Top 15 Desenhos Educativos que até Você vai Curtir (Parte 2)

Sejam bem vindos a mais uma série de tops. Eu já fiz tops desenhos animados atuais, de comédia, desenhos brasileiros, e de desenhos clássicos que todos devem ver uma vez na vida. E sim, resolvi continuar com desenhos educativos: seja bem vindo/a você é papai, mamãe, titio, titia, ou até um/a educador/a e tá afim de conhecer aquela boa animação para os pequenos? Então vem comigo ver o Top 15 desenhos Educativos que até Você vai curtir, Parte 2!

Top 15 Desenhos Educativos que até Você vai Curtir (Parte 2)

PARTE 1 PARTE 2PARTE 3

Top Melhores Desenhos Animados (Cartoons)

Desenhos ClássicosDesenhos BrasileirosDesenhos de ComédiaDesenhos da Atualidade Desenhos Educativos

Como vão vocês, tudo ok? Eu sei, é meio bizarro esse tipo conteúdo aqui no site, porque nós trazemos cosplays, falamos de boa literatura, temos posts de bandas de metal, enfim, é aquela bagunça gostosa. Mas como eu sou tio, professor, e também gosto de desenho, de vez em quando eu paro para ver como andam as animações — até as mais infantis.

Primeira coisa que essa lista não teremos Peppa Pig, e alguns desenhos por aí que fazem sucesso. A segunda coisa é que também trago alguns desenhos da época que EU era criança — ou seja, são animações um tanto quanto antigas e até difíceis de serem achadas, mas que valem MUITO à pena até mesmo você que é adulto acompanhar.

Por fim, no top15 vamos ter desenhos que eu não gosto muito (mas que vi para ter uma base) e sempre que tivermos uma animação que eu goste de verdade, que estaria numa lista minha pessoal, eu vou pontuar. Isso mesmo, esse top15 não é bem uma lista pessoal, mas uma lista para você que é educador, ou mamãe, que gosta de animação e quer conhecer um pouco mais dos dois mundos. Vem comigo.

Caillou

Garanto que esse aqui todo mundo conhece, já viu algum episódio, ou pelo menos ouviu falar, correto? Bom, Caillou ou Ruca como é conhecido na terrinha de Portugal, é feito tendo como base uma série de livros de pré-escola escritos por Christine L’Heureux e ilustrados por Hélène Desputeaux. Uma curiosidade é que “Caillou” se trata de uma gíria em francês que quer dizer… careca. E não, Caillou nada tem a ver com câncer, então tirem os cavalos da chuva.

Bom… e por que careca? Porque os livros nasceram com Caillou ainda bebê, e as autoras (sic?) resolveram manter o estilo da arte dele de carequinha mesmo. E do que eu posso falar do desenho? Olha… de um modo estranho o desenho mantém sua atenção para descobrir como o Caillou vai resolver algum “problema” ou como ele vai aprender alguma coisa.

Posso estar enganado, mas essa é uma maneira muito boa de fazer os pequenos raciocinarem e a aprender consigo mesmos — olhando como fazer, para fazer também. Agora… não, Caillou não é muito daqueles desenhos que EU goste. Mas vale à pena por ter caráter e valor didático e reflexivo para os pequenos.

Fontes: Wikipedia PT [Link]/ Bigmae.com [Link]

Timmy e Seus amigos

Esse é um daqueles desenhos que eu realmente gosto. “Timmy Time”, ou Timmy e seus amigos, é um desenho americano e inglês criado pela Aardman Animations. Timmy na verdade é um spin-off de “Shaun o carneiro”, que também é um spin-off do filme Wallace Gromit, que trouxe o carneiro mítico, Shaun — pois é, se você achou que o desenho parecia com esse clássicos desenhos de stop-motion, sorria, porque você estava certo.

E o que mais posso dizer além desses dados todos? Esse é um desenho “educativo” com uma pegada de humor que eu tanto gosto — que agrada até mesmo nós, adultos. Falo isso porque as “crianças” são cuidadas na escola por um professor coruja e por uma professora pelicano (eu acho…). É interessante ver como dois profissionais da educação lidam com elas: sempre estando próximos para qualquer “desafio” que surgir no decorrer no episódio.

Por exemplo, se Shaun quer andar com o carrinho porque ele é fã de F-1, se ele quebrar tudo, sujar tudo, e fazer zuera com seus amiguinhos, ele limpa tudo e cuida dos coleguinhas que foram zuados. Eu não sei explicar melhor que isso. O que posso dizer é o seguinte: assistam, veja como é perfeita a interação das crianças + professores, e aproveite para dar umas boas risadas. Desenho extremamente recomendado.

Fonte: Wikipedia (pt-br) [Link]

O Pequeno Urso

Garanto que muitos vão se lembrar dessa animação. Como eu disse, alguns desenhos do Top15 eu vi ainda na minha infância, e apareceriam aqui porque de fato, merecem — esse é o caso do Pequeno Urso.

E já começo com as curiosidades: o desenho foi ilustrado pelo GÊNIO Maurice Sendak e escrito por Else Holmelund Minarik, feito pela Nelvana, ganhou até mesmo um filme de 1h em 2001. O que mais posso dizer? Assistam. E coloque também para os pequenos que você cuida, assistirem. Minha memória afetiva é muito, muito forte com essa animação, e com certeza tem bom motivo para isso.

