Arquivo da tag: Planetarian: The Reverie of a Little Planet

Animes da Temporada de Verão 2016 – Julho Primeiras Impressões (Parte 1)

Estão preparados/as para as sinopses, previews e pequenos comentários de todos os animes lançados para a temporada de verão dos animes, apara agora em julho de 2016? Nossos amigos pierrotGluton e Shuratus voltaram para trazer um pouco dessa temporada para nós, meros mortais!

Animes da Temporada de Verão 2016 – Julho Primeiras Impressões (Parte 1)

Animes Temporada de Verao Primeiras Impressoes parte 1

PARTE 1 > PARTE 2

Primeiras Impressões da Temporada de Animes: 2016

Temporada de Inverno (Janeiro)Temporada de Primavera (Abril) Temporada de Verão (Julho)–Temporada de Outono (Outubro)

Sejam bem vindos meus amigos and amigas a mais um Primeiras Impressões feitas pelo grande mestre, PierrotGluton, que não sei como ele vê todas as estreias.

Mais uma vez teremos as adições do amigo Shuratus comentando as “continuações” — você pode ver elas seguindo direto para a Parte 2 — enquanto que eu como sempre, o seu amado #AdminTB, comento com os colchetes [ ]. Bola pra frente — passo a jogada direto para o PierrotGluton — Ahh sim… os animes que ele deixa um asterisco* são aqueles que ele considera como as promessas da temporada.

Danganronpa 3 The end of kibougamine gakuen - Despair ARC

Bora galera para mais uma maratona. Achei realmente que dessa vez não iria conseguir terminar pela quantidade de coisas que tive envolvida na minha correria do dia a dia, mas estamos aqui com 33 de 34 estreias, e a única que não era estreia com uma razão plausível.

Como sempre é apenas a opinião pessoal minha sobre essa fraca temporada com algumas historias para se acompanhar, gosto é gosto, não se ofendam e nem me ofendam…rsrs… força!!

*Rewrite

Rewrite-menu

Um garoto zoeira, que brinca muito com as pessoas, alegre, boa praça… Sonha que é atacado por uma bela moe e a partir dali sonha que seu sangue é sugado todas as noites por ela, o enfraquecendo…. que parte disso é sonho? Que parte disso é verdade? Estreia com tempo dobrado… meio enrolado…. mas quem sabe?

rewrite anime

[Finalmente Rewrite estreou. Falo isso porque comentamos sobre ele — e Planetarian também — diversas vezes aqui no Afonte Geek, sem contar no nosso podcast AnimaNerd… sigam os links. Vendo o comentário dos fãs da Visual Novel, posso dizer que esse primeiro episódio segue “à risca” algumas cenas, deixando os fãs doidos de “ai meu Deus tá igualzinhooo”.

Mas… Rewrite diferente de outras obras da Key “animizadas” tem um ritmo corrido. Talvez porque tenha muita história para contar e poucos episódios para o feito. Justo este ritmo mais “acelerado” foi o que animou PierrotGluton… Quem sabe ele não termina a primeira obra da produtora da vida dele né?

rewrite

Outro ponto é que Rewrite em si tem muitos pontos clichês dos animes haréns — o segundo episódio me fez lembrar de Boku wa Tomodachi por exemplo… várias pessoas deslocadas que se juntam para fazer amizade. E dentro deste contexto “clichê” parece que temos uma história “grandiosa”, épica, com talvez um sentido profundo, coisas que são marcas da produtora.

Tá bom meu comentário né, do seu amigo do bairro, o AdminTB.]

Planetarian: The reverie of a little planet

planetarian-anime

O mundo acabou de novo… então… ok, esse anime é para quem gosta de um ritmo mais suave… beeemmmm suave. Digamos assim, aos que não são bem no estilo sugiro café ou red bull para acompanhar.

O administrador da página quer me matar por eu falar isso…. mals ai…rsrs… se ele me matar o primeiras impressões fica sem quem escreva… ele eu sei que não escreve…rsrs. [kkkkkkkkkk puutz fatos verídicos e verdadeiros kkkkk]

Bem produzido, prometi que vou ver ao menos 3 episódios da robô que tem uma vitrola quebrada, e é chatinha. Se fosse uma menina para o primeiro encontro eu realmente iria comprar cigarros (e olha que parei de fumar faz tempo).

