aonde sei, essa é a primeira vez que temos um anime baseado na obra de um brasileiro — falei isso umas mil vezes.

Maas… e quem é ele?

no game no life autor thiago lucasSeguindo o link do Thanos. Fui olhar no mangaupdates quem era o rapaz. E descobri que ele é Thiago Furukawa Lucas, melhor conhecido pelo pseudônimo de Yuu Kamiya. Ele é o primeiro artista de manga estrangeiro a ser reconhecido no Japão, e logo vindo do Brasil.

A coisa é meio engraçada porque ele é casado com uma moça chamada Hiiragi Mashiro, que por acaso é assistente dele. Com esse nome, ou ela é descendente ou japonesa mesmo. Caso seja descendente, dá pra especular que ela ‘levou ele para o Japão’, e o resto é trabalho duro — mas eu não pesquisei se ela é descendente não, só tô imaginando!

Ou seja, sinto uma inveja crescente do público leitor, rs. Brasileiro, casado com uma possível japonesa/ descendente, se torna o primeiro autor estrangeiro a conseguir um anime baseado na sua obra. Eu de cá admiro ele demais. Nada é mais importante do que trabalho, e trabalho bem feito. Taí ele para mostrar.

Agora…pelas Imagens de No Game No Life, só consigo imaginar que ele gosta muuito de lolis, o que não me agrada nem um pingo. Mas faz o amigo Takanashi Souta dar pulos de alegria — cada vez mais penso que sou mesmo moralista.

Este slideshow necessita de JavaScript.


[Aproveitem porque eu não gosto de lolis/ecchi, e estou propenso a deletar essa galeria]

Se destacam nas obras do Yuu Kamiya gêneros seinen, shonen, shoujo-ai…o que me faz pensar que ele é bem variado na sua arte — mangas. E também o anime No game no Life que tem um mangá e uma LN.

Então é isso. Em primeira mão aqui no Afontegeek, o primeiro brasileiro que tem um anime baseado em sua obra, estreando já em Outubro. Pelo que estou vendo, muito ecchi, ação e tensão, nos esperam em No Game No Life!

Abraços!

Fontes:
ANN: [Link]
MyanimeList: [Link]
MangaUpdates: [Link]
Fórum Minnasuki: [Link]