Arquivo da tag: oscar

5 Melhores Filmes da Pixar!

Bem-vindos meus queridos amigos a mais uma “lista de melhores alguma coisa” feita aqui no Afontegeek. Desta vez reuni os 5 Melhores Filmes da Pixar e espero que vocês gostem de cada um deles. E se caso não viram… que vejam logo!!

5 Melhores Filmes da Pixar!

5 Melhores Filmes de Animação da Pixar

Top Filmes do Afontegeek

Nerds e Cultura Pop – Drama – Terror – “Capa & Espada”  Corridas e Carros – Aviões e Guerra – Filmes de Animação Disney/ PixarFicção Científica – Filmes e RobôsFilmes de NatalCenas Marcantes do Cinema

Confesso que foi meio “hard” escolher somente 5 filmes da Disney/ Pixar para aparecer por aqui. Certamente que alguns mais antigos vão faltar, ou que vocês não concordem inteiramente com ela — ao menos com a posição que escolhi para os filmes.

De qualquer jeito vale sempre conhecer, ver ou relembrar cada uma dessas obras primas da animação 3D, feita pela nossa querida Pixar! E acreditem se quiser… mas todos os cinco receberam o Oscar! Ou seja… só tem filmão aqui hoje viu galera! Aproveitando também que a Disney a pouco tempo noticiou que teremos as sequências de Procurando Nemo, Os Incríveis e Carros! Será que alguns desses filmes aparecem aqui na lista?

Leiam e Descubram!

1º WALL·E

Wall-E 3WALL·E é na minha opinião o melhor filme da Pixar até aqui. Começo falando simplesmente uma das frases mais pesadas que poderia ser ditas e estou disposto a arcar com ônus de minha coragem. WALL·E foi lançado em 2008 e é do mesmo diretor de Procurando Nemo. Ambos ganharam Oscar de animação e ambos, aparecem aqui na lista.

Mas então… Por que WALL·E é a melhor animação da Pixar até agora? Porque ela é tudo que um filme esplêndido tem de ter. Um herói cativante, uma história de amor, um significado maravilhoso e “aquela coisa a mais”, que me fez colocar ele aqui em primeiro lugar e que todo bom filme precisa ter para ser Maravilhoso.

Wall-E e eva 2
Ahh o amor entre Wall-E e Eva… sacaram? EVA!

“O quê” a mais de WALL·E é simples: é Artístico. Apesar de ser uma ficção científica, também fala da história do cinema (por ser mudo), da história humana (como a dança) e nos relembra do quanto é importante arcar com nossas próprias consequências. WALL·E é um pequeno milagre, como a pequena plantinha que ele encontra para salvar toda a Terra. Se você ainda não viu… Que vergonha!

2 º Up – Altas Aventuras

up altas aventuras 3
Seu Fredericksen… saudades do grande Chico Anysio!

Outro ganhador de Oscar aparece por aqui e este por acaso, em meio a uma curiosidade. Dizem que Up (ao menos o começo do filme) foi inspirado em um curta de animação também produzido sob a tutela da Pixar. Para saber mais, siga o link para ver um vídeo que fala sobre as Curiosidades do Filme.

Voltando… como não falar da dublagem maravilhosa que o nosso saudoso Chico Anysio fez para o velhinho Fredericksen né? Ver o seu Fredericksen é praticamente uma remembrança do Chico. Fica também a curiosidade que o menino Russel tem o nome que me lembra o filósofo Bertrand Russell… eu sei nada a ver, mas né?

up altas aventuras 4Um filme que primeiro fala do quanto é difícil nos desapegar daquilo que amamos, mas que já nos deixou (ou que é preciso que nós deixemos para trás) para podermos voltar a amar a vida, e conhecer as grandes maravilhas do mundo. Um filme com um tema assim… Você tem que ver né não?

3º Procurando Nemo

"Oi eu sou a Dory!"
“Oi eu sou a Dory!”

Procurando Nemo tinha de aparecer aqui na lista, não só pelo Oscar de animação que ganhou, mas por duas coisas que mais são marcantes na animação: O amor do pai para com o filho; e aprender que amor é também liberdade. E claro… o extremo humor da Dory.

Andrew Stanton que dirigiu Procurando Nemo e também WALL·E como eu acabei de citar, conseguiu unir o mais importante que um Drama precisa ter: Comédia, dor e Superação da Dor. Confesso que tanto em WALL·E quanto em Nemo (mais em Nemo) “guardar o choro” para quem for “manteiguinha” é uma tarefa dura e árdua.

procurando nemo 2 doryE aprendam comigo meninas e meninos: O que um bom drama precisa ter é primeiramente Humor; depois separação e reencontro. E toda essa fórmula faz parte de Procurando Nemo. Como assim você ainda não viu?

