Arquivo da tag: christian bale

Psicopata Americano – Critica: Um Filme Muito Louco!

E como não é para menos, segue nosso querido amigo Aldair nas suas criticas de cinema. Desta vez o filme resenhado é o Psicopata Americano, estrelado por Christian Bale (sim ele mesmo). Se preparem para ver um filme retratando uma sociedade materialista e a psiquê de um psicopata. Boa critica e bom filme!

Psicopata Americano – Critica: Um Filme Muito Louco!

PA01

Sinopse

Patrick Bateman,  jovem, bonito e sem nada que o diferencie de seus colegas de Wall Street. Protegido pela conformidade, privilégio e riqueza, Bateman também é um serial killer, que vaga livremente e sem receios em busca de uma nova vítima. Seus impulsos assassinos são abastecidos por um zeloso materialismo e uma inveja torturante quando ele encontra alguém que possui mais do que ele. Após um colega dar-lhe um cartão de visitas melhor que o seu em tinta e papel, a sede de sangue de Bateman surge e ele aumenta ainda mais suas atividades homicidas, tornando-se um perigoso e violento psicopata.

Entendendo a mente do protagonista

Serei breve e objetivo, este filme é como já disse no título: Muito Louco! O filme é de certa forma narrado pelo seu protagonista mais só quando realmente é necessário e com o objetivo de nos deixar a par de seus pensamentos e de seu “modus operandi”, Bateman é uma crítica ao modo de vida da classe alta na década de 90 e como ele próprio narra: Só sente ganancia e ódio, o que traz ao filme um sentido cômico quando se percebe que por um misero cartão melhor que o dele já é um motivo para que ele mate por inveja além das condições financeiras que se forem melhores que as deles é só a confirmação de morte para o coitado que cruzar seu caminho, porém ele se diz uma pessoa que se preocupa com os demais e a sociedade, claro que só é uma mascará que ele criou perante os que o rodeia, além de matar por inveja ele mata por desprezo, de mendigos e prostitutas até garotas que ele conquista com seu ar doce e lábia de conquistador. Seu psicológico é um verdadeiro caos nos levando a crer que ele esteja surtando muitas vezes durante o filme principalmente no seu final que pode ser interpretado de vários formas, depende de cada um que assiste e entender da forma que lhe for conveniente.

tumblr_mk18mxZ0El1qd1ubro7_r1_500

Muito Louco!

Seu belo gosto musical

Durante suas conversas com suas vítimas ao quais ele sempre as deixa a vontade e seguras de que estão com uma pessoa culta, porém excêntrica, Bateman sempre coloca um disco e fala sobre as músicas contidas nele e de seu autor, ele nos descreve a essência da música e da trajetória de seu compositor ou cantor, o que acaba nos deixando a vontade tanto quanto a vítima, após dar uma aula de música temos uma frase de efeito, uma conquista em geral de sua vítima e por fim sua morte que varia de rápida, demorada e sádica. Algo que não posso negar é que seu gosto musical e a trilha sonora do filme realmente é algo mais do que aceitável  …Se é pra morrer que seja com uma boa música de fundo.


tumblr_m67k74acdl1qzoaqio1_500

Se é pra morrer que seja com uma boa música de fundo.

 Atuação, enredo e até onde vai o sadismo das mortes

A atuação neste filme é digna de aplausos, o ator praticamente se tornou um psicopata por assim dizer, nos deu um personagem, engraçado, louco, extravagante e sádico, o enredo também não fica atrás, nos dá um filme que aborda muita coisa há se analisar, verá que o filme não é focado apenas no seu protagonista e sim no seu modo de vida, na sociedade ao qual ele vive e como são as ações e reações no seu trabalho, já as mortes não são tratadas com exagero em gore nem com cenas explicitas, porém sua temática psicológica é muito bem encaixada fazendo seus assassinatos serem de fatores a serem analisados, você acabará por ver pessoas morrerem por coisas tão banais e sem motivo que entenderá que certas pessoas matam porque simplesmente querem matar e nada mais. Uma observação rápida: O assassino é muito descuidado e por várias vezes você irá contestar o motivo por ele ainda não ter sido preso, como já disse antes, o final é algo que não posso dizer porque além de ser spoiler é algo que cada um tem que ter sua interpretação.

BB5

Certas pessoas matam porque simplesmente querem matar e nada mais.

 Um surto de conclusão

Este filme por si só é uma obra prima por ser simples, não focar em cenas explicitas com mortes mirabolantes e de exagero sobre-humano, e por focar na mente do individuo psicopata de uma forma até agradável, apesar de seu final ser um tanto confuso é fácil de ser interpretado, vale a pena assistir esta pérola, enfim espero que tenham gostado, sei que parece um resumão mais não há mais o que falar deste filme (pelo menos eu acho que falei tudo que queria). Ate a próxima!

C9D

Ate a próxima!

 

Atores e Atrizes que Mais Mudaram para fazer Filmes!

