Arquivo da tag: Dungeon ni Deai wo Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka

Melhores Animes de 2015 – Os Mais Marcantes do Ano!

Nosso amigo pierrotGluton que ADORA animes e viu praticamente tudo que lançou em 2015, resolveu fazer o seu “melhores do ano”, escolhendo aqueles que seriam os melhores animes das temporadas desse ano de 2015, mais aqueles que ele considerou a Surpresa e o Melhor Anime de 2015. Bons post!

Melhores Animes de 2015 – Os Mais Marcantes do Ano!

Melhores Animes de 2015 - Os Mais Marcantes do Ano

Salve povo, 2015 acabou, muitas coisas aconteceram, e esse ano iremos começar com uma publicação bem pessoal, porque não realizamos enquete para escolher as melhores estreias, ao menos esse ano… Ano que vem iremos fazer diferente, iremos realizar enquetes dentro de cada primeira impressão de cada estação (season) de animes, ai teremos um referencial.

Esperamos que consigamos a ajuda (dos Cavaleiros do Zodíaco)  de algum deus Asura para implantarmos o Primeiras impressões – Reload, que trataria também das apresentações de continuações de outras séries. Diante de tanta informação ressaltamos para que ninguém se ofenda quanto as escolhas que fiz, sendo que reflete mera opinião pessoal, tendo questionamentos internos até mesmo aqui no AfonteGeek, mas…

Vamos lá

Animes da Temporada de Inverno – Janeiro de 2015

temporada de inverno 2015

Veja as Primeiras Impressões da Temporada de Inverno de 2015 (Janeiro)

Essa foi a temporada mais fraquinha do ano. Realmente achar alguma coisa foi difícil, não apenas pelo mais do mesmo (que foi a tônica dos últimos dois anos) que impera, mas que além de tudo, nem mesmo histórias minimamente interessantes rolaram. Temos como representantes:

Isuca

Isuca-anime

Boa diversão, nada que encha os olhos, mas com alguns itens da narrativa que se desenvolveram bem. A química do par principal(Shinichiro e Shymasu) funcionou, mas realmente ter aquela gatinha (Tamako) como bichinho de estimação me fez rever conceitos sobre gatos…

Shinmai Maou no Keiyakusha

Shinmai Maou no Keiyakusha

A história em sim não traz nada realmente a acrescentar, mas o fetiche BDSM ali presente realmente faz com que esse anime não seja a vibe de crianças e afins, apesar de não ser tão grande a quantidade de cenas nesse sentido. O que apareceu fez lembrar  Kanokon (ao menos os fetiches).

Animes da Temporada de Primavera – Abril de 2015

Temporada de Primavera - 2015 wall

Veja as Primeiras Impressões da Temporada de Primavera de 2015 (Abril)

Foi a temporada “normal”. Interessante, apesar de que onde houve bons, os outros realmente foram realmente muito ruins.

Shokugeki no Souma: FoodWars

food-wars-shokugeki-no-soma

Anime com um bom desenvolvimento (não assista de estômago vazio) e com boas risadas. É interessante ver o desenvolvimento de Souma-kun. Já foi anunciado nova temporada. Espero que acompanhe o manga mais um pouco. Diversão garantida, acompanhando a febre dos “Master Chef’s” da vida…

Dungeon ni Deai wo Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka

Dungeon ni Deai wo Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka

Curti esse desde o primeiro episódio. Gira uma “inocência” em torno do principal personagem, que é o único “afilhado” de uma deusa, que depois de ter sido salvo por uma guerreira de outra família, resolve se aprofundar realmente no mundo Dungeon. Ainda existem incógnitas a serem desenvolvidas, torço por uma segunda temporada.

Ore Monogatari

Ore Monogatari

Um shoujo muito interessante, onde o personagem principal é um grandalhão forte como um  boi e sua namorada miudinha (zilhões de pensamentos pervertidos da galera realçam os comentários dos episódios). Contam uma história bonita como foco, mas também uma grande amizade cerca a história, realmente enche os olhos em ver uma história bem elaborada.

Animes da Temporada de Verão – Julho de 2015

Animes da Temporada Julho 2015

Veja as Primeiras Impressões da Temporada de Verão de 2015 (Julho)

Essa, para mim foi a melhor do ano, pela quantidade e pela qualidade geral. Houve um foco específico nessa temporada… o ECCHI… realmente foram marcantes e presentes, sendo que por essa razão engrossaram essa lista significativamente:

Okusama Ga Seito kaichou!