4º Toy Story 3

toy story 3 1Outro ganhador de Oscar — eu realmente me pergunto se só teremos filmes dourados hoje! Toy Story 3 é de longe, o melhor de todos da franquia de Toy Story. Assim… de Muito Longe MESMO! Se os dois primeiros falavam mais de amizade e de persistência, finalmente tivemos um filme capaz de arrancar lágrimas do seu marmanjo interior.

Desta vez o filme além de ter acertado de forma genial na comédia (o Ken e a Barbie e o Buzz “espanhol” são hilários de mais) conseguiu transpor aquela coisa de “Animação é feita para crianças”, levando consigo o seu público que acompanhou láa de trás, a primeira aventura do Woody e do Buzz Lightyear (que aliás tem seu nome inspirado no astronauta Buzz Aldrin, que pisou na LUA junto com Armstrong).

toy story 3 3
Bonnie sua lindinha — Sinto que os ninjas cortadores de cebola vão atacar!

Como não chorar diante daquele Rito de Passagem, quando o Andy foi entregar seus brinquedos para a linda Bonnie? Estava eu no cinema com meus sobrinhos, e só Deus sabe como foi difícil fingir que segurar as lágrimas. Isso claro, sem contar a cena em que eles quase… bom, que eles quase viraram churrasco. Toy Story 3 é para você que cresceu e aprendeu a Amar animação.

5º Ratatouille

Ratatouille 1
Rémy e Linguini… ou seria Mickey e Walt Disney? Olha o Castelo da Disney lá no fundo!

E claro que a gente tinha que terminar com OUTRO OSCAR! Cara… isso chega a ser até cômico como só temos filmes “oscarizados”por aqui kkk. Mas não estou reclamando de que “parece ser roubado”, ou que a Pixar tem os “advogados” de certo time de futebol kk. Até porque, todos os filmes que aparecem na lista MERECERAM E MUITO o Oscar!

Pois muito bem… Quando vi Ratatouille, e quando eu tenho certeza que você amigo ou amiga que ver, e souber um minimozinho da história da Disney, vai dizer que foi um filme feito para homenagear a própria (que é “co-produtora” da Pixar… vamos dizer assim) e também do próprio gênio que foi Walt Disney.

Ratatouille 3 Gusteau
Toda Jornada do Herói precisa do seu “Obi-Wan Kenobi”

O filme pode ser resumido num ratinho genial, que cozinha como ninguém, fã de um renomado (mas difamado) cozinheiro, e que ajuda a um rapaz a… alcançar o amor de sua vida. Se você não achar que Rémy é uma espécie de Mickey é porque com certeza não sabe bem a história da Disney kk.

Acho também que esse é o único filme de Superação da lista. Uma verdadeira Jornada do Herói (não que os outros não sejam em algum ponto), mas de uma forma geral, realmente se trata de “vencer, se superar e se reinventar”. O que me faz pensar novamente num tal de Walt Disney… Ao meu ver uma homenagem linda e sincera.

Ratatouille 2

Abraços a todos e bons filmes!

Galeria de Imagens dos Filmes!

 

A Teoria de Tudo: Uma História de Vida e de Ciência – Indicação de Cinema

Temos aqui uma indicação de cinema do filme A Teoria de Tudo, feita pelo amigo Daniel, dono do site e página do facebook, Nerd Pobre , parceiro nosso. O filme conta a história do grande cientista Stephen Hawking, e teve diversas indicações ao Oscar. Vamos ler esta indicação. Lembrando que qualquer comentário, Daniel responde!

A Teoria de Tudo: Uma História de Vida e de Ciência – Indicação de Cinema

teoria de tudoOlá a todos, como estão? Vou fazer uma breve indicação sobre o filme A Teoria de Tudo que baseado na biografia do físico Stephen Hawking, que ficou famoso por seus estudos sobre buracos negros, tendo como sua obra mas famosa o livor “A brief history of time”, que tem como título em português “Uma breve historia do tempo: do Big Bang aos buracos negros”.