E lá vamos nós para mais um Listas TOP aqui no Afontegeek! Desta vez de Atores e Atrizes que mais mudaram a aparência para fazer filmes! Espero que curtem e que se espantem como eu ao ver como eles ficaram!

Atores e Atrizes que Mais Mudaram para fazer Filmes!

atores que mais mudaram wallCá estava eu pensando num último post “top listas” para postar aqui aos nossos queridos amigos e amigas que sempre frequentam nosso querido Afontegeek. Zapiando em sites de cinema, acabei encontram essa lista direto no Hollywood.com (com 14 nomes!). Desses 14 escolhi sete que estão na lista — e o último fui eu mesmo que achou por ai por livre e espontânea vontade. Minha.

Espero que curtam e que se espantem como eu me espantei ao ver a cara deles e delas.

Tom Hanks em O Náufrago

Tom HanksUma transformação clássica! Tom Hanks se transformou completamente, fisicamente no decorrer do filme. De acordo com a ABC News, para que isso fosse possível, foi filmado em 2 partes no decorrer de 16 meses! Hanks relatou que perdeu + de 22 kilos entre as partes das filmagens!

Charlize Theron em Monster – Desejo Assassino

Charlize TheronA sempre alta e magra atriz (e linda pacas também!), Charlize Theron teve que fazer um esforço bem grande, para ganhar peso ao vivenciar a serial killer Aileen Wuornos. Eles também tiveram que retocar sua pele com uma tinta de tatuagem translúcida, para dar a pela dela aquele tom meio “ofuscado”, assim com também “fizeram um tratamento especial” nos cabelos da Charlize. E claro, finalizaram o trabalho de “enfeiamento” com uma Dentadura!

John Travolta em Hairspray

John TravoltaPara o musical (que na verdade era um remake, vejam só!), John Travolta atua como Edna Turnblad, uma gorda e corajosa mulher. Para “se tornar ela”, Travolta teve que passar um longo processo, que incluía uma “roupa de gordo”, uma peruca, e claro, um monte, eu disse um monte, de Maquiagem!

Christian Bale em Trapaça

Christian BaleChristian Bale depois de fazer de tudo que é possível e imaginável para perder + de 27 kilos e fazer O Operário, e depois de malhar bastante para atuar como o Batman, no fim ganhou + de 18 kilos para fazer seu filme criticamente mais aclamado — e ninguém sabe ao certo como depois ele “cabia” nas câmeras.

Gwyneth Paltrow em O Amor é Cego

Gwyneth PaltrowGwyneth Paltrow foi outra atriz que teve de vestir “aquelas roupas de gordo” para fazer esse filme. Ela contou à W Magazine, que quando ela vestia “o traje”, estranhos até iriam evitar a pobre moçoila: “No primeiro diz que eu a vesti, eu estava em Tribeca Grand e andei para a entrada do lugar. Era tão triste e tão perturbador. Ninguém fazia me olhava nos olhos porque eu era obesa”.

Cate Blanchett em Não Estou Lá

Cate BlanchettCate Blanchett fez Bob Dylan para esse filme, lá para a época do meio dos anos 60. Ela se transformou completamente com uma peruca, óculos de sol e roupas de homem, para ficar entre os outros seis atores que também faziam Dylan, mas nas suas outras fases de sua vida.

Anne Hathaway em Os Miseráveis

Anne HathawayAnne Hathaway perdeu + de 11 kilos para fazer Cosette, uma prostituta faminta neste filme. Ela disse que basicamente, teve passar fome ela mesma, enquanto teve uma pequena ajuda de uma nutricionista.

Eddie Murphy em Norbit

Eddy Murphy NorbitPara terminar essa lista, eu não podia deixar de citar o grande Eddie Murphy em uma das suas melhores comédias: Norbit. Para quem não sabe, ele mesmo atuou como o Norbit, Rasputia e também o Sr.Wong que foi quem criou o pequeno menino magrelo no seu orfanato. O filme também foi indicado ao Oscar de melhor maquiagem, digamos que merecidamente.

Pois é, enquanto fazia o post com as escolhas feitas pelo site em inglês, que deixo como fonte ai embaixo, eu meio que me senti na obrigação de citar o Eddie Murphy, que eu não tenho ideia como ele viveu ele, ele mesmo e mais outro personagem, tudo no mesmo filme e de forma hilária!

Abraços!

Fontes:
Hollywood.com [Link]
Wikipedia [Link]

O Ben Affleck tem a ver com o Batman barriguinha?

Batman é um dos heróis mais populares da DC Comics, mas na verdade até a minissérie (The Dark Knight Returns-1986 by Frank Miller) Batman era mais lembrado pelos POW… POFF… do seriado televisivo da década de 60.

Imagem da série televisiva da década de 60.
Imagem da série televisiva da década de 60.

O Ben Affleck tem a ver com o Batman “barriguinha”?

Nos desenhos animados, era um coadjuvante principal no Superamigos, e seu cinto de utilidades e batveículos eram a sua maior referência, fora as piadinhas sobre Robin… mas vamos pular essa parte. Até então a imagem que se tinha de Bruce Wayne era a de um playboy (alguém ai lembra de na biblioteca do apartamento em que morava ele descer por um mastro de poli dance – Ah louca???).

