The Wind Rises: Novo filme do Estúdio Ghibli e do autor de A Viagem de Chihiro, E notícias sobre Uma História de Amor e Fúria – Nova Animação brasileira!

Mais uma vez o Afontegeek vem recolhendo informações para trazer aos seus leitores em primeira mão. Primeiro noticias sobre The Wind Rises (do mesmo autor de A Viagem de Chihiro) e logo depois, noticias sobre Uma História de Amor e Fúria, nova animação feita aqui no Brasil!

yoko_out

The Wind Rises: Novo filme do Estúdio Ghibli e do autor de A Viagem de Chihiro, E notícias sobre Uma História de Amor e Fúria – Nova Animação brasileira!

Finalmente venho dar essa noticia aqui no blog. Acabei descobrindo ela de um modo meio estranho, porém. Eu sou um fã de caças — aviões de defesa aérea — e sempre visito um do maiores sites sobre caças e aviação em geral no Brasil: O Poder Aéreo. Foi nele que com muita surpresa acabei sabendo da noticia desse novo filme.

wind-rises-projetistas-divulgação

O filme produzido pelo Studio GhibliThe Wind Rises” (Kaze Tachinu), do famoso diretor japonês Hayao Miyazaki que tem no currículo obras como a “A Viagem de Chihiro” e “O Castelo Animado” nos brinda com mais uma obra que promete ser espetacular. Eu de cá pude ver há muitos anos atrás — antes de voltar a ver animes — A Viagem de Chihiro, e apesar de lembrar pouco do filme, posso dizer que as impressões são muito boas.

O filme é comentado pelo próprio Poder Aéreo (deixei o link abaixo), cujo autor do texto o assistiu nas sessões desta 37ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Eu indico a leitura. De um modo em geral o filme fala da história Jiro Horikoshi, que foi o projetista chefe de um dos maiores caças da história da 2º Guerra mundial: o mítico A6M “Zero”.

wind rises-miyazaki1-580x326-divulgação

Mas como é um filme, ele também envolve uma história de amor e claro, conta com um personagem que irá ajudar o herói do filme a desenvolver seu caça com inspiração na natureza. De qualquer jeito, caso não se queira ler o texto que comenta o filme para saber um pouco mais, basta ver aqui mesmo o trailer.

O filme está tentando participar da próxima competição do Oscar de “Melhor Longa Animado” e também para o Globo de Ouro como “Melhor filme de língua estrangeira” — vamos desejar sorte para que o consiga participar da lista.

Um pouco sobre “Uma História de Amor e Fúria”

Uma História de Amor e Fúria 2

E aproveitando o ensejo, também quero destacar que um longa de animação brasileiro também tenta participar da lista para o Oscar de “Melhor Longa Animado”. Para quem não o conhece — eu vi uma review dele há muito tempo atrás, e não vi o filme na verdade — ele se chama “Uma História de Amor e Fúria”.

Conta com nomes de peso na dublagem como Selton Mello e Camila Pitanga — e com uma participação de Rodrigo Santoro. Pelo pouco que li a respeito parece realmente ser muito bom e fica a expectativa, para que junto com Wind Rises ele possa participar da lista do Oscar. Também deixo uma Review sobre esse filme num link logo abaixo. Uma História de Amor e Fúria 1

Abraços e sorte aos dois longas!

Comentário de “Wind Rises” : [Link]
Indicação ao Globo de Ouro também de Wind Rises: [Link]
Sobre o diretor Hayao Miyazaki: [Link]
Indicações ao Oscar: [Link]
Review de “Uma História de Amor e Fúria” (longa animado brasileiro): [Link]

5 Respostas para “The Wind Rises: Novo filme do Estúdio Ghibli e do autor de A Viagem de Chihiro, E notícias sobre Uma História de Amor e Fúria – Nova Animação brasileira!

  1. Oi, Tassio:
    Esse longa dao estúdio Ghibli é um dos três animes que foram indicados para pré-seleção do Oscar. Os outros dois são: Momo no Tegami e o novo movie de Madoka Magika, Hangyaku no Monogatari.
    Mudando de assunto, você viu a última Corrente de Reviews de 2013 do Anikenkai?
    Pois adivinhe qual foi o anime escolhido para esta ultima edição da Corrente deste ano: pois é aquele anime que você pensou… NAZO NO KANOJO X !!!
    E, vejam só: a pessoa que escreveu o post foi a mesma que esceveu um post sobre o anime em 2012 no Primeiras Impressões, onde não escondeu o seu preconceito quanto à questão da saliva da Urabe (e da troca de saliva entre ela e Tsubaki), parece ter mudado de ponto de vista, percebendo agora coisas que ele não percebia antes por causa da aversão à saliva: o enredo, a qualidade técnica, entre outras coisas, tanto no anime quanto no mangá.
    Conclusão: o ponto de vista dele sobre a série mudou para melhor. Ele agora percebe os méritos e qualidades de Nazokano X. E percebeu que o relacionamento entre os personagens são mais realistas do que os romances shoujo, por exemplo.
    Por fim, ele concluiu, dizendo que Nazo no Kanojo X não é só “mais um anime” na multidão. É mais do que isso.
    Se quiser ler (e comentar) o post sobre a série, eis o link:
    http://www.genkidama.com.br/anikenkai/2013/11/11/corrente-de-reviews-nazo-kanojo-x/
    Bom, é só isso. Até a próxima!
    Ah!, E antes que me esqueça. eu soube que Mushishi, uma série que foi publicada na Afternoon e que acabou virando mangá, vai voltar à TV japonesa no ano que vem (e parece que o autor da série resolveu criar uma continuação do mangá, que apareceu na mais recente edição da Afternoon). Isso pode ser um bom sinal, já que isso pode dar mais esperanças para aqueles que aguardam uma nova continuação de Nazo no Kanojo X na TV em 2014. Vamos todos torcer por isso!