Planetaria: O sonho de uma pequena estrela
Planetaria: O sonho de uma pequena estrela

[Olha o AdminTB dando pitacos de novo! Planetarian… nem acredito. Sua “kinect novel” foi lançada em 2004, e depois de ter ido para a steam, finalmente temos essa pérola em animação. Até agora a adaptação da novel está mais do que nota 10… simplesmente perfeita. Eu não preciso dizer nada, está tudo ali, principalmente a CHATICE MAIS DE 8MIL da Yumemi-chan kkk.

PierrotGluton talvez tenha falado sem perceber, mas fumar o “Lixeiro” também fuma e é normal que ele o faça numa situação daquelas com a Yumemi “fala que nem uma matraca” do lado kk. Mas aí vocês perguntam “AdminTB se a Yumemi é tão chata, por que continuar?”. Porque a ideia da Yumemi ser insuportável está contida na história.

planetarian

Se vocês “aguentarem” e se essa adaptação conseguir conciliar DRAMA E AÇÃO, coisas que a novel faz com maestria… essa Yumemi que é chata até dizer chega vai te fazer chorar muito, mas muuuuito no final. E o lixeiro com seu final dramático também.

Com tudo correndo bem estamos perto de ver mais uma obra-prima da key em animação, só que desta vez com feels, ação e… Não posso falar, hehehe. Então… sejam fortes e aguentem a Yumemi mais um pouco, porque é tudo proposital. Deixo aqui também os links da Review da Visual Novel, Comentário no Podcast e Noticia no site — deem uma olhadinha que vocês vão curtir.]

Hatsukoi Monster

Hatsukoi Monster

Menina mimada que resolve ir para cidade grande para experimentar a vida como ela é (leia essa sinopse no começo como a voz do José Wilker no especial do fantástico sobre Nelson Rodrigues)*. Ela é salva por um estranho de ser atropelada e se apaixona de imediato pelo jovem alto e de olhos intensos…

Ela se declara a esse estranho que na verdade é um dos habitantes da república em que ela mora. Ele diz que se ela aceitar ele de verdade… ela, uma estudante secundarista… fica pensando… o que ele seria de verdade…. qual seria seu grande segredo? (encerra a narração séria aqui)… lembra muito Recorder to Randeseru Do, ou seja, ele é um estudante do fundamental.

Acho que será engraçado.

——————————–

B-Project: Kodou* Ambitious: Harem invertido, Idol… boy band, ou projeto de boy band, com vários núcleos de boy bands… Ah… sérião… só pela promessa de ver todos…. mals… só pra quem curte…. mina manja dos paranauês intuitivamente. [Tem um grupo de idols japonesas que tem várias formações: AKB48]

Love Live! Sunshine!: Da mesma toada… idols… só que um clube idol numa escola.

Bananya: As bananas são gatos…. pronto Era para ser kawai? Sei lá… 3 minutos de algo bizarro feito pelo cunhado do dono…. só assim pra explicar a presença disso.

——————————–

*Orange

Orange

Uma amiga já tinha falado a respeito desse… mas vamos ao plot… você tem arrependimentos na sua vida? O que você faria se você hoje, pudesse mandar uma carta de aviso para você no ontem? O que você diria? Quem você diria para amar, ou evitar?

Essa é a história de um grupo de amigos, que será contada, para lembrar de alguém que não está mais entre eles. Feelings… [Parece muuito bom].

Fukigen Na Mononokean

Fukigen Na Mononokean

Youkais são espíritos, mas… serão eles mals? E se eles fossem apenas espíritos solitários que precisam mais de atenção e um pouco de amor para serem libertos? Essa é a premissa dos exorcistas nesse anime… uma visão interessante. Alguns momentos engraçados, com várias reflexões. [Outro que parece ótimo — Yokai Watch mais serio?]

Tales Of Zestiria The X Online

Tales Of Zestiria The X Online

Baseado num jogo… acho. Bem, esse primeiro episódio mostra como tudo surgiu, então fica um pouco fora do contexto de como realmente será o restante do anime, mas digamos que o apocalipse acontece…. e estão a espera de um salvador. [Vou dar uma chance por causa de Bahamut.]