Okusama-ga-Seito-Kaichou

Anime de  duração media. Fico pensando sinceramente se fosse com a duração normal… Em 12 minutos inundavam de momentos onde o termo tirar debaixo da trave realmente se aplicou constantemente…. em momentos com um grau de explicito que deixa os mais puritanos vermelhos… e os nem tanto também.

Apesar disso tinha uma bom desenvolvimento em se tratando da vida intima dos protagonistas. Risos e situações “perigosas” sempre presentes.

Gate: Jieitai Kanochi nite, Kaku Tatakeri

Gate Jieitai Kanochi nite, Kaku Tatakeri

Quando o “mundo mágico” confronta o humano, e descobre que uma bala fura a armadura do forte guerreiro… que helicópteros e misseis derrubam dragões… que mágicos também não são imunes a bombas de gás lacrimogênio…

Mas ainda assim, existem sacerdotisas com quase mil anos que parecem com crianças, e são mortais… extremamente mortais… Temos um herói, preguiçoso e que é otaku, que é soldado apenas para manter seu vício… mas ainda assim…. bom…. assistam…. realmente é bom.

Shimoneta to Iu Gainen ga Sonzai Shinai Taikutsu na Sekai

Shimoneta to Iu Gainen ga Sonzai Shinai Taikutsu na Sekai

No Japão (assim como no mundo todo) há uma grande onde de politicamente correto, Inclusive palavrões sendo banidos… eis o pano de fundo de Shimoneta, onde um grupo terrorista ataca distribuindo revistas eróticas, fotos de casais nus, revistas em quadrinhos pornôs…

shimodie

Lutando pelo direito de ver e falar sobre putaria… Muuuitas risadas, uma pena que uma das dubladoras faleceu recentemente, mas o trabalho deixado por ela foi mara.

 

Monster Musume no Iru Nichijou

Monster Musume no Iru Nichijou

Harém. Protagonista humano cercado por mulheres criaturas… ri muito, e muitas cenas calientes… Mas realmente há uma puxada de orelha quando ao que se define como humanidade, muito engraçado, todas as mulheres criaturas realmente querem traçar o hospedeiro humano. Vale apena seguir o manga também.

Overlord

overlord

Não é sobre a segunda guerra… É um assunto meio que batido. Player se prende a mundo virtual, mas sozinho e sem contato… Dá pra fazer uma analise comparativa como nos isolamos do mundo real e criamos um convívio virtual com coisas e pessoas distantes, e o próprio conceito de realidade como sendo o que se vive, mesmo no conceito virtual… parada doida…. e momentos de porrada também…. me diverti.

Animes da Temporada de Outono – Outubro de 2015

Animes da Temporada de Outono – Outubro de 2015 – Primeiras Impressões

Veja as Primeiras Impressões da Temporada de Outono de 2015 (Outubro)

Essa estação foi realmente ruim. Ta pau a pau com a primeira do ano. O que salvou realmente foi um anime com certeza e outros mais ou menos como falaremos a seguir:

Sakurako-san no Ashimoto ni wa Shitai ga Umatteiru

Sakurako-san no Ashimoto ni wa Shitai ga Umatteiru

Realmente esperava mais desse anime, talvez por isso me senti meio contrariado em colocar na lista. Não sei se foi a direção, ou o roteiro, não que tenha sido “ruim ruim”. Mas sabe quando você percebe que um personagem é desperdiçado (assisti até o fim esperando alguma mudança)? Essa é a sensação que me deu esse anime. Não sei se quero uma continuação.

One Punch Man

one punch man anime wall

Esse como um herói realmente salvou essa temporada final. Uma joia em meio a tanta coisa ruim. Em tempos de presença de heróis nas telonas, uma crítica a vaidade humana travestida de shounen porradaço…

Desde a forma de adquirir seus poderes, até os enfrentamentos (entediantes para nosso herói). Tudo é divertido. Que venham outras temporadas (desde que o mangaka consiga dar conta do recado).

A Surpresa e o Melhor Anime do Ano

melhor anime do ano e A surpresa

Por fim, quero citar dois animes que certamente não serão considerados unanimidades, mas suas especificidades que me prenderam e me fizeram fazer uma menção em separado para eles:

Surpresa do Ano: Jitsu wa Watashi wa

jitsu-wa-watashi-wa-story

Como assim surpresa?  Aquele anime que você não dá lá muita coisa no primeiro episódio… E vai te envolvendo mais nas “notas de rodapé” do que no escancarado? O escancarado é um harém escolar, com uma grafismo até meio tosco, sem muito capricho na forma e tal… Mas quando se fala sobre o que rola nas notas de rodapé…

(Ending de Jitsu wa Watashi wa)

Fala sobre sinceridade e a ausência dessa nos dias de hoje. Não a sinceridade ofensiva, a que revela os podres que todos temos como se fosse exclusividade alheia… mas daquilo que se tem no coração… e da dificuldade de assumir isso… Elém de ter a ending melhor do ano  (ao menos pra mim).

