Fever e X da Kylie Minogue – Resenhas: O 10º Álbum e Muito Calor num dos Melhores Trabalhos da Minogue

E como o “Conversando sobre música” daqui do Afontegeek não pode parar, vamos direto ao assunto nas resenhas dos álbuns Fever e X da minha musa Kylie Minogue. Tenho certeza que vocês vão adorar conhecer o Fever que para mim, é o melhor trabalho da moça. Boa leitura!

Fever e X da Kylie Minogue – Resenhas: O 10º Álbum e Muito Calor num dos Melhores Trabalhos da Minogue

Apesar de ter feito um post falando do Body Language há pouco tempo, o que provavelmente faria qualquer ser humano com a cabeça normal achar que só faria esse daqui uma semana… Mas nãaao, vocês foram tapeados!

Pois é, já que estou na vibe da minha musa do pop, vamos falar logo do álbum que eu mais gosto, o Fever, e do CD que tem a música que eu simplesmente não consigo ouvir só uma vez, o “X“.

Can’t Get You Out of my Head

Esse é um clássico!

Começando do começo [do Fever], estamos aqui no ano de 2001 para falarmos do álbum que mais rendeu prêmios, prestígio e dinheiro para dona Kylie, depois de vender os seus 10 milhões de cópias em todo o mundo. A verdade é que esse álbum foi integralmente feito para ser um sucesso. Poucas músicas não são ‘ótimas’. Todas têm uma batida muito forte e são o que eu chamo de “a cara” da minha musa: Tá na cara que esse é o cd que mais gosto né?

Eu ouvi também o Impossible Princess, que parece ser o mais lírico e bem trabalhado dela, mas não vou mentir, como estamos falando de pop quero ouvir umas batidas legais junto a melodias ‘colantes na cabeça‘.
Uma coisa que não posso deixar de notar no Fever, é que as músicas se parecem. Não que sejam iguais, mas assim como no Body Language onde quase todas pareciam ser experimentos, aqui a coisa é de um sentimento único.

Acho que a única música que bem podia ser do “febril” mas está no “10” é a In My Arms, que não por acaso é a melhor do décimo cd [essa é uma das músicas que mais gosto! da loirinha australiana]. Continuando a falar deste álbum, a coisa é bem simples na verdade. Aperte play e deixe o cd tocar. Ele é um primor, quase todas as músicas são excelentes e mantendo aquela vibe de “calor” durante o tempo todo.

In Your Eyes

Que clip mais show de bola em?!

Entre as faixas, vale destaque para: Burning up [sensacional], Can’t get you out of my head [Todo mundo já ouviu essa música e não sabia que era da Minogue], Come into my world [Simplesmente a Melhor!], Dancefloor, Fever, Fragile [linda e profunda ao mesmo tempo], In your eyes [não sei o motivo, mas eu lembro das BondGirls!] , Love affair, Love at first sight [essa tem uma cara româanticaa, kawaai mesmo!] e Your love.

Eu deixo aqui os clips: Can’t get you out of my head, o da faixa mais “colante” e sensacional do álbum, Come into my world, e um bônus com o  “In your Eyes“.

Come Into My World

Caara, eu nem sabia que tinha o clip dessa música!! E ela está tão linda meu Deus!

Uma coisa que eu quero comentar, é que essas músicas lembram um pouco a atual vibe da Madonna e também as músicas do Black Eyed Peas; sei que alguns dirão que não, mas puutz, é a minha impressão gente!

Agora vamos falar um pouco do décimo álbum da dona Kylie. Para quem não sabe, a nossa baixinha já teve câncer há algum tempo atrás [2005] e declarou estar curada desde 2008. Esse Cd sendo de 2007, meio que ela ainda devia estar em tratamento nessa época.

Continuando porém, devo dizer que esse “X” é o cd que tem as músicas mais diferentes entre sí, dentro do próprio álbum.  -Mas do que você está falando?

Não que as músicas não se encaixem ou não sejam parecidas, mas depois de ouvir três cds cujas faixas lembravam mesmo uma a outra, ouvir o X [se fala ‘equis’, tipo ‘equis-men’] faz a gente pensar que as músicas são mesmo um pouco diferentes. Ele é ruim então? Longe Disso! Na verdade eu até que gostei dessa mudança entre elas. Dá até para pensar que algumas melodias são deste ou daquele cd.

In My Arms

Eu confesso que não gosto muito desse clip por conta dessas cores e algumas coisas a mais…[tenho mais medo do mundo pop que do metal gente!] mas Ela está tão LINDA!!

Por exemplo, a música “In My Arms” lembra e muito as faixas do Fever [como eu já disse lá em cima].  Na verdade tenho que dizer que essa mudança quase de conceito, fez bem para o trabalho da Kylie. Claro que comparado ao Fever ou ao Impossible eu meio meio que prefiro os dois primeiros…Mas a My arms…Me faz lembrar o que falei no Body Language: A dona Minogue sabe sim fazer músicas que vão fazer sucesso.

Ahh como eu queria estar nos braços dela..

Enfim destaco as faixas: 2 Hearts, All I see e Cosmic que são lentas, In my arms [Sensacional, alguém me faz parar de ouvir!!], No More Rain [Essa é ótima também], Stars, The One, Wow [ótima faixa para terminar esse belo álbum]. Deixo com vocês os clips Wow e In My arms [claro, não podia ser outro.]

Wow

Só achei a versão alternativa do clip…mas é sensacional também!

Então é isso galerinha! E Parem de ouvir o Bieber e as músicas emícas! Caso não curtam metal, ouçam um pop de boa qualidade!

ps: Sou só eu, ou mais alguém acha a cintura da Kylie a coisa mais linda desse mundo?! Que mulher em amigo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s