Sweetness and Lightning

Sweetness and Lightning

Na hora que ouvi a voz da protagonista jurei que era a voz da Naru de Barakamon, maas…. bati na trave… era a voz de Rina Endou, que dubla a amiga da Naru Hina em Barakamon, por isso achei a voz conhecida.

Fora esse detalhe, temos um pai que cuida de sua filha, e que sendo professor “adota” uma estudante que resolve ajudar a dar sempre comida fresca para essa pequena e adorável criança chamada Tsumugi. Slice, uma criança adorável… sou pai então sou influenciável por esse tipo de anime…rsrs… vamos dar mais chances para babar por crianças kawai desu.

*Taboo Tattoo

Taboo Tattoo

Um jovem salva uma pessoa na rua de ser atacado por valentões, e como recompensa, ele lhe dá uma tatuagem adesiva e cola na hora nele…. o detalhe é que a tal tatuagem adesiva na verdade carrega estranhos poderes que permitem ao usuário despertar poderes bla bla bla… uma organização esta atrás disso e bla bla bla…. bem… É bem produzido e garante entretenimento, nada inovador, mas eh melhor que ficar vendo horário político…

——————————–

Fudanshi Koukou Seikatsu: Fudanshi é cara que curte manga yaoi… viva a diferença.  Não pelo tema… mas pelo conteúdo. Deveria ser short comedy… acho que preferiram as gags, o cara curte yaoi e é confundido com gay… por ai vai. Não achei engraçado.

Scared Rider Xechs: Tipo power rangers…. não

Ozmafia: Muito cedo pra dizer coisa alguma, garoto chega a academia, não sei que tipo de academia, mas num primeiro momento só homens (yaoi?), gags fraquíssimas (short comedy) e um final suspeito… não me prendeu.

——————————–

Regalia The three Sacred Star

Regalia The three Sacred Star

Mecha. Achei interessante a diferença dele, nesse o robo interage na forma humanoide, no caso temos duas irmãs que se adotam, e no decorrer do episódio, a mais velha (e menor) se revela na verdade um robo gigante, e a irmã mais nova assume como piloto… achei interessante…. vamos dar mais uma chance. [Nossa… serio que você curtiu mano?? Bom essa sinopse aii… enfim kk]

Qualidea Code

Qualidea Code

O mundo que nós conhecemos acabou (é, de novo… sempre acaba…), sobreviverem umas crianças que foram postas em criogenia. Quem sobreviveu, criou áreas de conforto e desenvolveu tecnologia para que essas crianças agora despertas, possam lutar contra esse inimigo destruidor (nossa… ruim pacas esse plot).

Três cidades defendem uma região, em uma delas tem um maluco que acha que é o Tatsuya de Mahouka… mas nem a pau que é… e a irmã dele que acho que veio de Aria… mas belê. Produção ok. É só um anime mesmo, pode ser uma peneira também. [Não sei o motivo, mas pela sinopse lembrei de Attack on Titan]

New Game

New Game

No Japão, se o fulano não fizer faculdade ele pode optar por cursos técnicos e ir pro mercado de trabalho… a mina recém formada vai pruma empresa desenvolvedora de games… chega no trampo as oito da manha e sai as oito da noite… normal assim.

Mais um pra mostrar bastidores do mainstream das mídias otakus. [Esse me fez lembrar de Shirobako que fala sobre “como é a indústria dos animes”]

——————————–

Animes Temporada de Verao Primeiras Impressoes parte 2Essa foi a Parte 1 das Primeiras Impressões da Temporada de Animes de Verão/Julho meus amigos and amigas, feita pelo PierrotGluton que não sei como… vê todos esses animes kk.

Se vocês se interessaram, vejam também a Parte 2 dessas impressões seguindo o link. Sem contar que lá também tem comentários sobre as continuações de animes, das temporadas passadas, feitas pelo amigo Shuratus.

Boa leitura a todas and todos.

Planetarian: Chiisana Hoshi no Yume – Anime e Filme Confirmados para 2016 – Veja o Trailer Oficial!

Sim a noticia é verdadeira meus bons amigos and amigas. O anime Planetarian será feito a partir da Visual Novel Planetarian: the Reverie of a little Planet (que tem review aqui no site). E na verdade serão dois animes: planetarian: The Dream of the Small Star e planetarian: Star Person. Venham para ler mais sobre a noticia e ver o trailer oficial!