Melhor Anime do Ano: Plastic Memories

Plastic Memories

Porque cargas d’agua escolhi esse anime como o melhor do ano?

“Se meu tempo de vida fosse pré determinado, como será que eu iria encarar isso?” – Com essa frase começa o anime que já no primeiro minuto me prendeu, com óbvias referências a Blade Runner, mas com uma leveza que beira Ano Hana (criar memórias e vínculos que serão sempre guardados ).

Por todo o anime sempre é citado a nossa mortalidade, se não somos “giftias” (portadores da benção?) – como são chamados os androides; também temos nosso tempo programado (?) mas sem saber quando iremos… O que realmente usufruímos da nossa existência… que valor damos ao tempo que temos aqui? A sonoplastia ajuda em muito a criar o clima, num anime que possui algo raro… um ápice. Definitivamente recomendo Plastic Memories…. fellings presente.

——————————-

charlote wall

Como sempre eu, AdminTB, dou “aquela palhinha” para terminar os posts do amigo PierrotGluton. Então… fiquei fora “das paradas”, e mesmo animes que conheço o mangá, como Ore Monogatari e One Punch Man, eu não senti lá muito vontade de ver as animações. Segue a vida.

O único anime dessa temporada que vi foi Charlotte, que foi feito para comemorar os 15 anos da Key — a mesma autora de sucessos do drama como CLANNAD e contando com os mesmo autores de Angel Beats. Inclusive fiz Comentários “episódio por episódio” de Charlotte na nossa página do Facebook.

Rewrite-menu

Resumindo? Charlotte Não é Nenhum Angel Beats. E como não foi sensacional, e por eu não ter visto os animes dessa temporada, não posso falar que Charlotte foi um dos melhores animes do ano. Até porque, para mim, não foi o que eu esperava.

E esse ano já teremos Rewrite em Anime — siga o link para ver a abertura do game que vai dar origem à animação. Rewrite se trata simplesmente de outra obra da Key. É esperar para ver. Ahh sim.. também não vi Digimon Tri AINDA. Mas os amigos a-do-ra-ram.

Abraços meus e de PierrotGluton!

Animes da Temporada de Primavera – Abril de 2015 – Primeiras Impressões

E nosso querido amigo PierrotGluton na sua saga animesca para ver “todos os animes lançados por temporada”, vem nos brindar com suas Primeiras Impressões dos animes Temporada de Primavera – Abril de 2015. Espero que curtem pessoal, bons animes!

Animes da Temporada de Primavera – Abril de 2015 – Primeiras Impressões

Temporada de Primavera - 2015 wall

Primeiras Impressões da Temporada de Animes: 2015

Temporada de Inverno (Janeiro)Temporada de Primavera (Abril) Temporada de Verão (Julho)Temporada de Outono (Outubro)

Bem pessoal, novamente estamos aqui para mais um primeiras impressões. Até o momento foram 22 inéditos, já que o Primeiras Impressões não trata de continuações nem análises técnicas e sim de uma primeira impressão sobre os animes que saíram agora.

São opiniões pessoais, e por isso não irão agradar a todos. O que posso comentar é que nessa temporada a coisa melhorou em vista da desastrosa temporada passada onde particularmente só a do menino que tocava piano que se salvou.

Espero que os animes realmente sejam melhores. Alguns já me agradaram, outros ainda estão em análise, e outros realmente foram sumariamente dropados. Espero que curtam e comentem. Reitero, opiniões discordantes mas construtivas serão sempre aceitas.

Abraço a todos

PierrotGluton

Shokugeki no Souma: FoodWars

food-wars-shokugeki-no-soma

Começa com pai e filho disputando quem faz o prato mais delicioso e qual o mais nojento.  A trama se passa em torno de comida… cozinha… e peitos… bem…

A referência com sabor são orgasmos, então…. dessa forma conseguiram enfiar ecchi na cozinha.  Pode até ser divertido. Não recomendado para gordos e lariquentos, a não ser que estejam já comendo.

Dungeon ni Deai wo Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka

Dungeon ni Deai wo Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka
As noticias informam que esse anime está bombando no Japão, principalmente a deusa Hestia e sua fitinha azul viu!

O nome ja diz, um dungeon. Recentemente acabou um mangá de vinte anos chamado Ah! Megami Sama (finalizamos a tradução recentemente), e lá a personagem, a deusa, chamava-se Belldandy.