O filme mostra a historia de vida de Hawking desde o inicio dos seu estudos para seu doutorado quando tinha apenas 21 anos, e a descoberta que possuía esclerose lateral amiotrófica , uma doença motora que fazem com que os músculos parem de funcionar com o tempo.

a-histc3b3ria-do-cientista-stephen-hawking-portador-de-esclerose-lateral-amiotrc3b3fica-c3a9-interpretada-brilhantementeO filme foi dirigido por James Marsh e teve seis indicações ao Oscar, entre elas a de melhor filme e melhor ator, sendo que Eddie Radmayne acabou ganhando o Oscar pelo filme na categoria de melhor ator, por ter vivido o papel de Hawking no longa.

Durante o filme o ator britânico conseguiu emular todas as transformações físicas casadas pela doença. Não foi uma atuação de grandes falas, mas o que foi impressionante foi a forma como que o ator incorpora fisicamente as debilitações que Hawking sofreu durante a vida: toda perca progressiva de movimentos dos músculos do seu corpo, as dificuldades de falar e andar, e até mesmo a perda destas capacidades em uma atuação muito convincente.

24/09/13 First day of filming around re Stephen Hawking filmA teoria de tudo é um excelente filme que mereceu todas as indicações ao Oscar que teve, além de ter levado o prêmio de melhor ator. Ele vale muito à pena ser visto, uma grande historia de vida e deveras emocionante.

a teoria de tudo 02

Top 7 Trilhas Sonoras do Cinema!

Bem-vindos meus queridos amigos e amigas, mais uma lista de Top Alguma coisa do Afontegeek. Hoje escolhi algumas trilhas sonoras clássicas do cinema, para vocês ouvirem, relembrarem, ou conhecerem algumas preciosidades!

indiana rocky e harate kid trilha wall

Top 7 Trilhas Sonoras do Cinema!

Antes que alguém pergunte, sim eu fiz uma boa pesquisa sobre os autores das trilhas (então hoje vocês vão conhecer os compositores daquelas trilhas que tanto curtem). Escolhi alguns clássicos que só de ouvir os “panpanpan” vocês reconhecem o filme no mesmo momento.

Resolvi fazer esta lista porque outro dia “deu na telha” de relembrar clássicos como as músicas de Indiana Jones, Rocky, e tantos outros. Daí entrei numa discussão com amigos sobre o motivo das trilhas sonoras dos filmes de hoje não marcarem mais como antigamente. Um amigo levantou o motivo de porque hoje estão muito preocupados em colocar “cantores pop da atualidade”… o que no fundo, é uma verdade.

Mas enfim, vamos ao Top!

Indiana Jones

(John Williams)

Uma das Trilhas sonoras mais clássicas do cinema. Qualquer pessoa com um pouco mais de idade (hehe) associa na mesma hora “música a filme”.

Assim que se aperta o play, conseguimos imaginar o mítico professor e arqueólogo Indiana Jones, entrando com seu chapéu por entre alguma fresta de um templo perdido, ou dando socos e ponta pés em saqueadores de antiguidades.

indiana_jones_09

Tenho o Indy como um dos maiores heróis da minha infância e pré-adolescência, e ao ouvir essa canção-tema me emociono na hora! Meu sonho sempre foi e ainda é ser como ele, rs.

Enfim, rasgações de seda à parte, a trilha foi composta pelo MÍTICO John Williams, autor de trilhas de diversos filmes clássicos do cinema, e a segunda pessoa com maior indicações ao Oscar! O cara é velho figurão nas trilhas de Steven Spilperg (Jurassic Park, a Lista de Schindler e E.T. o Extra-Terrestre, etc).

Só para completar, Indiana Jones é criação do gênio George Lucas, mas dirigido por Spilberg. E eu só não falo mais do John porque ele vai aparecer de novo nesta lista!

Rocky: Um Lutador

(Bill Conti)

Agora vamos para a Trilha Sonora do filme Rocky: Um Lutador (na tradução brasileira). O filme venceu quase absolutamente tudo no Oscar de 1977 (Melhor filme, melhor direção, melhor filme de drama) é outro clássico do cinema. E recebeu indicação como melhor canção, a mítica “Gonna Fly Now” composta pelo gênio (o cara é genial) Bill Conti.

O filme tem algumas curiosidades interessantes. A primeira que o Roteiro foi escrito pelo PRÓPRIO Silvester Stallone, e ele arriscou bastante ao atuar ele mesmo como Rocky (ofereceram dinheiro pra ele desistir mas ele seguiu em frente).

rocky

Outra coisa que sim, Stallone também foi indicado ao oscar como melhor ator, e escreveu o roteiro em apenas 3 dias! Depois de assistir a luta entre Chuck Wepner e Muhammad Ali, aonde o Chuck resistiu ao embate durante 15 rounds e até Derrubou Ali.