Planetarian: Chiisana Hoshi no Yume – Anime e Filme Confirmados para 2016 – Veja o Trailer Oficial!

planetarian-anime

Eu tenho orgulho em dizer que a página do Afonte Geek foi uma das primeiras, se não a primeira do Brasil a trazer esta noticia da possibilidade do anime de Planetarian — e depois CONFIRMAR o lançamento do Anime. Sim, teremos uma adaptação em anime da famosa visual novel (kinect novel) da dona Key/ Visual Arts chamada Planetarian: the reverie of a little planet — visual novel que tem uma review completa aqui no site.

Essa produtora é mesma dona de sucessos como CLANNAD e tem como um dos principais autores o grande Jun Maeda, responsável pelos animes Angel Beats e Charlotte — ambos com reviews feitas por mim, sendo a primeiro review postada aqui mesmo no site e a segunda, diretamente na nossa página do facebook.

Primeiro Video de Planetarian disponibilizado em 1º de Abril

Começo o post com este vídeo que fez o mundo “cair” entre os fãs da obra, porque nessa data ainda não se tinha confirmação do anime — que foi sair só alguns dias depois. O vídeo fica no meu coração por contar com a trilha original da VN e com a voz inconfundível da Yumemi dizendo (imagino eu): “O que você acha do Planetário?” — o Trailer Oficial segue aqui embaixo.

Inclusive dei uma palhinha sobre o lançamento do anime de Planetarian nas Primeiras Impressões da Temporada de Animes de Abril deste ano. Agora é a hora de trazer a noticia COMPLETA para o site, até porque o primeiro anime de Planetarian estreia agora em Julho. Isso mesmo… PRIMEIRO ANIME. Vamos com calma para explicar tudo direitinho para vocês.

Arte Oficial da Yumemi no Anime
Arte Oficial da Yumemi no Anime

O projeto de Planetarian não terá apenas UM… Mas sim DOIS ANIMES! Os primeiros cinco episódios em anime de Planetarian vão ao ar 7 de Julho via streaming online. Seguirão a história original da Visual Novel e se chamará planetarian: Chiisana Hoshi no Yume (planetarian: The Dream of the Small Star) — que é mais ou menos o nome original da Visual Novel mesmo.

Logo depois desses 5 episódios em anime que irão ao ar via streaming, teremos um filme intitulado planetarian: Hoshi no Hito (planetarian: Star Person) que vai estrear por lá em 3 de setembro de 2016 e contará o que acontece com Kuzuya (também conhecido como Junker ou Lixeiro) depois dos eventos principais de Planetarian — se baseando no DRAMA-DC lançado logo depois da Visual Novel Original.

Arte Oficial de Kuzuya "Junker" (Lixeiro) no Anime
Arte Oficial de Kuzuya “Junker” (Lixeiro) no Anime

Parece que a ideia da produtora (a David Production) é fazer com que nos primeiros cinco episódios em anime, ele conte a visão da Yumemi, que como referência é intitulada “This is a certain woman’s story” (Esta é uma certa história de uma mulher) enquanto que o filme que será lançado em Setembro de 2016 contará com a visão do Lixeiro, chamado assim de “This is a certain man’s story” (Esta é uma certa história de um homem).

Ficam os detalhes interessantes que esta produtora, a David Production, é a mesma que produziu animes como Code Geass: Lelouch of the Rebellion R2, Inu x Boku SS e as novas animações de Jojo. Outra boa curiosidade é que posso adiantar que a Yumemi será dublada pela MESMA DUBLADORA ORIGINAL da Visual Novel de Planterian, a Keiko Suzuki — ponto este que foi uma grande incógnita até certo ponto das noticias.

Trailer Oficial de Planetarian de ambos os projetos: Anime e Filme

Outra questão muito interessante é sobre o “Lixeiro” ou “Junker”, como era conhecido para quem leu a visual novel. Quem leu a obra original, o “Lixeiro” além de não ter nome, não tinha character design próprio porque ele não aparece na visual novel — pontos já esclarecidos tanto com o trailer oficial e agora com a arte que trago ai em cima do personagem.

