Arquivo da tag: Edgar Allan Poe

O Poço e o Pêndulo e outros Contos de Edgar Allan Poe: O Melhor do Suspense – Indicação

Então quer dizer que você gosta de contos de suspense? Pois então seja bem-vindo/a a esta indicação de alguns dos melhores contos do mestre do suspense: Edgar Allan Poe. Começando claro, com o Poço e o Pêndulo!

O Poço e o Pêndulo e outros Contos de Edgar Allan Poe: O Melhor do Suspense – Indicação

edgar alan poe o poço e o pênduloCá estamos para falar um pouco do grande escritor Edgar Allan Poe! Vou revelar a vocês que desde antes de eu fazer filosofia, que eu queria ler o conto O Poço e o Pêndulo — grande motivo por causa da música King of Terros, da banda de heavy metal Symphony X. Você pode ler uma review do álbum V: The new Mythology Suite dos caras seguindo o link.

Pois é, a música foi inspirada no conto, eu ouço metal… mas por acasos e acasos eu só vim ler o conto apenas em 2015! Ocorreu que fui comprar uma revista em quadrinhos do Chico Bento Moço para uma ex-minha, e como fiquei morrendo de vergonha… vi um compilado de contos do Edgar Allan Poe chamado “A Carta Roubada e outros histórias de crime e mistério” da editora L&PM Pocket e comprei.

A Carta Roubada e outros histórias de crime e mistério", Editora L&PM Pocket.
A Carta Roubada e outros histórias de crime e mistério”, Editora L&PM Pocket.

Torci para chegar em casa e ter o Poço e o Pêndulo — graças aos céus ele está neste compilado. Como sou um cara legal resolvi pegar 3 contos do mestre e fazer uma indicação para vosmicês. Começando claro por…

O Poço e o Pêndulo

edgar alan poe o poço e o pêndulo 2O que dizer em? Na realidade, a coisa que mais senti ao ler a maioria dos contos deste livro, é que Poe é um cara racionalista. Sim… muito racional direi mais. Falando do conto, se trata de uma pessoa que foi pega pela inquisição e que vai ser torturada até a provável morte.

Conta com passagens sensacionais, como o acordar do preso numa sala completamente escura e um poço profundo bem no meio (aonde ele tateando o lugar em meio ao breu quase caiu). As paredes são meio metálicas e lá ele fica preso por um bom tempo. Depois ele é amarrado a uma mesa enquanto ratos passam pelo seu corpo — porque ele escapa das primeiras tentativas de morte de seus algozes.

King of Terrors, Symphony X — melhor trilha sonora impossível!

Cara… o conto é um show da racionalidade humana. De como manter autocontrole, de racionalizar cada pedaço do lugar, pouco a pouco. Do que fazer a cada vez que os inquisidores mudam seus métodos de tortura.

É um verdadeiro primor do suspense — e da razão! Se você gosta de obras aonde a racionalidade se esmiúça para escapar da morte, este é o seu conto! E… será que ele escapa vivo dos inquisidores?

A Queda da casa de Usher

edgar allan poe a queda da casa de usher

Esse daqui eu digo que é tão suspense, ou até mais do que o Poço e o Pêndulo. Na verdade, a estória tem um suspense “em crescendo” bastante interessante e termina num verdadeiro assombro do impensável. Uma personagem resolve visitar um amigo de há muito, que está doente. A casa é terrivelmente sombria, dando para um lago esmo e solitário.

O tal amigo ainda vive com a irmã — ambos parecem doentes e amortalhados. Enquanto fazia a visita a irmã do amigo morre; e o tal amigo resolve colocar o caixão dela ma parte de baixo da casa, aonde tem uma porta de metal muito grosso. Ambos deixam lá a caixa fechada.

Depois de um tempo, numa noite sombria e tépida, com a chuva e ao redor. Sempre se ouvindo estampidos e sons que parecem vir de dentro e não de fora… ambos se encontram e começam a ler para tentarem esquecer daquelas macabras batidas.. quando seu amigo revela-lhe um segredo…

Final realmente inesperado não pelo segredo ou que se segue ao segredo, mas porque a alegoria da queda da casa se torna real. Suspense demais e indicação certa!

O Barril de Amontillado

edgar alan poe o barril de amontilladoEu sinceramente pensei em falar da A Carta Roubada no final, para dar uma amenizada… Ou então do conto sensacional chamado William Wilson, porque ambos representam bem o estilo racionalista, o crescendo e o final sempre em clímax que foram as principais características dos contos que li de Allan Poe até agora.

Mas como estou ouvindo ainda a King of Terrors, vou ficar com outra história de suspense e com final “assustador”. Aqui se trata de um conto de vingança. Um certo homem não aguenta mais as pilheiras de seu amigo. E em meio a festa (carnaval se bem lembro) ele resolve aprontar um ato de extrema… covardia é a palavra.

Com seu amigo bêbado da festa e as pessoas comemorando mal se dão conta que ambos, deixam o local para ir até a parte aonde ficavam os vinhos da casa — ambos tinham muito dinheiro e o vingativo levou-o citando uma desculpa de que “Alguém disse que tal vinho era melhor que o outro… Será que você sabedor que é, consegue me dizer qual o melhor?”.

edgar alan poe o barril de amontillado 2

Com este engodo, o vingativo o leva até a parte mais profunda da cripta aonde os vinhos são guardados, sempre o enganando com conversas bem pensadas para o primeiro se sentir necessário e bem quisto… quando de repente… O resto só você lendo!

Interessante citar nesta história que o herói, ou melhor dizendo, o protagonista é o amigo vingativo. Então… Você torceria por ele, para que seu plano macabro dê certo, ou para que o amigo enganado escape?

Conclusão

The Odyssey, Album que tem a música King of Terros, inspirada no Poço e o Pêndulo.
The Odyssey, Album que tem a música King of Terros, inspirada no Poço e o Pêndulo.

E aqui me despeço pessoal. Espero que curtam e que leiam os contos de Edgar Allan Poe que são ótimos exemplos de suspense, crescendo e clímax, junto sempre a uma atmosfera racional aonde aquele que melhor analisar as situações consegue se dar bem.

Abraços!