A Gonna Fly Now ficou no topo das paradas na Billboard por uma semana (de 2 de julho até 8 de julho de 1977) de forma merecida, diga-se. Canção mítica que faz chorar até os marmanjos mais barbudos, tanto a trilha como o filme são um deleite, e me julguem, mas a atuação de Stallone tanto em Rocky I quanto Rambo I foram GENIAIS!

Darth Vader (Marcha Imperial)

(John Williams)

Olha o John Williams de novo! Eu sinceramente não sei dizer se ele é o compositor da mítica “Marcha Imperial“, mas como foi ele o gênio que fez a trilha sonora DE TODOS os Star Wars, é de se dizer que ele também fez essa peça magistral (aliás, a canção de combate entre os Jedis x Sith composta para os filmes novos, também é mítica!).

Para vocês terem ideia do quão “o cara” este mítico John Williams é, ele quem também fez a trilha do clássico de filmes de suspense: Tubarão (também obra de Spilberg). Depois dizem que dois raios não caem no mesmo lugar… neste caso, caiu várias vezes!

Karate Kid II

(Peter Cetera – Bill Conti)

Mas é impressionante como os raios insistem em reaparecer por aqui né? Segundo a querida Wikipedia, Bill Conti também é o responsável pela trilha sonora do filme Karate Kid, e confirmo dele também ter feito a trilha de Karate Kid II (canção que escolhi), só por causa desta Imagem, rs.

Por acaso, a mítica, “Glory of Love” do Peter Cetera (quem?) também foi indicada para o Oscar como melhor canção, e merecidamente, diga-se. Ainda estou pensando em “O que aconteceu com as trilhas de hoje, em?”.

Superman O Filme

(John Williams)

Mas esse tal de John Williams não para nunca! Ele foi o compositor do primeiro filme do Superman clássico (Superman O Filme) estrelado pelo também genial Christopher Reeve. É engraçado o tom “épico” que suas composições têm.

Se você parar para ouvir todas essas três músicas dele vai notar um “crescendo” muito presente, e claro, o teor épico que todas possuem. É um fato, o cara merece todas as indicações e prêmios da academia que ganhou. É um gênio (e ele fará a trilha sonora de Star Wars Episódio VII!!).

Batman (Tim Burton)

(Danny Elfman)

Danny Elfman é outro autor de trilhas cujas canções são inesquecíveis (assim como John, ele também fez parceria com um grande diretor de cinema, só que no caso, é o Tim Burton). Ele quem fez a trilha sonora de Edward Mãos-de-Tesoura, que vocês podem ler uma crítica sobre o filme aqui mesmo no Afontegeek.

Ou seja, se você lembra dos “uuuuuu” e aquele tom meio gótico, meio triste do “Mãos de Tesoura”, rapidamente associa ao próprio tema do Batman, que também é um clássico.

É engraçado que sempre lembramos mais do desenho do Batman ao ouvir essa música, que do filme (eu ao menos lembro mais do desenho rs). Isso porque se trata da mesmíssima música que também foi utilizada no desenho (que foi mudada mais tarde).

Mortal Kombat

Mortal Kombat: The Album (The Immortals)

E chegando quase no fim, creio ser esta a trilha “menos honrada” do nosso Top 7. Pois então, a trilha de Mortal Kombat foi feita pelos The Immortals (ou melhor, por Praga Khan e Oliver Adams, ambos produtores musicais belgas). No caso, essa música tema se chama Techno Syndrome (Mortal Kombat), caso alguém queria uma informação precisa rs.

E claro, foi justamente essa música que foi usada no filme de 1995 — porque na realidade, os The Immortals lançaram o álbum com essa música em 1994, e daí, ela foi utilizada no filme. Vai dizer que algum de vocês ai nunca ouviu?

As Aventuras de Tintin (desenho)

Menção Honrosa

E como menção honrosa, essa belíssima trilha sonora do desenho também mítico do Tintin. Por algum acaso o Jonh Williams (ele de novo!!) foi quem fez a trilha sonora do filme “As Aventuras de Tintim: O Segredo do Licorne” também dirigido pelo Spilberg. Mas como vi esse filme algumas vezes, não acho que o Williams tenha se baseado nessa abertura do desenho para fazer as canções do filme.