Personagem este que na verdade se chama Kuzuya — porque é assim no Afonte Geek, nós trazemos sempre as noticias completinhas!

planetarian01

Este Trailer Oficial que deixo ai em cima para vocês se trata de um video de ambos os projetos (dos 5 episódios em anime que estreia agora em Julho de 2016 e também do filme de Setembro). O que mais eu posso dizer senão… OBRIGADO MEU DEUS! Estou vivo para ver Planetarian: the reverie of a Little Star em anime.

Vendo este trailer parece que vamos ter MUITA AÇÃO com ‪#‎feels‬ o que é uma grata surpresa! ‪

Planetarian e Rewrite — Entendendo um pouco os Animes da Key esperados pelos fãs

planetarian e rewrite animes key wall

Outra coisa interessante — clique na noticia do lançamento de Rewrite para ver o post na íntegra e entender mais sobre a obra — é que tanto Planetarian quanto Rewrite (que se trata de outra obra da Key que está ganhando versão em anime) serão lançados em Julho de 2016. Coincidência? Eu acho que não.

E caso você caro amigo ou amiga, tenha caído de “gaiato no navio” e não tenha a menor ideia das duas obras vou dar uma “palhinha”, começando por Planetarian.

Um pouco sobre Planetarian

planetarian_02

Planetarian: the reverie of a little planet que é a visual novel original que o anime de 5 episódios irá se basear, conta a história de um futuro aonde o mundo passou por uma espécie de 3º guerra mundial.

Nesse mundo destruído por bombas atômicas, não se pode mais ver o céu porque ele foi tomado pelas nuvens negras de chuva ácida. Ai se encontra o Kuzuya que é um “Lixeiro”. O Lixeiro é uma pessoa que cata objetos valiosos — desde computadores até “agua ardente” para que possa vender. Ele acabou indo parar numa cidade que um amigo seu havia avisado, que ele poderia encontrar ‘robôs estranhos’.

Planetaria: O sonho de uma pequena estrela
Planetaria: O sonho de uma pequena estrela

Digo ‘robôs estranhos’, porque a maioria dos robôs considerados normais neste futuro, na verdade são drones de guerra espalhados pela Terra — e eles atacam seres humanos! Um (ou melhor uma) ‘robozinha estranha’, diferente dos drones assassinos é justamente a Yumemi-chan, que cuidava de um Planetário e passou anos esperando um “cliente”. Assim começa a obra.

E Rewrite?

Rewrite-menu

A Visual Novel original de Rewrite, foi lançada em 2011, e se passa na cidade fictícia de Kazamatsuri, onde a civilização e “o verde”, as florestas, co-existem conjuntamente. Com isso, o jogador assume o papel do estudante Kotaro Tennoji (lembrando que as Visual Novel geralmente são games de conquista) e interage com seus colegas de classe Kotori Kanbe, Chihaya Ohtori, etc.

Mas seguindo o link você poderá ler a noticia de que o anime de Rewrite não será exatamente igual a Visual Novel

rewrite sakuya-vs-kotarou

Itaru Hinoue que trabalhou em Air, Kanon e Clannad foi o criador de projeto do game e principal ilustrador. Romeo Tanaka, Ryukishi07 (que fez um game de survivor horror baseado na “fórmula Key de criação”) e Yūto Tonokawa escreveram o enredo e os cenários do game.

Enquanto o GÊNIO Jun Maeda, que foi quem liderou as equipes responsáveis nas principais obras da Key (Clannad, Air, Little Busters e Planetarian claro) desta vez só se envolveu nas composições musicais e no controle de qualidade do game de Rewrite. Na realidade, pode-se dizer que Rewrite é a primeira obra da Key sem o gênio Jun Maeda na frente do projeto.

rewrite anime

Se bem lembro, Rewrite foi uma das Visual Novel mais vendidas da Key — verdadeiro sucesso de público e considerada por muitos fãs que pude ler comentários, como a melhor obra da produtora. Não vou mentir que a vibe em cima do anime de Rewrite é grande justamente por conta desse sucesso de público e crítica.

Então é isso pessoal. Espero que tenham curtido o post e… estou doido para ver essas novas obras da Key, em especial Planetarian. Promete viu.

