Resenhas de Filmes Aleatórios: Saló ou Os 120 Dias de Sodoma/ O Experimento de Aprisionamento de Stanford e A Casa Que Jack Construiu

Que tal fechar o ano com chave de ouro? Nosso amigo aldair volta por mais uma com suas “mini-resenhas” de filmes que ele mais gosta. Dessa vez, mais filmes com temáticas… gore, ou difíceis de engolir. Mas vai que vocês gostam também? Vamo ler e quem sabe ver os filmes indicados por ele.

Resenhas de Filmes Aleatórios: Saló ou Os 120 Dias de Sodoma/ O Experimento de Aprisionamento de Stanford e A Casa Que Jack Construiu

Era pra ser três review mais fim de ano e fazer “textão” hoje em dia tá cansativo para quem ler e para quem escreve. Enfim vamos ao meu ultimo post do ano.

Resenha Sobre Filmes Aleatórios

Saló ou Os 120 Dias de Sodoma

Despedida de solteiro nazista.

Tinha grandes expectativas pra este filme mais ele se resumiu a uma orgia deliberada com requintes de sadismo desvairado e cenas de violência muitas das vezes cortadas. Não se engane pelo “market popular” do filme, ele é bastante fraco no que se propõe tendo de pesado apenas seu contexto e nada mais.

O Experimento de Aprisionamento de Stanford

“Abuso de poder a serviço de um bem maior?”

Este filme me conquistou, do  jeito certo é claro. Ele me passou o ser humano em seu lado irracional. Se você o coloca no poder ele pode acabar por não respeitar regras por bel prazer, usando de desculpas visíveis ele leva o outro a nível de humilhação usando o argumento da realidade e do quanto a vítima aguenta sem reclamar ou revidar. Um dos filmes que me prendeu do inicio ao fim. Simples e humilde e que desempenhou muito bem sua proposta.

A Casa Que Jack Construiu

Contos de um Mentiroso?

Sou fã dos filmes de Lars Von Trier, mas confesso que este me decepcionou um pouco (ou muito). talvez pela visão que tive do filme. Em meu entendimento a trama é uma mentira teatral contada por um engenheiro que se acha um arquiteto e que não consegue terminar sua casa.

O filme tem camadas escrotas e narrativas ainda mais escrotas. Muitas delas devem ser verdades contadas sobre o próprio diretor, fora isso o filme não passa nada mais do que contos com brechas literais pra o absurdo.


E com mais um post raso que eu termino este ano. Para quem leu, Boas Festas e um final de Ano de muitas alegrias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.