Voltando ao desenho, para quem não conhece, Tintin é uma série de livros feito pelo GENIAL Hergé, que rendeu mais tarde essa animação produzida pela Ellipse Animation (França) e pela Nelvana (Canadá) em nome da Hergé Foundation. Essa produção contou até mesmo com Philippe Goddin que é um especialista em Tintin.

tintin-e-milu

Bom mas… vamos imaginar que você não conhece o Tintin (como pode?!). Tintin é um jornalista que juntamente com seu cachorro Milu, desbrava o mundo atrás de furos de reportagem: como relíquias, enfrentar contrabandistas de drogas e até mesmo ir numa viagem à lua!

O próprio Spilberg é um fã de Tintin. Ele revela que descobriu a obra de Hergé logo depois de ter lido uma resenha aonde comparam o filme “Indiana Jones e os Caçadores da Arca perdida” a Tintin. Na realidade, o próprio Spilberg comprou os direitos das obras de Tintin e vinha “sonhando há anos” em fazer um filme baseado nelas. Na boa… não é à toa que sou tão fã, tanto do Indy quanto do Tintin.

indiana jones templebabe2

E ficamos por aqui senhoras senhores. Deixo a promessa de que em breve farei reviews dos filmes do Batman (feitos pelo Burton e pelo Nolan), de Indiana Jones e quem sabe, falarei um pouco de Tintin.

Abraços a todos!

Fontes (Wikipedia):

John Williams [Link]/ Bill Conti [Link]
Danny Elfman [Link]/ Mortal Kombat: The Album [Link]
As Aventuras de Tintin (desenho) [Link]
Rocky: Um lutador [Link]/ Karate Kid II [Link]
Batma, A Série Animada [Link]
As Aventuras de Tintim: O Segredo do Licorne (filme) [Link]

The Wind Rises: Novo filme do Estúdio Ghibli e do autor de A Viagem de Chihiro, E notícias sobre Uma História de Amor e Fúria – Nova Animação brasileira!

Mais uma vez o Afontegeek vem recolhendo informações para trazer aos seus leitores em primeira mão. Primeiro noticias sobre The Wind Rises (do mesmo autor de A Viagem de Chihiro) e logo depois, noticias sobre Uma História de Amor e Fúria, nova animação feita aqui no Brasil!

yoko_out

The Wind Rises: Novo filme do Estúdio Ghibli e do autor de A Viagem de Chihiro, E notícias sobre Uma História de Amor e Fúria – Nova Animação brasileira!

Finalmente venho dar essa noticia aqui no blog. Acabei descobrindo ela de um modo meio estranho, porém. Eu sou um fã de caças — aviões de defesa aérea — e sempre visito um do maiores sites sobre caças e aviação em geral no Brasil: O Poder Aéreo. Foi nele que com muita surpresa acabei sabendo da noticia desse novo filme.

wind-rises-projetistas-divulgação

O filme produzido pelo Studio GhibliThe Wind Rises” (Kaze Tachinu), do famoso diretor japonês Hayao Miyazaki que tem no currículo obras como a “A Viagem de Chihiro” e “O Castelo Animado” nos brinda com mais uma obra que promete ser espetacular. Eu de cá pude ver há muitos anos atrás — antes de voltar a ver animes — A Viagem de Chihiro, e apesar de lembrar pouco do filme, posso dizer que as impressões são muito boas.

O filme é comentado pelo próprio Poder Aéreo (deixei o link abaixo), cujo autor do texto o assistiu nas sessões desta 37ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Eu indico a leitura. De um modo em geral o filme fala da história Jiro Horikoshi, que foi o projetista chefe de um dos maiores caças da história da 2º Guerra mundial: o mítico A6M “Zero”.

wind rises-miyazaki1-580x326-divulgação

Mas como é um filme, ele também envolve uma história de amor e claro, conta com um personagem que irá ajudar o herói do filme a desenvolver seu caça com inspiração na natureza. De qualquer jeito, caso não se queira ler o texto que comenta o filme para saber um pouco mais, basta ver aqui mesmo o trailer.

O filme está tentando participar da próxima competição do Oscar de “Melhor Longa Animado” e também para o Globo de Ouro como “Melhor filme de língua estrangeira” — vamos desejar sorte para que o consiga participar da lista.

Um pouco sobre “Uma História de Amor e Fúria”

Uma História de Amor e Fúria 2

E aproveitando o ensejo, também quero destacar que um longa de animação brasileiro também tenta participar da lista para o Oscar de “Melhor Longa Animado”. Para quem não o conhece — eu vi uma review dele há muito tempo atrás, e não vi o filme na verdade — ele se chama “Uma História de Amor e Fúria”.

