Arquivo da tag: simbologia

Nazo no Kanojo X – Primeiras Impressões: A Namorada Misteriosa que tem Orgasmos de Saliva!

E vamos para as Primeiras Impressões de Nazo no Kanojo X, o querido anime da Namorada Misteriosa que tem Orgasmos de Saliva! Se você não conhece o anime, essa Primeiras Impressões pode até servir como Indicação. Sem spoilers, claro. Vem comigo!

Nazo no Kanojo X -- O que dizer?!
Nazo no Kanojo X — O que dizer?!

Nazo no Kanojo X – Primeiras Impressões: A Namorada Misteriosa que tem Orgasmos de Saliva!

E lá vou mais uma vez me arriscar no mundo dos animes meu Deus… Na época eu entendia muito pouco de animes, mas hey, não temam, eu (2018) ainda concordo com meu eu (2012). Sim, esse texto foi revisado por mimzinho agora, no ano da copa da Rússia, então não temam, ele está bom sim. E sim este texto NÃO TEM SPOILERS, então se você quer usar ele como Indicação, de ver ou não o anime, vem comigo.

Mas antes nós temos quer ler…

A [the mine] SINOPSE:

Nazo no Konojo X, ou Namorada Misteriosa X, é um anime que veio de um mangá que parece ser seinen — ou seja, que tem o público adulto como alvo, mas não se trata de ser +18. Mas sim é um mangá/anime ecchi.

Conta a história entre a menina Urabe Mikoto e o gurio Akira Tsubaki. A menina é tal da menina do cuspe… De forma resumida, o cuspe dela parece transmitir sentimentos, pensamentos, e todo o tipo de coisa, para a pessoa que ela tem algum tipo de afeição/ligação especial, e vice-versa. Ai bem, é troca de saliva para cá e para lá (Ecaaaa!).

Qual o Enredo do Anime?

O ritmo do anime é extremamente despretensioso, lembra um pouco as resenhas que já li sobre Ranma 1/2, e mesmo a aparência old school dos character designs lembram obras de Gonagai (mesmo eu pensando que “literariamente” tenham pouca a coisa ver).

Eu li muitas críticas sobre esse anime antes de fazer essa primeiras impressões, inclusive vi o vídeo lá dos meninos do VideoQuest— que eu costumo discordar muito do que eles falam, e na época, acreditem se quiser, eles eram minha “fonte primária” de animes. Hoje (2018) eu realmente não recomendo o trabalho deles.

Cuidado, vejo coisas Ecchi!!
Cuidado, vejo coisas Ecchi!!
A minha impressão é ambígua até agora nesses 7 episódios. Primeiro, temos uma Direção e Roteiros primorosos, visto que o grande movimento do anime é o Cuspe, e deixar a coisa aceitável é tão bem feito, que como eu disse, não tendo muito ecchi eu assisto sem problema.

Mas taí a questão meu amigo Otaku, nenhuma das criticas/reviews/videos que vi sobre a obra relatam o grande sentido que Creio eu, o autor tenta nos trazer:

A Simbologia

Temos duas histórias interligadas rolando na nossa frente: a da descoberta de um garoto sobre o que o é o ‘amor’ para com uma garota, e ao mesmo tempo, temos doses exaustivas e cansativas de símbolos usados a torto e a direito.

Mãeee, dá um HELP!
HELP!

Dado que se trata de uma obra seinen não vejo nada de incomum. Mas o que me preocupa, é a falta de preparo emocional do público que pode ver a obra. Visto porém que o autor visa claramente o japonês contemporâneo que não sabe como funciona um relacionamento a dois, no caso, com um mulher.

Simbologia/História/Sentido da obra

Bom, como aqui não se trata da crítica da obra, não vou defender os pontos Simbologia/História/Sentido da obra. E claro, para não parecer que estou sendo muito paranoico, hehe.

Alguém mais tá vendo alguma coisa dual na canga dela?
Alguém mais tá vendo imagens duais na canga dela?

Posso citar exemplos mais claros de símbolos, como dois limões — o limão para fãs de Yaoi significa sexo explicito na obra  — o uso da tesoura por parte da Urabe — pode significar o movimento lésbico; não que eu tenha nada contra ao Yaoi e ao movimento lésbico, claro — e enfim, tem muita coisa.

Então seu AdminTB, você Indica o Anime?

Olha, pra quem gosta de slice of life, ótimas direção/roteiro, história cativante, eu recomendo sim. Mas advirto, se trata de um seinen, e penso eu que é preciso se ter uma bagagem de vida para não ser atingido pelos símbolos expostos.

Cena de alguns episódios à frente para Instigar

 

Na boa, tirando a parafilia do orgasmo pela boca ou o  sêm… Digo, da saliva, é um anime bom sim, e nossa, muito engraçado! Mas o autor quer assim, paciência. E se você ficou curioso ou curiosa de como eu aguentei os símbolos e o ecchi, presentes na obra, e caso também você queira saber um pouco mais, dê uma olhadinha na Crítica (sem spoilers) que fiz sobre Nazo no Kanojo X.

Lá o texto é bem mais completo, não tem spoilers, e talvez faça você pensar duas ou até cinco vezes antes de ver o anime. Mas sincero? Vale à pena.

Abraços!