Fontes: página do Afonte Geek no Facebook [Link] [Link] / ANN: [Link] [Link]/ MAL: [Link]

Planetarian: The Reverie of a little Planet (Review da Visual Novel) – Os sonhos que Movem a Humanidade

Aqui estamos na Review da primeira Visual Novel do Afontegeek., logo de uma obra feita pela produtora que mais admiro, a Key/ Visual Arts, autora de clássicos como Angel Beats e Clannad. Boa leitura da review da VN de Planetarian: The Reverie of a Little Planet!

planetarian 2Planetarian: The Reverie of a little Planet (Review da Visual Novel) – Os sonhos que Movem a Humanidade

Este é um daqueles textos que exemplificam bem o motivo da existência do Afontegeek: apresentar obras-primas. Hoje temos a que considero a segunda melhor obra-prima da Key, autora de clássicos como Angel Beats, Kanon e Clannad. Vamos falar da Visual Novel (ou Kinect Novel) Planetarian: O sonho de uma pequena Estrela.

Acabei reunindo opiniões de amigos/amigas sobre o que deveria colocar neste texto: foi consenso que eu deveria fazer uma Review bem abrangente. Então trago Sentido da Obra com Spoilers. Mas caso não goste de Spoilers, eles estão em Azul sendo assim basta pular quaisquer textos escritos em Azul e continuar sua leitura sem problema algum.

Lembrando que essa Visual Novel já tem um anime… na verdade são 5 OVAS e mais um filme lançados em 2016. Mas esse texto só trata da Visual Novel.

Visual ou Kinect Novel?

Não cito esse buquê na rival... para deixar a vontade de ler o livro.
Não cito esse buquê na review… para deixar a vontade de ler o livro.

Como explico no Texto sobre Visual Novel, elas são games de conquista. Mas no caso de Planterian temos uma Kinect Novel, a primeira feita e mais uma inovação da Key — que é referência para Animes e Novels. As Kinect Novel na realidade são Livros com Músicas e Imagens (Romances Multimídia aonde você lê e não “joga”). Este é o caso de Planetarian. E logo a estreia é outra obra-prima.

planetarian portugues
Planetarian FanTraduzido para o Português

Já existe uma versão Português-Brasileiro de Planetarian (na verdade Patch-Fantraduzida pela ZeroForcesTranslations) que eu também deixo o Link no fim do texto, assim como ela saiu em inglês para a Steam desde 2014. Lembrando sempre da questão dos Direitos Autorais e que NÃO fazemos Apologia à Pirataria (tanto que só deixo ai o link de path para tradução, feita de fãs para fãs).

Antes de tudo preciso dizer que esta review foi MUITO mais difícil de fazer que a de AngelBeats. Com uma das Trilhas Sonoras mais lindas que já ouvi, e um dos Character Design mais bem feitos que já vi da Key, junto músicas realmente maravilhosas.

“O que você acha do Planetário? Aquele lindo brilhar da eternidade que nunca se apaga, não importa quando… Todas as estrelas em todo o céu estão esperando por você.”

E a OST (trilha sonora) do jogo… ou enfim, da VN é fantástica. Principalmente as músicas Gentle e Song of a Starflight que são verdadeiros primores, mas infelizmente andam bem difíceis de se achar online, principalmente depois que fizeram… O ANIME, como eu já disse lá em cima. Mas mesmo assim coloco uma que encontrei e você pode ouvir ela no decorrer do texto.

Sinopse

planetarian reverie

Estamos em mundo pós-apocalípcto. Você (a estória é em primeira pessoa) é um “Lixeiro” (Junker) que fica procurando coisas que valham alguma coisa para revender ou se sentir bem, como um pouco de “água destilada” (que passarinho não bebe). Não se pode mais ver o céu. O mundo é cercado por drones (robôs com AI “descontrolada” que te atacam sem aviso).

Depois de várias guerras “nucleares” não há mais Estado. Numa dessas vaganças você acaba subindo num prédio para passar a noite. Seu amigo lhe disse para ter cuidado com os robôs que vivem nesta cidade. Esses robôs não são como os drones de combate… eles são algo que não pertence a este mundo. E lá… Você encontra a robozinha “quebrada”, que há muito espera um cliente para seu Planetário.

planetarian01

A estória parece fugir de todo o alicerce de drama construído pela Key e sua principal obra-prima: Clannad e Clannad After Story (vi a versão do anime). Planetarian fica distante das obras ‘animadas’ da Key não apenas pelo tema e sim pelos ‘pés no chão’ que apresenta: sem ‘outros mundos’.