Num misto de mitologias nórdicas e sei lá mais de onde, nesse anime, o personagem se chama Bell e serve a uma deusa… sugestivo. O muleque é um aventureiro servo (familiar) de uma deusa menor: Héstia. Achei interessante. Acho que vou ver mais.

————————————————–

Omakase! Miracle Cat-dan: Falecido pai de família concede “dons” a gata da casa… Hum… pra quem realmente ama gatos.

Vampire Holmes: Nem sei se comento… 3 minutos… nome lembrando Sherlock… vampiro…

————————————————–

Re-Kan!

É da Kyoto Animation, os mesmos produtores de Chuunibyou

Senti que a temática dessa temporada são os animes sobre “médiuns”. Pessoas que podem ver e falar com mortos. Re-Kan parece ser bem montado, elaborado, lembra o moleque do “eu vejo pessoas mortas”… mas se trata de uma menina, e que entende o que está acontecendo com os que estão ao redor.

Ela conhece uma menina, que se nega a acreditar “nesse tipo de coisa”… mas aparentemente tem os mesmos dons… Ah sim, parece ser um romance Yuri. Curti o Gato pervertido que dá as caras.

Owari no Seraph

Owari no Seraph

Os que sobraram para lutar contra os vampiros foram os menores de 13 anos. Sangue no primeiro episódio… bastante sangue… ainda não deu pra ver realmente a que veio.  Acho que verei mais um.

Plastic Memories

Plastic Memories

O que aconteceria se conseguíssemos criar almas artificiais? Óbvio que implantaríamos em androides e venderíamos, mas… eles tem um prazo certo de duração. Nosso protagonista vai trabalhar na empresa que recolhe esses androides.

Acho que desde Kotoura-san que não chorava no primeiro episódio. Referencias a Blade Runner, Chobitts… e mais algum que não consegui lembrar do nome. Bem estruturado… trás reflexão sobre os que se vão, com um quase romance como pano de fundo. Certamente seguirei.

Kyoukai no Rinne

Kyoukai no Rinne

Mais um em que a protagonista vê mortos. Surge um cara que usa tipo… o manto do Harry Potter… some da visão dos vivos… e aparece para os mortos… encarregado de conduzir os mortos pra roda da reencarnação… ele se identifica como um Shinigami.  Ainda vou ver mais um pouco… achei meio sem sal.

*Da mesma autora de InuYasha e Ranma ½, a mitológica Rumiko Takahashi.

Denpa Kyoushi

Denpa Kyoushi

Neet formado em física, gênio na adolescência, mas atualmente vagal, cuida do do seu blog de animes (Tassio… se cuida) é coagido pela irmã a trabalhar como professor… ao contrario de GTO (Great Teatcher Onozuka) esse professor interfere mais, ainda meio que achando cheios de chavões. Mas sei lá, vou ver mais um episódio do professor ruivo.

Arslan Senki

arslan_senki_visual_hd

Não sei porque mas senti um ar de Akatsuki no Yona, invertido. A história de um príncipe, mansinho demais. Vi muitos paralelos históricos relacionando cristianismo e islamismo. Uma grande produção. Devem ter torrado uma grana na produção… vamos ver se engrena.

*A autora de Fullmetal Alchimist, Hiromu Arakawa é quem fez o Character Design desse anime.

Kekkai Sensen

kekkai-sensen-manga

Nova York como cenário de fundo… só por ter saído do Japão já achei uma grande saída. Vibe de muuuita ação nesse mundo alterado dimensionalmente (me lembrou a saga de Kulan Gath da Marvel) com a invasão de seres alternativos, místicos no mundo humano… onde convivem de forma… relativamente harmoniosa. Vamos ver mais um pouco. Creio que pelo entretenimento vale.

Show By Rock

Show By Rock

Garotinha sonha em ser Idol.Sse continuasse como começou… ficaria até interessado. Mas a menina foi absorvida pelo celular num game de musica tipo “Guitar Hero”.

Virou 3D, depois ficou um mix… num mundo paralelo Idol. Sério, eu tentei ver tudo, mas só conseguir pulando. E realmente, não consigo gostar dessa linha.  Tem uma Neko loli. Realmente apenas para os que curtem.

Hibike! Euphonium

Hibike-Euphonium

Bandas, fanfarras. Sobre isso o anime. Parece nem produzido, é daquelas coisas de japa… estranhos talvez? Parece bem produzido…

Menina na escola anterior participava de uma banda, na nova escola, a banda da escola é ruim. Quem tem paixão naquilo que faz… não liga muito… ou liga? Vou dar mais uma chance.