Conta com nomes de peso na dublagem como Selton Mello e Camila Pitanga — e com uma participação de Rodrigo Santoro. Pelo pouco que li a respeito parece realmente ser muito bom e fica a expectativa, para que junto com Wind Rises ele possa participar da lista do Oscar. Também deixo uma Review sobre esse filme num link logo abaixo. Uma História de Amor e Fúria 1

Abraços e sorte aos dois longas!

Comentário de “Wind Rises” : [Link]
Indicação ao Globo de Ouro também de Wind Rises: [Link]
Sobre o diretor Hayao Miyazaki: [Link]
Indicações ao Oscar: [Link]
Review de “Uma História de Amor e Fúria” (longa animado brasileiro): [Link]

O Palhaço concorre a uma vaga no Oscar 2013

O filme “O Palhaço” foi o escolhido para concorrer ao oscar 2013 para melhor filme estrangeiro.

O Palhaço concorre a uma vaga no Oscar 2013

O longa é dirigido por Selton Mello, conta a história do palhaço Benjamim (Selton Mello) e Valdemar (Paulo José) formam a fabulosa dupla de palhaços Pangaré e Puro Sangue. Eles vivem pelas estradas na companhia da divertida trupe do Circo Esperança.

Mas Benjamim acha que perdeu a graça e parte em uma aventura atrás de um sonho. Venha rir e se emocionar com este grande espetáculo. 

“Foi uma escolha muito difícil. O filme ‘O Palhaço’ consegue aliar tanto questões de um filme autoral, como de filmes para grande público, o que é uma novidade para o cinema brasileiro’, disse Flavio Tambellini, membro da Academia Brasileira de Cinema. “O longa tem bom roteiro, boa direção, bons personagens e um sucesso de público. Une a parte do cinema com a parte dos negócios”, comparou Carlos Eduardo Rodrigues, acrescentando que é “difícil dizer o que os americanos vão querer ver daqui a seis meses”.

Só nos resta agora desejar boa sorte ao Palhaço, porque ele irá precisar.

Confira o Trailer:

Oscar 2012: Comentário dos Filmes Premiados

Domingo passado 26/02/2012, foi realiza a 84ª edição do Oscar, a festa do cinema mundial. Em meio de muita discussão, por apresentar filmes tidos como “fracos” pelo público e critica,porém mesmo envolta dessa discussão todos acabam ficando curiosos com as escolhas da academia.

Oscar 2012: Comentário dos Filmes Premiados

Confiram agora os destaques da noite de premiação:

Martin Scorsese é um mestre do cinema! isso é incontestável. já havendo realizado grandes obras cinematográficas.E nesse ano também não foi diferente. Seu mais novo filme A Invenção de Hugo Cabret , ganhou as estatuetas  já esperadas, no quesito técnico.Mais do que merecido,pois A Invenção de Hugo Cabret é visualmente um filme impecável.

Quem levou o Oscar de melhor animação foi o fraquíssimo Rango, como essa foi a única animação que teve um bom número de comentários positivos, nada mais justo do que receber a estatueta.Isso mostra que foi um ano péssimo para animações.

A atriz Meryl Streep, ganhou o oscar de melhor atriz depois de 28 anos,pelo filme A Dama de Ferro.Streep era uma das favoritas nesta categoria. A atriz que é a maior recordista da premiação recebendo incríveis 17 indicações e 3 oscas na carreira, se consagra como a maior atriz de todos os tempos.Além do prêmio de melhor atriz, A Dama de Ferro também recebeu o oscar de maquiagem.

Comentário sobre o Oscar

O Artista recebeu os prêmios mais importantes da noite, como já era esperado. Melhor roteiro adaptado, Melhor Diretor, Melhor ator e Melhor Filme, ambos já esperados, devido a ousadia do filme.Confesso que para o oscar de melhor ator, estava torcendo por Gary Oldman, mas… fazer o quê né.

Essa foi a noite de premiações do oscar, onde os maiores vencedores foram homenagens para o cinema, em tempos de evolução tecnológica, o crescimento da TV e a crise do cinema.

Ah! esqueci de mencionar o Brasil… Na boa, alguém realmente achou que ele venceria o prêmio de Melhor canção original?

 Então eu vos digo meu amigo, a melhor chance de oscar que o Brasil teve, foi no filme O Pagador de Promessa, que na época concorreu a melhor filme estrangeiro e com Fernanda Montenegro, concorrendo à melhor atriz pelo filme Central do Brasil.