    • Fala Nekomimi! Comentei a critica dele, que ficou muito boa. Confesso uma tristeza com o assunto viu man; a comunidade otaku é um terror e estou tentando ficar o máximo distante dela — blogs, sites, fóruns, enfim. Meu coment está lá. Outra coisa, eu acrescentei um pequeno adendo em um dos meus textos sobre nazo graças a vc:
      https://afontegeek.wordpress.com/2012/07/17/minha-humilde-opiniao-sobre-nazo-no-kanojo-x-isso-aquele-anime-do-cuspe/

      Eu tenho noticias não precisas de uma segunda temporada. Vc acha q eu devia publicá-las?

      Abração cara!

      • Olá, Tassio:
        Li o seu comentário lá na Corrente de Reviews e realmente gostei. Seu comentário mostrou coisas que passaram despercebidas pela maioria das pessoas que assistiram a série. Realmente uma boa análise.
        Gostei também do que disse sobre a comunidade otaku em geral, a maior parte é ainda, por assim dizer, amadora, inexperiente e novata em matéria de conhecimentos sobre animes e mangás. Só poucos é que demonstram saber mais do que apenas One Piece, Bleach, Naruto, etc.(sendo que a maioria dos que demonstram ter mais conhecimento do assunto é provavelmente da geração que conheceu os mangás e animes nos anos 1980, quando houve o “boom” da cultura otaku no Japão, e no começo dos anos 1990).
        Quanto às notícias sobre uma segunda temporada, se forem suficientes para resultar num post, talvez, mesmo que anida não sejam precisas. Nesse caso, você poderia pôr um aviso no começo do post, informando que ainda são notícias a serem confirmadas. Caso ache que seja melhor esperar mais um tempo para confirmar as notícias, então poste assim que tiver a confirmação. Fica a seu critério, portanto.
        Bom, por ora é só. Até a próxima.

      • Que bom q vc gostou do meu coment mano. É meio engraçado pq ele foi um pequeno resumo dos meus 2 textos e uma parte acrescentada graças a vc e ao proprio ueshiba q falou + ou – o que ele tbm quer dizer (como argumento principal no caso) quando ele nos apresenta Nazo.

        Pois é sobre a comunidade otaku eu me distanciei um pouco. Vc percebeu q somente depois de 1 ANO fizeram uma corrente de reviews aonde o autor reviu seus preconceitos e reavaliou Nazo de forma verdadeira? A pergunta que ele se faz é marcante “eu não sei pq continuei vendo o anime, lendo o mangá…” Pq é muito bom oras. Faltou até Coragem dele falar isso, mesmo que ele n soubesse o motivo — que eu deixei claro, q é pq Ueshiba expõe sua obra com Liberdade e lirismo. Caramba a história é dele e ele é um genio! Então meio que eu me vejo forçado a dar um ‘time’ com os sites e foruns.

        E qnd falo preconceitos, falo da maioria da comunidade mesmo. No geral o pessoal pensava assim de Nazo e vimos bem isso no Videoquest, rsr.

        Sobre o conhecer os animes é uma questão complicada, pq eu vejo animes há menos de 2 anos, rs. É q procuro nao ficar somente nos shonens e sucessos, além do q, eu vim dos autores clássicos da nossa literatura, rsr. O negócio tem q ser bom mesmo pra eu gostar e poder avaliar — tal qual Nazo.

        Sobre a noticia eu já tenho o bastante sim para um post, mas n me sinto muito confiante de postá-la. São noticias por exemplo, até de q houve um Rumor da dubladora da Urabe (Yoshitani, Ayako) que na verdade é uma Atriz e não uma seiyuu de profissão, q ela pensou em abandonar o projeto nazo — pq dos fãs q ela n aguentou. Mas ela já repensou o assunto e parece q confirmou sua participação caso haja uma segunda temporada. Na verdade tem muito pano pra manga, mas nada confirmado de fato e eu fico meio “assim” de postar.

        Eu vou pensar bem no assunto, talvez eu faça uma noticia falando desses ‘rumores’, agradeço a ideia mano. D qlqr jeito valeuzao cara, aparece sempre no Afontegeek, são de manos assim como tu, q o mundo otaku precisa. Já disse seus coments sempre engrandecem o site! Abração!!

  2. Pingback: Combo Links [12] : Código Nerd·

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s