Na DC houve uma salada de frutas com a história de Batman, existiram as fases sombrias também. Mas, realmente quem deu o grande BOOM da coisa foi Frank Miller, ali Batman tornou-se ao invés do playboy bon vivant, o homem rico e cínico (Alfred atrás de Bruce e ele: “faça um cheque” é memorável).

Capa da mini -série Cavaleiro das Trevas de Frank Miller - 1986
Capa da mini -série Cavaleiro das Trevas de Frank Miller – 1986

Ali realmente as pessoas o viram como um homem sombrio e capaz de antever as coisas a partir de uma simples notícia… um homem sem piedade.

Então saiu no cinema a Quadrilogia do Batman, com Michael Keaton como Batman em dois, Val Kilmer e George Clooney fechando. O primeiro foi muito bom, (apesar de que Keaton parecia um cara com torcicolo, por conta da fantasia de Batman que lhe arrumaram).

O segundo já me deixou com sono, e os últimos dois dessa fase são ótimos… para você que tem insônia. Renderam muito dinheiro… bilheteria… diretores bons e péssimos… roteiros interessantes e terríveis desastres.

Vilões memoráveis (Nicholson como Coringa, e De Vito como pinguim, Pfeifer como Mulher-Gato foi delicioso… o Robin… bem… pula), e alguns micos. Então vem a Trilogia de Nolan, com consistência, apesar desaparecerem algumas coisas que não curti como uns veículos e tals… mas beleza… deu pra aceitar. Christian Bale se saiu bem em Batman. Aí… eis que surge a notícia da filmagem do confronto entre Super Homem e Batman… Baseado em???

Cavaleiro das Trevas de Frank Miller. Nem sei quem foi chamado para ser o super escoteiro, mas surgiu  a notícia de que Ben Affleck faria o Batman. Não sei realmente dizer se estou certo, mas fico com o pé atrás.

Porque? Bem, Keaton era famoso por comédias, foi uma aposta e pessoalmente acho que deu certo já que a ideia era de um Batman mais velho mesmo. Mas, quem era Christian Bale antes de Batman? Bale era um desconhecido do grande público.

Da esquerda para direita: Keaton, Kilmer, Clooney e Bale.
Da esquerda para direita: Keaton, Kilmer, Clooney e Bale.

E Ben Afleck?

Chegamos a questão. Famoso por papéis de mocinho, o que realmente não mede o talento de um ator. Tudo em papel de mocinho é chavão… lugar comum. Poderíamos falar do micão em Demolidor, mas ali temos que nos deter, vejamos: Demolidor nos quadrinhos virou o cara depois de Frank Miller (lembram dele?) em A Queda de Murdock…

Ben Afleck em Demolidor
Ben Afleck em Demolidor

Mas o filme que fizeram?

Pelamordedeeeuuuussss… que &*%¨&$%¨ de filme foi AQUILO (nem chamo de aquele), O roteiro mais ruim que poderiam fazer, Murdock tomando banho de ervas??? (Palavrão) Que foi aquilo? O rei do crime virou uma piada.

Como desperdiçaram o Michael Clark Duncan daquele jeito… é pecado… e me largaram a direção na mão de um cara que fazia filmes água com açúcar pra Disney… nasceu morto. Por isso a lembrança de Ben Affleck ficou tão associada a um herói canastrão.

Bruce Wayne num momento relax by Ben Afleck
Bruce Wayne num momento relax by Ben Affleck

Mas pera… Canastrão? – Ator mocinho/canastrão (associação básica). Se for pra apostar, aposto que não serve pra Batman… Ele parece ser o Jack Johnson e não o Batman. Ben não tem cara de quem pode ficar preocupado com algo, muito menos com outro micão em sua carreira. Mas para quem é fã, “matar” o Batman é crime mortal.

Christian Bale fala sobre o fim de Batman

Em entrevista para o Rolling Stone dos EUA, Christian Bale, disse: que deixar a série foi “como dar adeus a um velho amigo.

Quando você tem a chance de viver um papel tantas vezes você desenvolve um certo tipo de relacionamento com ele, um mais profundo. Mas estou pronto para seguir adiante”, falou sobre a sua interpretação de Bruce Waine/Batman

Christian Bale fala sobre o fim de Batman

Christopher Nolan sempre planejou uma trilogia para o herói e que o novo filme vai“explorar a dor da qual Bruce Wayne esteve fugindo e suas motivações”.

Para ele,  o papel mais difícil foi o de Anne Hathaway, a  Mulher-Gato“Muita gente acha que essa personagem já foi definida no cinema (por Michelle Pfeiffer), mas eu sempre achei esse o mais complexo de todos”.

Eu tenho enorme orgulho desses filmes que fizemos porque, normalmente, em produções dessa escala, detalhes se perdem e aqui nesse aspecto não há qualquer decepção”, completou.

Batman- O cavaleiros das trevas ressurge estreia no Brasil em 27 de julho.