Meu paraíso

Yumemi
Aqui a estória realmente começa.

Planetarian é uma estória com diversos momentos — não vou citar todos. Contudo vou mostrar aqueles que mais me emocionaram, junto com o sentido da história (lembrando que os Spoilers estão em Azul).

A robozinha vamos descobrir que se chama Yumemi-chan e esperou lá por muito tempo, porque foi abandonada no começo da guerra. De tempos em tempos ela liga — e ela liga bem no dia que você passa no planetário dela.

Numa das conversas ela faz uma pergunta que já fez aos humanos que trabalhavam com ela no planetário: Para aonde eu vou depois de morrer? Ora pro céu dos robôs! Mas ela não queria ficar distante dos homens. Não queria ficar com o “deus dos robos”. Ela esteve tanto conosco, ajudando a cada um que passava naquele planetário… com carinho, cuidado, amor… ela queria ficar perto de todos… esperou muito até o “Cliente” (você) aparecer.

O Sonho Humano (E o céu que buscamos)

full-image.phpMas como eu disse, não havia céu naquele mundo. O Lixeiro nunca havia visto as estrelas. Ele assim como todos, haviam perdido aquele sonho mais inerente ao humano. Era a hora dele reencontrar o céu.

Quando ajudou a pequena (chata, quebrada e kawaai) Yumemi-chan a consertar a Jena — o projetor — era a chance de fazer a robozinha e ele, sorrirem — mesmo sem motivo.

“Sim, tem sido assim. Eu realmente acredito que essa ferramenta estava aqui esperando para você usar, Sr. Cliente” “… olha, só ouça o que estou dizendo!” “Sim, o que é?” rsrs – Jena (projetor)

O projetor dos céus funcionou por um tempo, mas quebrou logo. Foi uma rara chance que ele teve de relembrar a mãe. Mas o belíssimo ponto foi ele quebrando, e a Yumemi falando do mundo. Do progresso, da busca humana, do olhar para os céus, dos sonhos. Do carinho, do resguardar, da ética e qualidade humana da qual ele nunca tinha ouvido.

E daí temos já construindo alguns pontos do sentido: A esperança, os sonhos humanos, e o religar.

A saída e o Amor

Kawaai!!
Kawaai!!

Depois disso era tempo do Lixeiro sair de lá. Eu como leitor já estava apaixonado pela Yumemi-chan, mas sabia de não haver motivos para ela junto. Ele “não queria” levar ela. Ela quem quis levá-lo para protegê-lo na viagem. Emocionado com o gesto de dever e afeto, ele aceita.

planetarian ingles 1
“Meu pequeno sonho”

No caminho algo foi crescendo. De uma forma interessante, não recordo dele falar que ama a Yumemi, como em Chobits.

Mas a impressão que tenho é que ele aceitou que ela viesse, porque ele começava a amar ela. No caminho, assim como no Planetário a viagem foi “estafante” porque ela era fraca, caía chuva ácida, e ela falava ‘pelos cotovelos’.

Era como trazer uma flor num mundo escuro. Ele na viagem não diz que a ama, mas não consegue mais imaginar sua vida, a vida de todos, sem a esperança e a verdade que a Yumemi traz — e o seu amigo avisara que esses robôs não eram deste mundo…

A Sacerdotisa e o Religar

Cena lindíssima
Cena lindíssima

Desde o momento em que a Yumemi o fez lembrar da sua mãe, ele no colo dela, ambos tentando olhar um céu que começava a cair chuva ácida, que sabíamos que Yumemi era nossa Sacerdotisa. Nossa “Priestess”. Ela estava lá para religar o humano ao humano, do lixeiro à esperança perdida, o devolver ao homem dos sonhos das estrelas.

Na viagem ele acaba enfrentando um drone gigantesco e pede para a Yumemi se esconder. O combate é emocionante, mas o drone vence. Com a perna ferida e quase morto, a Yumemi intercede — tenta “conversar” com o drone em vão. É morta e fica caída em meio a chuva ácida.

