The River – Primeiras Impressões: Uma série com cara de a Bruxa de Blair

Para você que está procurando uma boa série de terror, segue aqui as primeiras impressões de The River. Boa série e cuidado para não ficar assutado(a)!

The River – Primeiras Impressões: Uma série com cara de a Bruxa de Blair

Com uma sinopse bem interessante, se mantendo como uma boa base para sustentar a série, “The River” (O Rio) da ABC, estrou nesse mês de fevereiro. A série é uma espécie de “Sobrenatural” no mato. A julgar pela sinopse você nunca iria imaginar que se trataria de um gênero de terror, ou tentativa de ser.

A sinopse se trata sobre Emmet Cole, apresentador de um programa de aventuras, e sua equipe, se perde na floresta Amazônica. Seis meses depois, sua esposa, Tess Cole, produtora do programa, descobre que ele ainda pode estar vivo. Assim, ela obriga seu filho Lincoln a largar a faculdade de medicina para ajudá-la a localizá-lo. Relutante, Lincoln assume a responsabilidade de liderar o grupo de resgate para descobrir o que de fato houve com seu pai.

Filmada como um Documentário

 Ok!! eu não sei porque eles insistem em sempre colocar algum tipo de medium só por se tratar de algo sobrenatural, isso já esta muito batido, mas…  tudo bem, a gente aceita e continua assistindo.

A série é filmada como se fosse um documentário, mostrando como foi o dia a dia, na missão de resgate.Bem alá Bruxa de Blair.Filmar desse jeito têm sua vantagem, pois da a impressão de que você esta interagindo com os personagens, como se fizesse parte da equipe .

O primeiro episódio foi extremamente péssimo, ficou claro que eles tentaram reduzir ao máximo os custos do episódio, a imagem estava tão ruim que parecia filme caseiro. Ainda lembra do que disse no inicio? que o roteiro é muito bom? pois é aí que entra em cena para salvar essa bagunça, pois quando lhe é mostrado que essa série irá abordar o sobrenatural e o oculto, é que você ver o quanto pode ser interessante acompanhá-la.

O Segundo Episódio é mesmo como um Filme de Terror

E que bom que eles a lançaram com o 1ª e 2ª episódio juntos, porque se dependesse do primeiro seria um fiasco, diria que a série mostra o que ela realmente quer tratar, no segundo episódio, com a imagem um pouco melhor, som e direção. Cara!!! o segundo episódio é realmente um filme de terror, lembrando muito a Bruxa de Blair.

Pelo visto foi um pouco aceito pelos americanos, pois o 3ª e 4ª episódios estão muito melhores que os primeiros em qualidade. Nós brasileiros sabemos que possuímos um folclore riquíssimo, recheado de várias lendas e mitos, então finalmente alguém quis explorar este folclore. Cada episódio é baseado em uma lenda indígena… sensacional! E se os americanos continuarem acompanhando, a série só irá melhorar.

Claro que a série não pode girar só em torno das lendas indígenas, existem também as sub-tramas, envolvendo conflitos amorosos e traições.O ponto fraco desta série são os personagens, nenhum deles têm de fato um grande destaque, a não ser pelo episódio 3 em que dei altas risadas com o câmera, porém ele volta completamente apagado no 4ª episódio.

Roteiro promissor mas…

Enfim, mesmo tendo um roteiro bem promissor, não acredito que esta série irá durar muito, afinal os americanos não se interessam muito por esse tipo de história, e ainda que foca lendas de povos que não são os deles, é uma pena, gostaria muito de ver todas as lendas indígenas do Amazonas. Afinal… têm algo mais assustador que o desconhecido em uma floresta? quem já andou no mato sozinho independente de qualquer horário sabe do que estou falando, a sensação de que sempre alguma coisa pode surgir na sua frente é assustadora, e imagine sobrenatural. ( rsrsrs ).

Conclusão

The River busca contar uma estória de terror fugindo dos padrões já um tanto batidos, usando lendas indígenas brasileiras, mudando o ambiente de casa mal assombrada, para uma floresta não explorada e de serial-Killers.

A série lembrará muito o filme Anaconda, e talvez Lost. Agora só nos resta aguardar, para ver se os americanos irão dar um pouco mais de atenção a esta série, que de fato é boa, e pode melhorar bastante.

Lembrando que esta é somente as primeiras impressões!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s