Triage X

Alguém é fã de HighSchool of the Dead...
Alguém é fã de HighSchool of the Dead…

Tipo The Punisher… aquele esquema de eliminar quem realmente é inatacável mas que apodrece o sistema. Uma equipe faz essa função. Oppais. Muitos. Algumas doses de BDSM incluso.

Realmente não é para criancinhas. Apesar de tudo isso não chega a ser uma grande novidade revolucionaria, acho. Fora o protagonista frankstein…  mas bele, verei alguns…

Ore Monogatari

Ore Monogatari

Um shoujo diferente, sempre curti coisas diferentes. Personalidade de protagonistas conhecidos, mas num corpo de gorila. Digamos assim: Esse é o nosso herói, pegaram o segundo do Chihayafuru e fizeram ele de segundo nesse também (o cara é a cara do cara… se é que fui claro).

Não curti a voz da dubladora, ficou muito infantil na namo do cara…rsrs… bem… muitas risadas… muitas “kawaazices”… as vezes é quase um slice… são dos poucos em que fui obrigado a ler o mangá… para me inteirar. Realmente… irei ver.

Mikagura Gakuen Kimikyoku

Mikagura Gakuen Kimikyoku

Pense numa pessoa inútil… ruim de estudo… só pensa em eroge com meninas… sem ocupação mesmo. Ai então ela escolhe uma escola pelo uniforme. E nessa escola (um internato) quem não for de um clube, dorme num saco de dormir no corredor, come uma comida fraca e pode tomar banho de 5 minutos antes de cortarem a água.

Como resultado… ela se obriga a entrar num clube escolar… e ali… os lideres dos clubes, se enfrentam em combates para acertarem o rank do clube perante os demais. Nossa, deu sono escrever isso. Ah sim… se não fui claro a inútil é uma menina.

————————————————–

Houkago no Pleiades: Fadinhas (ou bruxinhas?)… bem produzido… moe… bunitinho…. kawai… próximo.

Ame-Iro Cocoa: Ah… acho que eh um yaoi. Se for (ou não) achei sacal.

Urawa no Usagi-chan: Comercial de cidade… chato de doer.

————————————————–

EtoTama: Eto Tamashii

Para os Lolicons de plantão
Para os Lolicons de plantão

Cara acha um lugar barato pra morar, e lá tem um portal com o mundo mágico. Eis que surge uma mulher “gato loli”… acredito que seja de um jogo.

Por incrível que pareça é entretenimento… mas não sei classificar se é para crianças (porque tem umas saidinhas ecchi). Talvez se eu não tenha nada pra fazer assista… tabum.

Punch Line

Punch Line

Ah as doideiras japonesas… Tem de tudo ai. Um cara que tem poderes ativados ao ver calcinhas, perde o corpo físico e se ele ver novamente calcinhas (nas meninas) um asteroide atinge a terra.

Sim… é isso. Sem o menor nexo, mas divertido. Também para o setor sem muitos raciocínios… deixa passar…tem alguns lances engraçados.

Yamada-kun to 7-nin no Majo

Yamada-kun to 7-nin no Majo

Um shoujo escolar diferente. Realmente ver uma mulher socar um cara de forma violenta é algo interessante.  Ou o cara trocar de corpo com um beijo…. risadas garantidas. Vergonha alheia também. Vou seguir.

————————————————–

temporada de inverno 2015

Veja as Primeiras Impressões da Temporada de Inverno 2015

Como sempre eu vim para dar aquela editada master no post do Pierrot. Eu nem ao menos cheguei a ver nenhum anime da temporada passada, porque sinceramente, nenhum me pareceu realmente interessante.

Destes animes, destaque para Arslan Senki e Kyoukai no Rinne que contam com duas autoras realmente míticas no meio dos animes/ mangás. A primeira como character designer de uma novel, que aparentemente é muito famosa lá no Japão (publicada desde 80 e em diversas mídias) e claro, o retorno da autora de InuYasha com uma obra nova e completamente autoral. Tem de sim, de se dar os destaques.

Soredemo Sekai wa
Soredemo Sekai Wa

De resto, fica o bom desejo para Ore Monogatari que eu também li o mangá até aonde pude. Fico com aquela sensação de que as autoras de shoujo estão meio que “mudando”, porque agora as “gurias retardadas” estão ficando “excitadinhas” em vez de só com aquelas carinhas de lerdinhas. Que o diga o próprio Ore Monogatari e também Soredemo Sekai Wa, que eu adoro.

Enfim, aquele abraço e bons animes!