Esse foi o tempo perfeito que o lixeiro usa para atingir o drone com mais uma granada. Mas a Yumemi iria morrer. Aquela que ele não mais imaginava viver sem. O duro para mim não foi vê-la cair Destruída, mas foi a Yumemi contar via holograma sua vida no planetário. Como ajudava crianças, como viu o inicio da guerra, como todos a amavam e não queriam que ela ficasse para trás.

yumemi 3Neste momento eu confesso que fiquei em lágrimas. Yumemi-chan era a sacerdotisa que o religava a sua esperança, a sua humanidade, aos seus sonhos que foram perdidos. E ela sabia da guerra. Sempre soube. Sempre soube que ninguém passaria lá. Mas sempre esperou.

Conclusão e Sentido da Obra

planetarian reverie 1
“Parece como uma… jovem e baixinha mulher.” Planetarian o game que não é game.

No fim eu e o lixeiro nos encontramos. No último pedido dela, ele foi o deus que tirando suas memórias, iria usá-las para mostrar à outras pessoas que há esperança, há os sonhos das estrelas nos céus. Ela não iria ficar distante de nós, no paraíso dos robôs. E continuaria sendo a nossa sacerdotisa, que religa o homem às estrelas!

Planterian como vimos é profundíssimo. Fala da ética e dever humanos que foram colocados e sobreviveram nesta pequena e última sacerdotisa (robozinha).  A última robozinha portadora das 3 leis básicas da robótica. Portadora mais do que isso: Do sentido do humano.

Ela, portanto, tomou para si o dever de religar o humano, ao humano. O dever de ligar o homem ao seus sonhos de observar e “longing for”, de buscar às estrelas.

planetarian espanholNós não vivemos sem nossos sonhos, sem nossas esperanças do céu. Sem elas somos apenas cascos vazios vagando em busca de coisas para vender, comprar ou se entorpecer no esquecer deste céu negro que cai “chuva ácida”.

Ao mesmo tempo um aviso para que não deixemos o mundo terminar assim, é um relembrar, um religar, um esperar em ato — na presença da nossa sacerdotisa, a Yumemi-chan. Uma Esperança… um sonho de uma pequena Estrela.

planetarian 1No fim? Ferido, ele desiste de lutar. Talvez tenha conseguido escapar daquela cidade levando consigo a esperança de sua sacerdotisa. Eu gosto de pensar que ele conseguiu sair e levou-a para todos que precisavam.

ps: O “amigo” do Lixeiro me lembra Meu compadre Quelemém de Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa. Alguém muito importante mas que jamais aparece.

planetarian-anime
Imagem dos OVAs

ps²: O fato do Lixeiro/ Cliente não ter nome é sintomático. Fato presente nas grandes obras de Literatura. No anime, talvez justamente por ser um anime (para as pessoas se identificarem mais com ele), o personagem ganha um nome:  Kuzuya.

ps³: Um fato muito interessante a se comentar, é que a Visual Novel de Planetarian foi lançada no distante ano de 2004, e durante muito tempo ninguém jamais imaginou que ela ganharia uma versão animada, e muito menos um Filme em Anime contando parte da sua continuação presente nos seus  Drama CD. planetarian 01

Sem duvida alguma o motivo desta obra-prima ter alcançado às estrelas, se deve ao seu lançamento na steam em 2014 em inglês, o que fez o publico ocidental também conhecê-la, finalmente. Um verdadeiro milagre, devo dizer.

“O que você acha do Planetário? Aquele lindo brilhar da eternidade que nunca se apaga, não importa quando… Todas as estrelas em todo o céu estão esperando por você.” (uma frase de Planetarian).

Nota: 10

Ficha da Visual Novel

Produtora-Autora: Key/ Publicador: Key/ Visual Arts/ Kinect Novel
Ano: Novembro de 2004/ Game: Visual Novel, Kinect Novel
Título Original: Planetarian – Chiisana Hoshi no Yume
(Planetarian – Dream of Little Star)
Títulos das traduções:
Planterian – The Reverie of a little planet
Planetarian – O Sonho de uma pequena Estrela

Fontes

Wikipedia [ENG]: [Link]/ Wikipedia [Pt-Br]: [Link]
Sobre Planetarian: [Link] Visual Novel Database
Sobre Kinect Novel: [Link] Visual Novel Database
ZeroForcesCentral [Site BR sobre VNs]: [Link]
Patch da Tradução Pt-Br de Planetarian [Link] ZeroForcesTranslations