De cá, lembro muito da amiga Pata, da galinha, os pais do pequeno urso, e claro, dele mesmo. Lembro muito também da dublagem dele. Apesar de não ser bucólico ou saudosista, essa animação passa um sentimento bom. Se você puder, veja. Muito recomendado.

Fontes: Wikipedia (pt) [Link] / Hqscomcafé [Link]

Babar

Garanto que todo mundo já ouviu ou viu falar de Babar em algum momento. Babar foi criado por Cecile de Brunhoff, pianista clássica francesa. Ela criou a história para seus filhos na hora de dormir. Um dia, um dos pequenos contou a história de Babar para o pai, que era ilustrador, e ele resolveu fazer um primeiro livro chamado “Histoire de Babar”, no distante ano de 1931. Conta seu filho Mathie, que a ideia era que Babar viesse com a dupla autoria, de Cecile e Jean, mas o nome dela foi retirado segundo o filho, devido a sua modéstia, e porque sua contribuição na história havia sido pequena.

Então, a história de Babar é que sua mãe havia sido morta por um caçador e ele consegue escapar dele. Nisso ele sai da Selva e vai para uma cidade, conhece a sua amiga, a “Velha Senhora”, que é como sua tutora.  Na cidade, ele aprende não só os costumes, mas varias tecnologias humanas. Quando retorna para o reino dos elefantes, o antigo rei morre comendo um cogumelo estragado, e ele acaba elegido pelo conselho dos elefantes como novo rei — porque ele havia apreendido muita coisa dos humanos e estava ajudando seu povo a evoluir, vencer conflitos, enfim.

Agora que vocês sabem disso, Jean de Brunhoff (o ilustrador e co-autor de Babar) lançou mais seis livros dele, e depois, Laurent de Brunhoff, filho de Jean e Cecile, continuou a escrever mais livros de Babar. Lembrando que Babar casou com sua prima, Cecile, e fundou uma cidade chamada Celesteville.

Babar conta com uma animação (que é a que todos conhecemos), vários livros e filmes animados, se trata de um personagem extremamente reconhecido e fonte de inspiração até para Maurice Sendak: de como se ilustrar e contar uma história infantil. Eu podia ficar aqui e continuar falando sobre outras questões que envolvem Babar, como algumas sobre o “neocolonialismo”, o estilo de vida e arte francês, mas para ser bem sincero com vocês, a única coisa que vou dizer é o seguinte: assistam.

Vocês vão aprender muito com o Babar, de como ser corajoso, como levar a vida com ética, e até mesmo como ser um bom rei ou rainha. Recomendado não só para pequenos, como para nós, grandões. Se Sendak tem ele como inspiração, acreditem, vale à pena.

Fontes: Wikipedia (ING) [Link]/ [Link]

Os 7 Monstrinhos

Eu falei tanto de Maurice Sendak e o grande motivo é que praticamente todas as animações educativas realmente boas e inteligentes do meu tempo, vieram de livros criados e/ou ilustrados por ele. O cara é simplesmente um gênio da área, e merece muito que você assista e coloque seus pequenos para assistir as obras dele. E aqui temos um grande exemplo: Os 7 monstrinhos, desenho feito tomando como base o livro criado por Sendak, de mesmo nome.

E o que eu digo? Bom, são 7 monstrinhos vivendo numa casa criados pela Mãe deles. É simplesmente excepcional. O desenho não fala sobre diversidade. Ele é um desenho das diferenças. Mas não do jeito chato e politizado, de ser. E sim do jeito certo: cada monstrinho com suas peculiaridades, gostos e personalidades.

Se trata de fato de uma das animações mais inteligentes que já vi, com uma arte bonita, e lotado de boas inspirações e de ensinamentos éticos: além de ser extremamente engraçado, permitindo que todos possam assistir. Do qual eu gosto mais? A uma é a líder. O 2 é o nerd. O 3 é mais artístico. O 4, o descolado. O 5 o engraçado para daná. A 6 é a mais bela de todos. O 7 é o atrapalhado gente fina. Gosto mais de todos juntos.

Se O Pequeno Urso e Babar, pecam por não ter nadinha de nada de humor (talvez o pequeno urso um pouco), isso sem contar o Caillou, que a gente ri mais porque ocorrem “trapalhadas” do que piadas em si, aqui com os 7 monstrinhos, nós temos humor, inteligência, arte, enfim.

Caso vocês não conheçam essa obra do genial Sendak, deem um tempinho agora mesmo, parem tudo que estejam fazendo, e vão lá assistir alguns episódios. Essa é sem duvida uma das animações que mais gosto aqui deste top15.

Fonte: Wikipedia (pt-br) [Link]


Top 15 Desenhos Educativos que até Você vai Curtir (Parte 3) wall

Essa é a Parte 2 pessoal. Como vocês viram eu não vou colocar nesse top15 desenhos que pareçam “bobos” ou que agridam a nossa inteligência. Na verdade, procurei colocar apenas animações que possam ser assistidas JUNTO com seus pimpolhos, ou aqueles que tu cuidas; animações que até mesmo adultos possam curtir tenham algo a ganhar e a aprender com elas.

Vamos para a Parte 3.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.